Tríduo Bíblico - Paróquia Cristo Redentor. | Arquidiocese de Fortaleza
Atualidades

Tríduo Bíblico – Paróquia Cristo Redentor.

Resultado de imagem para mes da biblia 2017 nova jerusalémO Instituto Religioso Nova Jerusalém em parceria com a Federação Bíblica Católica e o Serviço de Animação Bíblica Paulinas, promoverá o Tríduo Bíblico: “Atualização da Evangelização à luz da Primeira Carta aos Tessalonicenses”.

O evento acontecerá no período de 04 a 06 de setembro, das 19h às 21h, no Centro Pastoral Lindalva Miranda, na Rua Felipe Camarão 1125 – Cristo Redentor. Estão convidados a participar os Animadores Bíblicos, Agentes de Pastoral e demais interessados no tema.

Programação:

Dia 4 de setembro – Segunda
O tema abordado neste dia é “Os desafios do Evangelizador Paulo”.
Prof. Dr. Ir. Aíla Luzia Pinheiro de Andrade, NJ. (Superiora Geral das Irmãs do Instituto Religioso Nova Jerusalém).

Dia 5 de setembro – Terça
O tema abordado neste dia é “Atualização da Evangelização à luz de Tessalonicenses”.
Prof. Ms. Gerardo García Helder
(Coordenador da Federação Bíblica Católica FEBIC – Cone Sul e Secretário Executivo da Pastoral Bíblica da Conferência Episcopal Argentina).

Dia 6 de setembro – Quarta
O tema abordado neste dia é “Os desafios da Comunidade de Tessalônica”.
Prof. Ms. Ir. Elisabete Corazza, fsp
(Coordenadora do Serviço de Animação Bíblica SAB – (Paulinas) e articuladora da Federação Bíblica Católica (FEBIC) no Brasil).

Mais informações pelo telefone (85) 3286-3055, Secretaria Paroquial.

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

O Papa reza pelos inocentes que sofrem sentenças injustas

CNBB une-se a cinco organizações da sociedade civil e assina pacto pela vida e pelo Brasil

Celebração deste Domingo de Ramos

Presidente da Comissão para a Doutrina da Fé da CNBB esclarece sobre confusões em relação à fé que circulam nas redes sociais a respeito da Covid-19

O Papa reza pelos sem-teto, sofredores “escondidos” neste tempo de dor