[Editorial] O Senhor nos dará tudo o que é bom, e a nossa terra nos dará suas colheitas - Arquidiocese de Fortaleza
Atualidades

[Editorial] O Senhor nos dará tudo o que é bom, e a nossa terra nos dará suas colheitas

editorial_dez_2021

Celebrando a Liturgia da Igreja, somos chamados a recomeçar a vida no Advento e no Natal do Senhor. A finalidade da celebração do Ano Litúrgico é colocar a Igreja na dinâmica da ação da graça de Deus que dá sentido e força de transformação à nossa vida e à história humana.

É partindo da celebração da Páscoa de Jesus, como fonte de vida e de luz, que o tempo novo da Ressurreição enche todo o ano com sua graça e claridade. Assim todos os acontecimentos são vividos na realidade do “ano da graça do Senhor” (Lc 4, 19), a presença do Reino de Deus que penetra o tempo da humanidade. Por isso a Páscoa não é simplesmente uma festa entre outras: é a “festa das festas”, “solenidade das solenidades”, como a Eucaristia é o “sacramento dos sacramentos. O mistério da ressurreição, na qual Cristo venceu a morte e derramou com Seu Espírito nova vida no mundo, penetra e supera a rotina do nosso velho tempo com sua poderosa força de vida.

“O Ano Litúrgico é o desdobramento dos diversos aspectos do único Mistério Pascal. Isto vale muito particularmente para as festas em torno do mistério da encarnação (Imaculada Conceição, Anunciação, Advento, Natal, Epifania) que comemoram o começo da nossa salvação e nos comunicam as primícias do Mistério da Páscoa”. (cf. Catecismo da Igreja Católica. 1171)

Estamos celebrando o Natal de Jesus. O que isto significa? São as primícias, primeiros frutos da graça salvadora da Páscoa de Cristo que vai tomando conta da humanidade. Por isto mesmo o Natal é chamado de “Pequena Páscoa”. E como a Páscoa da Ressurreição é preparada pela Quaresma que renova o processo de Iniciação Cristã, o Natal é preparado pelo Advento – tempo de esperança na vinda de Cristo, vinda esta no “hoje” de nossa vida, pois já veio em seu nascimento na carne humana e virá na glória do julgamento final.

O tempo do Advento é propício para despertar a esperança e abrir os corações; e, como lembra muitas vezes a liturgia: Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas.” (Mc 1,3) O Advento é novo chamado à Evangelização.

Sem terreno preparado não frutifica a semente lançada. Assim a semente da graça do Reino de Deus não pode frutificar se o terreno da humanidade não se abrir e não cooperar com ela. “A verdade e o amor se encontrarão,a justiça e a paz se abraçarão; da terra brotará a fidelidade, e a justiça olhará dos altos céus. O Senhor nos dará tudo o que é bom, e a nossa terra nos dará suas colheitas; a justiça andará na sua frente e a salvação há de seguir os passos seus.” Sl 84, 11-14.

Estamos retomando a caminhada da celebração anual litúrgica da Igreja. Ela nos convida a este caminho pedagógico de fé e vivência cristã, revivendo em nós e em nossas comunidades, com gestos concretos, o Mistério da Salvação em Cristo Jesus.

Que o Advento e o Natal do Senhor sejam nosso programa pastoral no tempo que é dom da graça de Deus. Recomeça em nós pessoalmente e comunitariamente a fazer-se presente a paternidade de Deus em nossa filiação divina e fraternidade universal de Seus filhos e filhas. E celebramos o Natal vivendo Cristo em nós: a Palavra de Deus que se faz carne e em nós atua pelo Seu Espírito.

+ José Antonio Aparecido Tosi Marques

Arcebispo Metropolitano

1 Comentário »

1 Comentário »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Ordenação Presbiteral

Dom José Antonio inaugura Centro de Pastoral na Paróquia Jesus, Maria, José no Antônio Bezerra

Clero de Fortaleza realiza Semana de Formação online

Jubileu de 75 anos da Paróquia Jesus, Maria, José no bairro Antônio Bezerra, Fortaleza

Catedral Metropolitana de Fortaleza celebra 42 anos de inauguração

Programação das Missas de Natal e Ano Novo em algumas paróquias da Arquidiocese de Fortaleza

Paróquia São José realiza a Live Natal da Esperança

Santuário de Canindé divulga programação natalina

Pe. Ermanno Allegri: pastor missionário, celebra 50 anos de Ordenação Presbiteral

12ª Festa da Vida: cuidar e celebrar a vida: desafio e compromisso

Dom Rosalvo toma posse na Diocese de Itapipoca

Há 150 anos, Santa Luzia ilumina Baturité

Paroquianos de São Gonçalo celebram novenário ao Padroeiro

Membros da Pascom são apresentados solenemente na Matriz do Pirambu

Nota de repúdio da Pastoral Carcerária contra agressões sofridas durante manifestação do Dia da Consciência Negra

Na Solenidade de Cristo Rei: novos presbíteros para a Igreja do Senhor

Testemunhas da Eucaristia: tema da 82ª Semana Eucarística

Cordel celebrativo: 105 anos da Arquidiocese de Fortaleza

Horários de missas no Dia de Finados

Legado de Irmã Clemência é retratado em Seminário Internacional

Apresentada a Faculdade Católica do Amazonas

Presidente da CNBB divulga vídeo por ocasião do 108º Dia Mundial do Migrante e do Refugiado

Paróquia no bairro Dias Macedo celebra novenário em honra ao glorioso São Francisco

Dom José preside missa de Abertura da Festa de Santa Teresinha na Granja Lisboa

Abertas as incrições para Curso Libras em Contexto Bíblico