Brasão da Arquidiocese de Fortaleza

Dom Gregório Paixão, OSB, ordena novos presbíteros para a Arquidiocese de Fortaleza

O Arcebispo Metropolitano de Fortaleza, Dom Gregório Ben Lâmed Paixão, OSB, presidirá a Solene Celebração Eucarística, durante a qual, pela imposição de suas mãos e oração consecratória, ordenará 11 novos sacerdotes para o ministério pastoral da Igreja Particular de Fortaleza. A cerimônia litúrgica ocorrerá no dia 23 de agosto (sexta-feira), às 19h, na Catedral Metropolitana, com transmissão pelo YouTube.

O segundo grau do ministério da Ordem é o presbiteral. De acordo com o Pontifical Romano, a ordenação presbiteral é realizada em seis momentos: eleição do candidato, homilia, propósito do eleito, ladainha, imposição das mãos e prece de ordenação, unção das mãos e entrega da patena e do cálice.

Acompanhe o testemunho vocacional dos candidatos a Ordenação Presbiteral:

  • Diácono Carlos Vinicios Moreira Rodrigues

Lema sacerdotal: “Fazei o que ele vos disser” (Jo.2, 5)

Primeira Missa: Igreja Matriz de Santo Antônio de Pádua, Planalto Pici, Fortaleza, CE

Dia 26/08/2024, 19h

Paróquia de Origem: Paróquia Santo Antônio de Pádua, Planalto Pici, Fortaleza (CE)

Minha trajetória na Igreja e ao mesmo tempo vocacional, começou aos 8 anos de idade, no grupo da infância missionária, mas muito antes já participava das celebrações na paróquia, sendo levado por minha mãe. Neste período comecei a catequese de primeira comunhão. Tendo feito minha primeira comunhão, participei de alguns grupos, como o grupo de coroinhas, no qual permaneci por 8 anos, e na Legião de Maria juvenil. Com 14 anos recebi o Sacramento da Crisma. Ao longo de minha trajetória alguns sacerdotes fizeram e fazem parte de minha caminhada vocacional, que com seu testemunho me ajudaram a dar uma resposta a Deus. Em 25 de janeiro fui acolhido no Seminário Propedêutico da Arquidiocese de Fortaleza para começar a caminhada rumo ao sacerdócio.

  • Diácono Ednardo Honório da Silva

Lema sacerdotal: “Per Ipsum, Et Cum Ipso, Et In Ipso” (Por Ele, com Ele e Nele)

Primeira Missa: Praça do Santo Cruzeiro, Centro de Guaiúba, CE

31/08/2024, 19h

Paróquia de Origem: Paróquia Jesus, Maria e José, Guaiúba (CE)

Filho de Raimundo Honório da Silva e de Maria Mosarina Honório da Silva, nasceu no dia 27 de maio de 1995. Sendo originário da Paróquia Jesus, Maria e José, em Guaiúba (CE), foi acompanhado em seu discernimento vocacional pelo Padre João Batista Aires, na época Vigário da Paróquia de Guaiúba, ingressando no Seminário da Arquidiocese de Fortaleza no dia 26 de janeiro de 2014. Atualmente realiza seus trabalhos pastorais na Paróquia Nossa Senhora dos Prazeres, Caucaia (CE).

  • Diácono Francisco William Lemos Chagas

Lema sacerdotal: “Eficere Christum praesens omnibus humanitatibus laboribus”

Primeira Missa: Igreja Matriz de Nossa Senhora da Penha, Maranguape, CE

Dia 25/08/2024, 9h

Paróquia de origem: Paróquia Nossa Senhora da Penha, Maranguape (CE)

Venho de uma família católica: nela aprendi todos os passos da fé cristã. Desde criança, sentia uma admiração pelo sacerdócio: sobretudo a forma como o padre rezava a Santa Missa e suas respectivas vestes litúrgicas. Porém, enquanto criança, mesmo admirando o sacerdócio, nunca expressei, publicamente, o desejo para tal. Na juventude, assumi algumas responsabilidades na paróquia: fui coroinha, catequista de crisma e primeira eucaristia. Neste período, mesmo nutrindo admiração pelo sacerdócio, pensava em seguir a vida familiar, como qualquer jovem de minha idade, inclusive tendo planos para a vida acadêmica e profissional. Porém, Nosso Senhor teve outros planos para mim: ao completar a maioridade, a admiração pelo sacerdócio passou a ser acompanhada por uma forte inquietação vocacional e, procurando o pároco da paróquia, à época, conversei, pela primeira vez, sobre o chamado ao sacerdócio. O mesmo, com sua acolhida e incentivo, pode me apresentar para os encontros vocacionais da Arquidiocese de Fortaleza. Assim, ouvindo os apelos de Deus, através da oração e do acompanhamento vocacional, iniciei o processo formativo no seminário arquidiocesano no dia 25 de janeiro de 2015. Transcorridos os anos de formação, fui ordenado diácono no dia 08 de dezembro de 2023.

