“Jesus foi batizado” - Arquidiocese de Fortaleza
Atualidades

“Jesus foi batizado”

Pe. Luiz Carlos de Oliveira, Redentorista

O Batismo, início de uma missão
A festa do batismo de Jesus nas águas do rio Jordão, é uma das etapas da Manifestação do Senhor e abre o Tempo Comum. É o tempo em que procuramos viver o Mistério de Cristo em sua totalidade com o um dom para cada dia. É o tempo presente de Deus para vivermos o que Cristo viveu em seu Mistério Pascal. O Batismo de Jesus é a Manifestação de Cristo aos Judeus. A comunidade cristã provinda do judaísmo não se baseava em palavras somente, mas em fatos da vida de Jesus que muitos haviam presenciado. A celebração de seu Batismo mostra a ligação de Jesus com seu Pai. O Pai lhe dá o Espírito, ungindo-o para a missão que nasce no Antigo Testamento, nas águas do Rio que se abriu para passar o povo de Deus. Agora o rio se abre novamente para que passe o Primeiro do novo povo, o Filho de Deus. Em nosso Batismo entramos nas mesmas águas da salvação para nos constituir como povo da Nova Aliança. Jesus inicia sua vida pública marcado pelo Espírito que O invade e unge para que cumpra a missão de realizar a vontade do Pai. Ser possuído pelo Espírito será para fazer sempre o bem, curar a todos e eliminar as forças do mal. Pedro ensina que Ele passou fazendo o bem (At 10,38). Seu Batismo é um projeto para implantar o Reino de Deus. Quando os céus se abrem, revela-se a união permanente de Jesus com o Pai, que lhe demonstra seu afeto: “Tu és meu Filho amado em ti coloquei todo meu agrado”. Jesus, em tudo quis fazer sempre a vontade do Pai.

Batismo e identidade cristã
O Batismo de Jesus ensina a viver como Ele vivia na escuta do Pai que também nos ama. Jesus é a manifestação deste amor de predileção de Deus por cada um de nós. Esse amor é a missão do fiel conduzido pelo Espírito para fazer o bem e anular toda força do mal. No Batismo somos adotados por Deus como seus filhos. Dizemos sobre os filhos adotivos que são filhos do coração. Ele continua amando cada um que O escolhe e aqueles pequeninos que Ele escolhe para receberem seu afeto de Pai. Esses novos filhos assumem as qualidades do Servo de Deus, que Jesus viveu: simplicidade, humildade e bondade no trato. Ele não exige, aceita mesmo aquele que, como uma vela está se apagando. Quem crê, permanece fiel no amor que o Pai nos oferece transformando-o em ação. Louvamos a Deus e agradecemos aqueles que nos abriram o caminho da fé.

O cristão, outro Cristo
Em nossos batismos, devemos perguntar se as pessoas que levam as crianças a serem batizadas, estão realmente vendo Jesus batizar e entrar na vida de seu filho ou afilhado. O que mais precisamos ver é que somos filhos amados de Deus como Jesus o é. Deus diz naquele momento: “Tu é meu filho amado, em quem muito me alegro”. Ser filho amado do Pai não é pouca coisa. É preciso continuar vendo Jesus na sua vida e no que faz. O cristão só o será de verdade, se for como Cristo foi, amado pelo Pai e fiel até o fim. O grande desafio do cristão é espelhar em si a imagem de Cristo de tal modo que quem nos vê, vê uma face de Cristo. O batismo não é um ato social, como alguns querem, pois nem aceitam fazer juntos com os demais. Quando irmão de fé é um empecilho, algo deve estar errado na minha vida.

1 Comentário »

1 Comentário »

  • jonathan disse:

    Nas palavras de Nosso Senhor Jesus Cristo, o princípio da salvação do ser humano, está no seu renascimento espiritual: “…Em verdade, em verdade te digo que quem não renascer da água e do Espírito Santo, não pode entrar no Reino de Deus. O que nasceu da carne, é carne, e o que nasceu do Espírito, é espírito” (João 3:5-6). Esse nascimento com a água e Espírito é efetivado no mistério do batismo. Nosso Senhor Jesus Cristo instituiu o mistério do batismo, após a Sua ressurreição dos mortos, quando Ele apareceu aos Seus discípulos e disse: “Ide, pois, ensinai todas as gentes, batizando-as em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Ensinando-as a observar todas as coisas que vos mandei…” (Mt 28:19-20). (…)


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Dom José Antonio inaugura Centro de Pastoral na Paróquia Jesus, Maria, José no Antônio Bezerra

Clero de Fortaleza realiza Semana de Formação online

Jubileu de 75 anos da Paróquia Jesus, Maria, José no bairro Antônio Bezerra, Fortaleza

Catedral Metropolitana de Fortaleza celebra 42 anos de inauguração

Programação das Missas de Natal e Ano Novo em algumas paróquias da Arquidiocese de Fortaleza

Paróquia São José realiza a Live Natal da Esperança

Santuário de Canindé divulga programação natalina

Pe. Ermanno Allegri: pastor missionário, celebra 50 anos de Ordenação Presbiteral

12ª Festa da Vida: cuidar e celebrar a vida: desafio e compromisso

Dom Rosalvo toma posse na Diocese de Itapipoca

Há 150 anos, Santa Luzia ilumina Baturité

Paroquianos de São Gonçalo celebram novenário ao Padroeiro

Membros da Pascom são apresentados solenemente na Matriz do Pirambu

Nota de repúdio da Pastoral Carcerária contra agressões sofridas durante manifestação do Dia da Consciência Negra

Na Solenidade de Cristo Rei: novos presbíteros para a Igreja do Senhor

Testemunhas da Eucaristia: tema da 82ª Semana Eucarística

Cordel celebrativo: 105 anos da Arquidiocese de Fortaleza

Horários de missas no Dia de Finados

Legado de Irmã Clemência é retratado em Seminário Internacional

Padre da Arquidiocese de Fortaleza recebe bênção do Papa Francisco

Retiro prepara Diáconos para ordenação sacerdotal

Live formativa aborda temática da Campanha para a Evangelização 2021

juJuventude região São José

Juventude da Região Episcopal São José se reúne para encontro de espiritualidade

Assembleia Regional da Pastoral Vocacional/Serviço de Animação Vocacional é realizada em Caucaia