Brasão da Arquidiocese de Fortaleza

Dom José Antonio ordena três diáconos permanentes para o serviço do Reino de Deus

A Igreja Arquidiocesana de Fortaleza convida para a Solene Celebração Eucarística na qual, pela imposição das mãos e oração consecratória de nosso arcebispo metropolitano, dom José Antonio Aparecido Tosi Marques, serão ordenados diáconos permanentes Alexandre Cabral Freire, Erilson Pereira Teixeira e Francisco Carlos Rodrigues de Ramos, no dia 10 de agosto, às 19h, na Sé Catedral. A missa será transmitida pelo canal do Youtube da Arquidiocese.

Quem são os diáconos permanentes?

“Eles são pais de família, com vida matrimonial estável, com mais de 35 anos. Devem ser participantes assíduos da comunidade. Só podem ser admitidos candidatos que participem ativamente da comunidade, com uma boa caminhada formativa e espiritual e que sejam aceitos pelos irmãos da comunidade. Sua esposa deve concordar e participar ativamente. Desde há mais de cinquenta anos já temos este ministério na Igreja, que ainda não tinha sido suficientemente esclarecida sua importante missão. Também são ordenados diáconos transitórios aqueles seminaristas que depois irão receber o sacramento da ordem, como presbíteros. Seu fundamento está em Cristo, que veio não para ser servido, mas para servir e dar sua vida em resgate de muitos (Mt 20,28), testemunhou e ensinou que aquele que quiser ser o maior, seja o servo de todos (Mc 10,42-44). Mas, do mesmo modo, na Igreja, toda ministerial, temos a presença da diaconia, como um dos ministérios ordenados”, explica dom Adelar Baruffi.

CONHEÇA OS CANDIDATOS AO DIACONATO PERMANENTE:

*Alexandre Cabral Freire

Estágio Pastoral: Paróquia Nossa Senhora da Imaculada Conceição, em Tabatinga, no município de Maranguape (CE).

Lema: “Fazei tudo que Ele vos disser.” (Jo 2,5)

Histórico vocacional:

Nascido na cidade de Quixadá (CE), no 08 de dezembro de 1976. Filho de Alvino Moreira Freire e de Maria Fátima Cabral Freire, casado com Eliane Almeida Cabral desde 10 de maio de 2003, pai de Eduardo Almeida Cabral.  

Sua caminhada na Igreja Católica começou em 1992 no Encontro de Jovens com Cristo (EJC) da sua Paróquia. Quando casado, fez o 21º Encontro de Casais com Cristo (ECC), onde fez parte da Equipe Dirigente em duas oportunidades, da Coordenação do Grupo de Coroinhas da Paróquia, da Pastoral Familiar, dos Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão (MESC), Ministros Extraordinários das Exéquias e os Ministros Extraordinários da Palavra (MEP).   

Sua vocação diaconal surgiu em 2009, em uma visita pastoral do senhor Arcebispo dom José Antonio Aparecido Tosi Marques à Paroquia Nossa Senhora da Penha, foi quando conheceu um Diácono Permanente que fazia parte da comitiva, naquele momento a Escola Diaconal não estava recebendo novos candidatos.

Deu início a sua formação em 2012 na Escola Diaconal da Arquidiocese de Fortaleza. Em 2019 concluiu os estudos teológicos na Faculdade Católica de Fortaleza (FCF). Sua Paróquia de origem é Nossa Senhora da Penha, em Maranguape (CE). Durante a sua caminhada vocacional desenvolveu o seu serviço pastoral entre os anos de 2016 à 2018 na Paróquia Nossa Senhora da Imaculada Conceição, em Pacatuba (CE), de 2019 à 2021 na Paróquia Santa Cecília, no Bom Jardim, Fortaleza (CE), e desde 2021 está servindo da Paróquia Nossa Senhora da Imaculada Conceição, em Tabatinga, Maranguape (CE).   

*Francisco Carlos Rodrigues de Ramos

Estágio Pastoral: Paróquia Nossa Senhora das Graças e São Pedro – Tabuba em Caucaia (CE).

