Entrega da “Positio super Vita, Virtutibus et Fama Sanctitatis” do Servo de Deus Antônio de Almeida Lustosa - Arquidiocese de Fortaleza
Atualidades

Entrega da “Positio super Vita, Virtutibus et Fama Sanctitatis” do Servo de Deus Antônio de Almeida Lustosa

(ANS – Cidade do Vaticano) – Ontem, 27 de abril de 2021, foi entregue na Congregação das Causas dos Santos no Vaticano o volume da «Positio super Vita, Virtutibus et Fama Sanctitatis» do Servo de Deus Antônio de Almeida Lustosa, da Sociedade de São Francisco de Sales, Arcebispo de Fortaleza – CE, Brasil.

A «Positio» teve, como Relator, o Monsenhor Maurizio Tagliaferri; como Postulador, o P. Pierluigi Cameroni SDB; e, como Colaboradora, a Dra. Cristiana Marinelli. Os elementos estruturais da “Positio” são: uma breve apresentação pelo Relator; a “Informatio super virtutibus”, ou seja, a parte teológica, na qual se demostra a vida virtuosa do Servo de Deus (SdeD); os dois “Summarium” com as provas testificantes e documentais; a “Biographia ex Documentis”; as últimas Sessões e o aparato iconográfico.

Antônio de Almeida Lustosa nasce na cidade de São João do Rei, no Estado de Minas Gerais (Brasil), no dia 11 de fevereiro de 1886. De seus pais, João Baptista Pimentel Lustosa e Delphina Eugênia de Almeida Magalhães, cristãos exemplares, recebeu esmerada formação humana e cristã. Já menino inteligente e de índole boa e generosa, entra com 16 anos no Colégio salesiano de Cachoeira do Campo (Minas Gerais). Três anos depois está em Lorena, como noviço e assistente dos seus colegas. Depois da primeira Profissão religiosa, feita em 1906, se torna outrossim professor de Filosofia, enquanto estuda Teologia. A Profissão perpétua tem lugar três anos depois e a ordenação sacerdotal em 28 de janeiro de 1912. Em 1916 já é Diretor e Mestre de Noviços, no Colégio São Manuel, de Lavrinhas (SP). Nos cinco anos ali passados, o jovem P. Lustosa mostrou o melhor de si, tanto como salesiano quanto como sacerdote.

No dia 11 de fevereiro de 1925, na festa de Nossa Senhora de Lourdes, é ordenado Bispo de Uberaba (MG). O dia foi por ele escolhido para lembrar a presença de Maria ao longo de sua vida. Em 1928 é transferido para a Diocese de Corumbá, no hoje Mato Grosso do Sul, e, em 1931, foi promovido a Arcebispo de Belém do Pará (PA), onde fica 10 anos. Em 5 de novembro de 1941 assume o encargo de Arcebispo de Fortaleza, Capital do Estado do Ceará.

Juntamente com um número inusitadamente elevado de iniciativas e atividades de natureza social e caritativa, erige mais de 30 novas Paróquias, 45 escolas para necessitados, 14 centros de saúde na periferia de Fortaleza, a Escola de Serviços Sociais, hoje em convênio com a Universidade Estatal do Ceará, mais os hospitais “São José” e “Cura d’Ars”, só para lembrar algumas das mais relevantes obras atribuídas ao seu episcopado.

A sua ação pastoral se articula particularmente na área da catequese, da instrução, das visitas pastorais, no incremento às vocações, na valorização da Ação Católica, na melhoria das condições de vida dos mais pobres, na defesa dos direitos dos trabalhadores, na renovação do clero, no estabelecimento de novas ordens e congregações religiosas no Ceará, para não falar também da sua brilhante e frutuosa atividade como poeta e escritor. Deve-se-lhe também a fundação do Instituto dos Cooperadores do Clero e a Congregação das Irmãs Josefinas.

Onze anos depois da sua demissão da Arquidiocese – após o que se retira à Casa salesiana de Carpina, na Diocese de Nazaré, Pernambuco e, no fim, obrigado a uma cadeira de rodas –, morreu aos 14 de agosto de 1974, demonstrando, também durante a doença e os sofrimentos, uma exemplar atitude de plena e incondicional aceitação da Vontade de Deus.

(Notícia da ANS – Agenzia Notizie Salesiana/Agenzia Info Salesiana, divulgada em Roma, dia 28.4.2021, encaminhada pela Comissão Arquidiocesana de Apoio à Causa de Beatificação e Canonização do Servo de Deus Dom Antônio de Almeida Lustosa)

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Dom José Antonio inaugura Centro de Pastoral na Paróquia Jesus, Maria, José no Antônio Bezerra

Clero de Fortaleza realiza Semana de Formação online

Jubileu de 75 anos da Paróquia Jesus, Maria, José no bairro Antônio Bezerra, Fortaleza

Catedral Metropolitana de Fortaleza celebra 42 anos de inauguração

Programação das Missas de Natal e Ano Novo em algumas paróquias da Arquidiocese de Fortaleza

Paróquia São José realiza a Live Natal da Esperança

Santuário de Canindé divulga programação natalina

Pe. Ermanno Allegri: pastor missionário, celebra 50 anos de Ordenação Presbiteral

12ª Festa da Vida: cuidar e celebrar a vida: desafio e compromisso

Dom Rosalvo toma posse na Diocese de Itapipoca

Há 150 anos, Santa Luzia ilumina Baturité

Paroquianos de São Gonçalo celebram novenário ao Padroeiro

Membros da Pascom são apresentados solenemente na Matriz do Pirambu

Nota de repúdio da Pastoral Carcerária contra agressões sofridas durante manifestação do Dia da Consciência Negra

Na Solenidade de Cristo Rei: novos presbíteros para a Igreja do Senhor

Testemunhas da Eucaristia: tema da 82ª Semana Eucarística

Cordel celebrativo: 105 anos da Arquidiocese de Fortaleza

Horários de missas no Dia de Finados

Legado de Irmã Clemência é retratado em Seminário Internacional

Por uma Igreja Sinodal: Comunhão, Participação e Missão

Conferência de Dom José Antonio na abertura da XIX Semana Teológica na FCF

A Arquidiocese de Fortaleza lança nota de esclarecimento sobre a nova fase de prevenção contra a Covid-19

O Papa com os pobres em Assis. Frades Menores: sinal concreto de fraternidade

CNBB sai em defesa do Papa Francisco, do arcebispo de Aparecida (SP) dom Orlando Brandes e do episcopado brasileiro