Em Romaria celebramos e afirmamos: O Testemunho dos Mártires em defesa da Terra, Água e Dignidade! - Arquidiocese de Fortaleza
Atualidades

Em Romaria celebramos e afirmamos: O Testemunho dos Mártires em defesa da Terra, Água e Dignidade!

“Javé, Deus Libertador, olha para teu sertão.
Vê nosso bioma agredido, vê o caos de nossas cidades;
Escuta o grito da terra presa, em dores de parto,
e do povo sem terra,vem conosco caminhar!”
Pe Machado

Lia Lima, Secretária Executiva da CPT Ceará

No domingo, 07 de agosto de 2011, a cidade de Itapipoca, irá acolher a 15ª Romaria da Terra, cujo lema é: “No Testemunho dos Mártires: Terra, Água e Dignidade!”

Nossa expectativa, como Pastoral da Terra, é que a Romaria seja um momento forte, para celebrarmos um lindo encontro, entre os irmãos e irmãs, de todos os recantos do Estado do Ceará, com os moradores da cidade de Itapipoca. Encontro para continuarmos reforçando os desejos comuns: de garantia de acesso a terra, de condições de moradia com qualidade, de água com saneamento, de emprego, de escolas que no seu currículo considere a realidade local, de políticas públicas, de vida digna!

Neste tempo de preparação nas comunidades e durante a Romaria, queremos lembrar: O martírio de camponeses e camponesas que tombaram na luta por Terra e vida digna; Denunciar os impactos provocados pela implantação dos grandes projetos no Ceará; Contribuir no processo de fortalecimento das comunidades tradicionais, quilombolas e indígenas; Celebrar e tornar visível as conquistas na luta por terra, água e dignidade; Fortalecer a religiosidade popular e romeira, raiz profunda do povo cearense.

A Romaria é espaço para afirmação e ou renovação do nosso compromisso com: A realização de uma grande celebração do anúncio da boa nova da esperança como ação de graça pelas iniciativas que nascem dos povos que vivem nas comunidades urbanas e rurais; A luta pela vida no semiárido; A luta em defesa da história e da cultura dos povos indígenas e seus remanescentes, povos afro-brasileiros, camponeses e camponesas, pescadores artesanais, jovens e pessoas idosas do campo; A garantia dos direitos das famílias impactadas pela especulação imobiliária e fundiária; A luta em defesa dos Direitos Humanos, Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais das populações atingidas pelos grandes projetos; A promoção de uma educação pública contextualizada a partir da realidade nordestina; A luta pela Reforma Agrária e pelo acesso à água, sempre sob uma perspectiva bíblica; As organizações camponesas, para que estas venham a assumir e defender projetos que visem à melhoria de qualidade de vida, com dignidade, das famílias; A veiculação de denúncias das várias formas de injustiça e violência sofridas pelos camponeses e as camponesas; A viabilização do intercâmbio entre as romeiras e romeiros que virão de todo o Estado.

Cores variadas estarão representando as nove dioceses do Estado do Ceará. A Diocese de Itapipoca com a cor laranja nos remete ao final de tarde, pôr-do-sol radiante em nosso lindo e querido Ceará. Crato com a cor amarelo-ouro, lembra-nos das riquezas que existem no nosso rico subsolo. A diocese de Quixadá será representada pelo vermelho que irradia e dá energia para lutar e não desanimar. Crateús terá como referência o lilás terno, que nos remete a feminilidade, a questão de gênero, homens e mulheres de mãos dadas lado a lado. Sobral, terra de Ibiapina trazendo a cor branca pede paz e que cesse a violência entre os homens. A arquidiocese de Fortaleza destacará a cor verde das nossas matas, que produz o oxigênio que respiramos, renovando o dia-a-dia. A diocese de Iguatu com a cor marrom, fará presente a terra, onde se produz o alimento e a essência da vida. Tianguá se destacará pela cor prata, que nos faz recordar a água a brotar e, o brilho e alegria da festa. E por fim, Limoeiro do Norte com a cor azul trás a harmonia entre os povos, as diversas culturas e etnias.

Para este dia estamos propondo a seguinte programação:

4:00 a 6:00 – Chegada e acolhida dos Romeiros e Romeiras da Terra, na Igreja de São Sebastião, situada na Av. Anastácio Braga;

7:00 – Caminhada da Igreja de São Sebastião, com parada próximo ao Horto do Cruzeiro;

9:00 – Deslocamento para as tendas litoral/água, sertão/terra e serra/dignidade; no Parque de Exposição.

13:30 – Deslocamento das tendas para a praça da Igreja de Nossa Senhora das Mercês, padroeira de Itapipoca;

14:00 – Apresentações culturais com os artistas da caminhada;

15:00 – Celebração Eucarística, benção e envio dos Romeiros e Romeiras da Terra as suas comunidades de origem.

Convocamos aos homens e mulheres deste nosso querido Ceará a participar deste dia de celebrações, reencontros, de anúncio das boas novas, denúncias das injustiças e de desrespeito aos direitos Humanos, Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais.

Nas horas de Deus Amém, que os Sertões, Serras e Litorais, sejam espaços onde os camponeses e camponesas possam viver dignamente, experimentando novas formas de produzir e viver e espalhem essas boas notícias que brotam a partir de novas práticas de convivência com o semiárido cearense.

NO TESTEMUNHO DOS MÁRTIRES: TERRA, ÁGUA E DIGNIDADE!

Lia Lima, Secretária Executiva da CPT Ceará

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Ordenação Presbiteral

Dom José Antonio inaugura Centro de Pastoral na Paróquia Jesus, Maria, José no Antônio Bezerra

Clero de Fortaleza realiza Semana de Formação online

Jubileu de 75 anos da Paróquia Jesus, Maria, José no bairro Antônio Bezerra, Fortaleza

Catedral Metropolitana de Fortaleza celebra 42 anos de inauguração

Programação das Missas de Natal e Ano Novo em algumas paróquias da Arquidiocese de Fortaleza

Paróquia São José realiza a Live Natal da Esperança

Santuário de Canindé divulga programação natalina

Pe. Ermanno Allegri: pastor missionário, celebra 50 anos de Ordenação Presbiteral

12ª Festa da Vida: cuidar e celebrar a vida: desafio e compromisso

Dom Rosalvo toma posse na Diocese de Itapipoca

Há 150 anos, Santa Luzia ilumina Baturité

Paroquianos de São Gonçalo celebram novenário ao Padroeiro

Membros da Pascom são apresentados solenemente na Matriz do Pirambu

Nota de repúdio da Pastoral Carcerária contra agressões sofridas durante manifestação do Dia da Consciência Negra

Na Solenidade de Cristo Rei: novos presbíteros para a Igreja do Senhor

Testemunhas da Eucaristia: tema da 82ª Semana Eucarística

Cordel celebrativo: 105 anos da Arquidiocese de Fortaleza

Horários de missas no Dia de Finados

Legado de Irmã Clemência é retratado em Seminário Internacional

Pilar da Palavra realiza Primeiro Seminário Arquidiocesano no formato online

Presidência da CNBB envia carta de unidade e solidariedade com a Igreja em Nicarágua

Cardeal Ranjith agradece ao Papa doação às famílias do Sri Lanka

Pastoral Carcerária celebra 50 anos de missão no Brasil a serviço de Cristo nos cárceres

O convite do Papa: confiar o destino da Europa e do mundo a N. Sra. Negra