Caminhada Penitencial

Tudo sobre a 13ª Caminhada Penitencial

Caridade

Pilar da Caridade: a serviço da vida

O Pilar da Caridade é constituído para impulsionar o serviço aos que mais sofrem, a promoção e defesa da vida em todas as situações, a dimensão profética e samaritana da fé cristã. Nesse sentido, afirma o Papa Francisco: “deriva da nossa fé em Cristo, que Se fez pobre e sempre Se aproximou dos pobres e marginalizados, a preocupação pelo desenvolvimento integral dos mais abandonados da sociedade” (EG, n. 186). O envolvimento com a realidade de pessoas, especialmente com aquelas que experimentam carências e desproteção, bem como o cuidado com a casa comum, deve ser uma preocupação permanente da ação evangelizadora em nossas comunidades eclesiais missionárias.

Urge a presença mais efetiva da Igreja nas periferias existenciais e sociais. A ética social cristã precisa ocupar lugar de destaque em nossos processos de formação e planos pastorais.

Em Assembleia Arquidiocesana de Pastoral, em sintonia com as DGAE 2019-2023, a Arquidiocese decidiu, a partir de nossa realidade e das nossas necessidades para o Pilar da Caridade, e agora propõe às Regiões Episcopais, às Paróquias e Áreas Pastorais, às Pastorais Arquidiocesanas, às Pastorais Sociais, CEBs e Organismos, ao Fórum Arquidiocesano de Movimentos Eclesiais, ao Conselho Arquidiocesano de Leigos e à Conferência dos Religiosos, as seguintes Ações Evangelizadoras.

Ações Evangelizadoras para o Pilar da Caridade:

1. Articulação e valorização como instrumentos de formação das Escolas de Fé e Vida à luz da Doutrina Social da Igreja: Escola de Pastoral Catequética (ESPAC), Faculdade Católica de Fortaleza (FCF) e Centro de Estudos Bíblicos (CEBI).

2. Promoção de Fóruns permanentes voltados para educação ambiental e políticas públicas, procurando envolver as instâncias da sociedade civil, em vista da cultura da paz.

3. Formação nas comunidades, especialmente das periferias, para que, através da Doutrina Social da Igreja, possam ser resgatados os direitos e a cidadania dos mais necessitados.

4. Criação de espaços de acolhida aos migrantes e refugiados.

5. Promoção de ações de Caridade nas Comunidades Eclesiais Missionárias.

Faça a sua pesquisa

Os cookies nos ajudam a entregar nossos serviços. Ao usar nossos serviços, você aceita nosso uso de cookies. Descubra mais