Semana Santa na Paróquia de São José do Ribamar, Aquiraz | Arquidiocese de Fortaleza
Atualidades

Semana Santa na Paróquia de São José do Ribamar, Aquiraz

A Paróquia São José de Ribamar, em Aquiraz-CE está com a seguinte programação da Semana Santa:

Dia 09 de abril: Domingo de Ramos
7h, Missa na Gruta-Matriz presidida pelo Pe. Edson.
16h, Missa no Camará presidida pelo Pe. Edson.
18h30min, Procissão e Missa na Matriz presidida pelo Pe. Edson.

Dia 11 de abril
18h, Vivência com Leitores, acólitos, MESC e corais.

Dia 12 de abril
8h às 11h, atendimento do Pároco na secretaria.
19h, Procissão do Encontro, na Matriz presidida pelo Pe. Edson.

Dia 13 de abril: Ceia do Senhor
8h, Missa da Unidade na Catedral.
18h30, Celebraçao no Jenipapeiro com Diácono Kaubi.
18h30, Missa na Matriz presidida pelo Pe. Edson.

Dia 14 de abril: Paixão do Senhor
6h, Via-Sacra.
15h, Celebração da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo, na Matriz com Pe. Edson.
15h, Celebração da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo, no Jenipapeiro com o Diácono Kaubi.

Dia 15 de abril: Vigília Pascal
8h, Ofício das Leituras.
19h, Vigília Pascal na Matriz presidida pelo Pe. Edson.
20h, Vigília Pascal no Jenipapeiro com Diácono Kaubi.

Dia 16 de abril: Domingo da Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo
07h, Missa na Matriz presidida pelo Pe. Edson.
9h, Missa na Telha presidida pelo Pe. Edson.
16h30, Missa na V. S. Antônio presidida pelo Pe. Edson.
19h, Missa na Matriz presidida pelo Pe. Edson.

Informações pelo telefone (85) 3361 1122, na Secretaria Paroquial.

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Tríduo de Dom Bosco na Paróquia Nossa da Piedade – Joaquim Távora

Votos perpétuos das Irmãs: Francisca Erineuda Firmino Bento e Rosângela Lopes de Lima

Bazar Solidário terá renda destinada para projeto social apresentado ao Papa Francisco

“Tomemos o tear da comunicação em mãos”: dom Mol comenta mensagem do Papa

Dia da Memória: “nunca mais”, repete o Papa, nunca mais a tragédia do Holocausto