Caminhada Penitencial

Tudo sobre a 13ª Caminhada Penitencial

Vaticano: concerto vai acolher 3 mil pobres, migrantes e pessoas em situação vulnerável

O Prêmio Oscar, Ennio Morricone, chegou a dirigir a orquestra da edição de 2016  (Vatican Media)

A iniciativa, que já recebeu nomes como os compositores Morricone e Piovani, volta a ser promovida neste ano. A quarta edição da celebração da beleza e da caridade na Sala Paulo VI vai acolher pela primeira vez o maestro Speranza Scappucci com a Orquestra e o Coro do “Teatro dell’Opera” de Roma. Três mil lugares reservados para os sem-teto, migrantes e pessoas com dificuldades sociais.

Vatican News

Como é tradição, será a Sala Paulo VI, no Vaticano, que vai sediar a quarta edição do Concerto com os Pobres e para os Pobres, uma iniciativa dedicada às pessoas desfavorecidas, às quais se pretende oferecer uma experiência de beleza através da música combinada com um gesto concreto de caridade. O evento, programado para sexta-feira, 15 de dezembro, às 17h30 na hora italiana, vai destinar 3 mil lugares para moradores em situação de rua, migrantes e aqueles que vivem dificuldades sociais. Eles serão os “convidados de honra” do evento, convidados a participar por meio do Dicastério para o Serviço da Caridade e de várias associações voluntárias que os assistem diariamente, e para os quais será distribuído uma marmita e outros itens de necessidades básicas.

Morricone e Piovani nas edições anteriores

Nascido em 2015 a partir de uma ideia de Riccardo Rossi e Gualtiero Ventura e organizado pela Nova Opera com a direção artística do maestro Marco Frisina, o evento é patrocinado pelo Governatorato do Estado da Cidade do Vaticano e pelo Dicastério para o Serviço da Caridade. As três edições anteriores contaram com a participação de alguns dos maiores expoentes do cenário musical internacional, incluindo o maestro Daniel Oren e os compositores Ennio Morricone e Nicola Piovani, além de orquestras de prestígio, como a Orquestra do Teatro Verdi de Salerno, a Roma Sinfonietta, a Orquestra Italiana do Cinema e o Coro da Accademia Nazionale di Santa Cecilia

Orquestra e Coro do Teatro dell’Opera de Roma

Para 2023, o regente é Speranza Scappucci, que vai se alternar com o maestro Frisina para liderar a Orquestra e o Coro do Teatro dell’Opera de Roma. Também confirmados no palco, presentes desde a primeira edição, estão os 200 elementos do Coro da Diocese de Roma. Valiosa, para esta edição do Concerto com os Pobres e para os Pobres, é a presença de dois solistas excepcionais: a soprano Maria Grazia Schiavo, entre as vozes mais importantes de sua geração no repertório barroco, e o tenor Levy Sekgapane, um popular talento sul-africano que já venceu o “Montserrat Caballé International Singing Competition” e o prestigioso concurso “Operalia”.

O programa

O programa inclui uma seleção de obras-primas de Mozart, Rossini e Tchaikovsky, enriquecidas por famosas canções de Natal nacionais e internacionais, como Joy to the WorldQuanno nascette NinnoTu scendi dalle stelle e Stille Nacht, em novas versões especialmente orquestradas por Frisina.

A participação do público no Concerto com os Pobres e para os Pobres é totalmente gratuita, mediante o preenchimento obrigatório do formulário no site oficial do evento, disponível a apartir desta sexta-feira (24). Basta acessar o www.concertoconipoveri.org. Os ingressos, enviados por e-mail, contêm um código QR exclusivo que deve ser apresentado em formato digital ou em papel no controle de acesso no dia do evento.

Faça a sua pesquisa

Os cookies nos ajudam a entregar nossos serviços. Ao usar nossos serviços, você aceita nosso uso de cookies. Descubra mais