Sacramento não é serviço de compra e venda, diz pároco de Porto Alegre | Arquidiocese de Fortaleza
Atualidades

Sacramento não é serviço de compra e venda, diz pároco de Porto Alegre

A paróquia mais tradicional de Porto Alegre/RS, a São Pedro, tem sido muito procurada para celebrar sacramentos, como o do Matrimônio. Mas o pároco alerta para uma triste realidade: muitas vezes a procura acontece com a ideia de se comprar alguma coisa, de “comprar um serviço religioso; e eu tenho que transformar esse desejo de compra num desejo de aproximação do Senhor e conseguir traduzir isso pra eles. Esse é o desafio”.

Silvonei Protz, Andressa Collet – Cidade do Vaticano

A Paróquia São Pedro, que fica no coração de Porto Alegre/RS, comemora em 2019 os seus 100 anos de presença evangélica e, segundo Pe. Luciano Massullo, procura viver o centenário, “não como uma data de museu mas com um reavivamento da chama do Evangelho” na vida comunitária.

Pelo seu caráter tradicional, a São Pedro já teve a maior frequência da comunidade, mas como todas as outras paróquias, tem perdido muito em participação. Ao viver um contexto paroquial bastante urbano, numa das cidades mais secularizadas do Brasil, a procura acontece normalmente para celebrar sacramentos, sobretudo o do Matrimônio, pela beleza do templo, afirma Pe. Luciano.

Ouça a reportagem com a entrevista a Pe. Luciano

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Campanha para a Evangelização completa 21 anos em 2019

NOTA DE FALECIMENTO de Dom José Mauro Ramalho de Alarcón e Santiago

Nota do CIMI sobre assassinatos de indígenas Guajajara, no Maranhão, e Tuiuca, no Amazonas

Festa da Paróquia Santa Luzia no Meireles

Segundo domingo do Advento ou Solenidade da Imaculada Conceição? Entenda