Meditação do Evangelho - 3º Domingo da Quaresma (Jo 4, 5-42) - Arquidiocese de Fortaleza
Atualidades

Meditação do Evangelho – 3º Domingo da Quaresma (Jo 4, 5-42)

Neste terceiro domingo da quaresma, repleto de significado batismal, nos encontramos com Jesus no momento em que o calor do sol e a fadiga do caminho são mais agudos e com os nossos corações tomados pela sede somos convidados a reconhecer no Senhor a fonte da vida e fazer deste o encontro decisivo de nossas vidas!

O trecho do Evangelho deste domingo acontece durante a viagem que Jesus faz da Judéia para a Galiléia, passando pela Samaria. Bem sabemos que existe uma diferença acirrada entre judeus e samaritanos os quais chegavam ao ponto de cultivarem o ódio mutuamente, isto devido a origem do povo samaritano (cf. Eclo 17,24-41) o qual não se manteve fiel ao culto do verdadeiro Deus.

Jesus encontra-se sentado, pois a hora (meio-dia) e o cansaço agregados a fome e a sede são intensos. Enquanto os discípulos saem para comprar alimento na cidade acontece o encontro com uma mulher samaritana junto ao poço de Jacó. O Senhor toma a iniciativa do diálogo pedindo-lhe água e com a surpresa da mulher dada a sua atitude Ele mesmo propõe uma mudança na forma de como esta mulher percebia a sua vida: “Se conhecesses o dom de Deus…”

A mulher, na verdade, tem sede de ser amada – possuindo cinco maridos sem nenhum pertencer a ela e Jesus apresenta-se como a fonte da água viva que sacia toda sede do coração humano. O texto, denso em detalhes, também aponta que os verdadeiros adoradores são aqueles que, em espírito e verdade – com o seu testemunho estão no mundo fornecendo um exemplo crível da presença de Deus.

O olhar da mulher – que propositalmente não tem um nome, pois poderá ser um de nós – começa a migrar de suas necessidades fundamentais (colher água na fonte) para a salvação de sua vida (“Quando vier o Messias, ele nos explicará tudo”). O mesmo acontece com o alimento que os discípulos não compreendem quando Jesus diz: “Tenho para comer um alimento (fazer a vontade do Pai) que não conheceis”. Comer e beber embora sejam indispensáveis para a vida humana aqui são, de certa forma, colocados em segundo plano frente a uma necessidade ainda mais fundamental e importante: reconhecer que somente em Deus por meio de Jesus Cristo temos pacificadas todas as nossas demandas!

A eucaristia que celebramos em memória do Senhor nos capacita a buscar na Palavra proclamada e no pão e no vinho – corpo e sangue de Cristo – a fonte que sacia as nossas necessidades. Muitas vezes, assim como o povo sedento no deserto, fechamos o coração, não ouvimos a voz de Deus e murmuramos!

Somente a paz que Cristo nos oferece por meio do seu sacrifício nos reconcilia como Pai inteiramente e nos convida a reconhecermos neste ato livre de amor o verdadeiro dom de Deus capaz de saciar-nos com a sua presença.

A Campanha da Fraternidade quer ser um alerta contra o desperdício, a privatização e o envenenamento das águas, além de despertar em nós a necessária consciência de que muitas vezes o consumo exagerado e compulsivo não consegue suprir totalmente o coração do ser humano, muito pelo contrário gera cada vez mais vazio!

Pe. Fernando Antonio Carvalho Costa

 

1 Comentário »

1 Comentário »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Dom José Antonio inaugura Centro de Pastoral na Paróquia Jesus, Maria, José no Antônio Bezerra

Clero de Fortaleza realiza Semana de Formação online

Jubileu de 75 anos da Paróquia Jesus, Maria, José no bairro Antônio Bezerra, Fortaleza

Catedral Metropolitana de Fortaleza celebra 42 anos de inauguração

Programação das Missas de Natal e Ano Novo em algumas paróquias da Arquidiocese de Fortaleza

Paróquia São José realiza a Live Natal da Esperança

Santuário de Canindé divulga programação natalina

Pe. Ermanno Allegri: pastor missionário, celebra 50 anos de Ordenação Presbiteral

12ª Festa da Vida: cuidar e celebrar a vida: desafio e compromisso

Dom Rosalvo toma posse na Diocese de Itapipoca

Há 150 anos, Santa Luzia ilumina Baturité

Paroquianos de São Gonçalo celebram novenário ao Padroeiro

Membros da Pascom são apresentados solenemente na Matriz do Pirambu

Nota de repúdio da Pastoral Carcerária contra agressões sofridas durante manifestação do Dia da Consciência Negra

Na Solenidade de Cristo Rei: novos presbíteros para a Igreja do Senhor

Testemunhas da Eucaristia: tema da 82ª Semana Eucarística

Cordel celebrativo: 105 anos da Arquidiocese de Fortaleza

Horários de missas no Dia de Finados

Legado de Irmã Clemência é retratado em Seminário Internacional

Aniversário do segundo ano do Pacto das Catacumbas pela Casa Comum

Bispos do Ceará se reúnem para aprofundar e encaminhar as atividades pastorais do Regional

Por uma Igreja Sinodal: Comunhão, Participação e Missão

Conferência de Dom José Antonio na abertura da XIX Semana Teológica na FCF

A Arquidiocese de Fortaleza lança nota de esclarecimento sobre a nova fase de prevenção contra a Covid-19