MENSAGEM DA XXV ASSEMBLEIA GERAL ELETIVA 2019 DA CRB | Arquidiocese de Fortaleza
Atualidades

MENSAGEM DA XXV ASSEMBLEIA GERAL ELETIVA 2019 DA CRB

Reunidas e reunidos pelo Espírito do Senhor como Vida Religiosa do Brasil na XXV Assembleia Geral Eletiva, de 10 a 14 de julho de 2019, em Brasília-DF, nós, em torno de 450 participantes, vindas/os de vários recantos do Brasil e de outros países, vivemos a força revigoradora da Vida Religiosa Consagrada como espaço de discernimento e vida.

O tema escolhido para fundamentar a caminhada do próximo triênio foi “Consagradas e Consagrados em Missão” e o lema “Fazei tudo o que ele vos disser” (Jo 2,5), os quais nos impulsionam, como Vida Religiosa Consagrada, a estarmos sempre itinerantes, no seguimento a Jesus Cristo.

Muito nos alegrou a presença da Presidente da Conferência Latino Americana e Caribenha de Religiosos (CLAR), Irmã Gloria Liliana Echeverri, a qual nos interpelou inspirando-se no Papa Francisco, para a vivência dos valores do Reino, a sermos especialistas em comunhão, sair do ninho que nos contém, cuidar da formação integral, enriquecer a Igreja com nossos carismas e confiar em Quem nos conduz.

A atual conjuntura sócio-política-econômica nos mostra o fortalecimento de políticas neoliberais com mecanismos financeiros que retiram direitos e agravam a situação dos vulneráveis, submetendo-os a um cenário de escassez. É nossa missão suscitar esperança, resistência, em busca da verdade e da paz.

Manifestamos nosso apoio incondicional ao Papa Francisco e às suas propostas. Ele tem nos interpelado a um êxodo para a fronteira das necessidades humanas atuais. Insiste, entre outros aspectos, na sinodalidade como próprio ser da Igreja, na missionariedade, simplicidade, pobreza, misericórdia, pastores com cheiro de ovelhas e ecologia integral.

Como horizonte inspirador, nós, consagradas e consagrados em missão, movidos por uma mística profético-sapiencial e articulados institucionalmente, procuramos estar presentes onde a vida está ameaçada, responder aos desafios de cada tempo, tecendo relações humanizadoras e interculturais, ouvindo o clamor dos pobres e da terra, para que o vinho novo do Reino anime a festa da vida.

Para o próximo triênio, assumimos as seguintes prioridades: cultivar a mística profético-sapiencial; ouvir o clamor dos pobres e da terra; fomentar a intercongregacionalidade, a interculturalidade e a partilha dos carismas com leigas/os; promover relações humanizadoras e atenção diferenciada à cada geração na VRC.

Fazemos nossas as palavras da Irmã Maria Inês Vieira Ribeiro, após a eleição: “eu desejo neste triênio que nos dediquemos mais às questões da Amazônia, da identidade da VRC, dos presbíteros religiosos, dos abusos sexuais na Igreja, do tráfico humano e do engajamento nas Políticas Públicas, em estarmos com os pobres e dos pequenos, para que sejamos uma vida consagrada masculina e feminina de acordo com o Espírito de Jesus”.

A exemplo de Maria, Mãe e Discípula de Jesus Cristo, pedimos ao Espírito que dirija nossos passos e nos faça testemunhas do seu amor e da esperança.

Brasília- DF, 14 de julho de 2019.

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Festa dos Arcanjos receberá 12 mil pessoas no Ginásio Paulo Sarasate

DNJ 2019 retoma temática da Campanha da Fraternidade sobre Políticas Públicas

Festa de São Francisco na Comunidade do Planalto Itaperi

Em reunião com o Papa, presidência do Celam fala sobre novas perspectivas da entidade

Amor irrestrito e solidário


QR Code Business Card