Lema: “Amai-vos uns aos outros como eu vos amei. (Jo 15,12)

Histórico vocacional:

Nascido na cidade de Itapajé (CE), no 20 de abril de 1979. Filho de Raimundo Nonato de Ramos e de Luiza Vilany Rodrigues do Nascimento, casado com Willdianny Kéllen Sampaio de Araújo Ramos, desde 21 de novembro de 2008 e pai de Ana Clara Sampaio Araújo Ramos.

Sua caminhada na Igreja Católica começou em 1995, na Pastoral da Juventude (PJ) em sua paroquia natal, São Francisco de Assis em Itapajé.

Com sua esposa, vivenciaram o 10° Encontro de casais com Cristo, na Paróquia de São Gonçalo do Amarante. Juntos fizeram parte de Equipes Dirigente do E.C.C. de 1ª e 2ª etapa, além de palestrar em todo setor 5, na Região Episcopal Nossa Senhora dos Prazeres.

Em 2010, foi investido Ministro da Extraordinário da Sagrada Comunhão (MESC). Sempre atuou na Catequese de crianças, jovens e adultos. Colabora na articulação e formação dos Coroinhas, Batismo e preparação a vida matrimonial.

O desejo vocacional ao Diaconato Permanente, se deu pelo convívio com um Diácono permanente amigo da família.

Deu início ao processo vocacional na Escola Diaconal em 2012 na Arquidiocese de Fortaleza. Em 2019 formou-se Bacharel em Teologia na Faculdade Católica de Fortaleza (FCF).

Seu primeiro estágio pastoral, foi na Paróquia N. S. do Carmo, em Croatá, dedicando-se a celebrações da Palavra. Em 2019, na Paróquia Santo Antônio de Pádua, na Granja Portugal, contribuiu em formações aos catequistas, além de celebrações da Palavra. Desde 2021, na Paróquia Nossa Senhora das Graças e São Pedro, na Tabuba, atua na Cáritas e Pastorais Sociais.

*Erilson Pereira Teixeira

Estágio Pastoral: Paróquia São Francisco de Assis, Tapera (CE).

Lema: “Tu me seduziste, Senhor, e eu me deixei seduzir”. (Jr 20, 7)

Histórico vocacional:

Nascido na cidade de Itatira (CE), no dia 14 de agosto de 1975. Filho de Francisco Teixeira Filho e Maria da Glória Pereira Teixeira, tem 19 anos de casado com Regina Lima Teixeira desde 22 de maio de 2004, pai de João Gabriel Lima Teixeira (17), Ângelo Miguel Lima Teixeira (15) e de Ângelo Rafael Lima Teixeira (13). 

Sua caminhada na Igreja Católica começou em 1991 como catequista na Paroquia Nossa Senhora das Graças em Pindoretama (CE). Em 1998, tornou-se Cofundador da Comunidade Mãe Admirável, que tem como fundador João Onildo Gondim.

Aos 16 anos serviu no altar como coroinha em sua paróquia, no ano de 1995 foi investido como Ministro Extraordinário da Sagrada Comunhão (MESC) e também como Ministro Extraordinário da Palavra (MEPA). Em 2004, iniciando o movimento do Terço dos Homens em sua paróquia torna-se coordenador e no mesmo ano, juntamente com sua esposa, passam a coordenar o grupo de casais da Comunidade Mãe Admirável.

Quando solteiro sentia o desejo de ser sacerdote, mas ao mesmo tempo um forte chamado ao matrimônio. No ano de 2005, já casado e a espera do seu primeiro filho foi convidado, juntamente com sua esposa, a organizar a primeira Semana Nacional da Família em sua paróquia. Ao participar da celebração da palavra presidida por um Diácono Permanente da Arquidiocese de Fortaleza, despertou em seu coração o desejo de doar-se ainda mais a serviço da Igreja.

Deu início a sua formação em 2012 na Escola Diaconal da Arquidiocese de Fortaleza. No mesmo ano iniciou os estudos teológicos na Faculdade Católica de Fortaleza (FCF), que teve conclusão em fevereiro de 2021. Após a morte do fundador da Comunidade Mãe Admirável no ano de 2021 passou a ser o Moderador Geral da obra.

Respostas de 4

  1. Sim com a graça e benção de Deus teremos na igreja mais três diäconosnpeemanentes

Faça a sua pesquisa

Os cookies nos ajudam a entregar nossos serviços. Ao usar nossos serviços, você aceita nosso uso de cookies. Descubra mais