Hoje, enquanto diácono, exerço o ministério na Paróquia Santuário Santa Teresinha do Menino Jesus, em Chorozinho, e no Tribunal Eclesiástico Regional e de Apelação do Ceará.

  • Diácono Henrique Melo Soares

Lema sacerdotal: “Me separou desde o ventre materno e me chamou por sua graça”. Gl 1,15

Primeira Missa: Igreja Matriz de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Jereissati I, Maracanaú, CE

Dia: 30/08/2024, 18h30

Paróquia de Origem: Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Jereissati I, Maracanaú (CE)

Henrique Melo Soares, filho de Luciano Barbosa Soares e Miriam Melo Soares, nasceu em Fortaleza – CE, no dia 06 de maio de 1983. Desde a adolescência sempre participou das atividades paroquiais. Após o ensino médio, feito o discernimento vocacional, ingressou na Arquiabadia de São Sebastião da Bahia – Mosteiro de São Bento da Bahia – em 2005, sendo admitido ao noviciado beneditino no dia 22 de fevereiro de 2006.

Aprofundando o seu discernimento vocacional, deixou livremente a Ordem de São Bento em 2008 e regressou para Fortaleza. Tendo sua família se mudado para o Município de Maracanaú – CE em 2009, engajou-se na Paróquia Nossa Sra. do Perpétuo Socorro, no bairro Jereissati I, servindo em várias pastorais. Após discernimento vocacional acompanhado pelo pároco da época e pela Promotoria Vocacional Arquidiocesana, ingressou no Seminário da Arquidiocese de Fortaleza em 2014, onde cursou Filosofia e Teologia pela Faculdade Católica de Fortaleza entre os anos de 2015 a 2022.

No processo formativo, passou por várias paróquias onde vivenciou a prática pastoral. Concluindo as etapas formativas, foi enviado em estágio pastoral para o Município de Barreira – CE em 2023. Nesse mesmo ano, concluiu Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Matrimonial e Processual Canônico pela Faculdade Católica de Fortaleza e Direito Patrimonial Canônico pela Faculdade de Direito Canônico São Paulo Apóstolo – São Paulo – SP. Após a ordenação diaconal, recebeu provisão canônica para a Paróquia São Pedro em Barreira e provisão canônica de Juiz Auditor do Tribunal Eclesiástico do Ceará.

  • Diácono João Paulo Nascimento da Silva

Lema sacerdotal: “Basta-te a minha graça”. 2Cor 12,9

Primeira Missa: Igreja Matriz de Nossa Senhora da Penha, Maranguape, CE

Dia 27/08/2024, 19h

Paróquia de origem: Paróquia Nossa Senhora da Penha, Maranguape (CE)

Filho de Paulo Cézar Ferreira da Silva e Eliane Nascimento da Silva, nascido no município de Maranguape em 17 de setembro de 1992. Nos anos de 2011 a 2014 foi catequista de crisma em sua paróquia de origem, onde despertou o chamado a vocação sacerdotal. Realizou seu processo vocacional nos anos de 2013 e 2014, ingressando no seminário no dia 25 de janeiro de 2015. A síntese vocacional, estágio, foi realizada na Paróquia Nossa Senhora da Conceição em Cascavel, CE, e ainda hoje permanece nessa mesma paróquia exercendo seu ministério diaconal.

  • Diácono John Lennon Ferreira de Alencar

Lema Sacerdotal: “Eis que estou convosco todos os dias até a consumação dos séculos” (Mt 28,20)

Primeira Missa: Paróquia/Santuário Santa Teresinha do Menino Jesus, Chorozinho, CE

Data: 01/09/2024, 18h

Paróquia de origem: Paróquia/Santuário Santa Teresinha do Menino Jesus, Chorozinho (CE)

Iniciou sua caminhada na Igreja aos 8 anos de idade, participando do grupo do Terço dos Homens, depois de fazer a Primeira Eucaristia engajou-se em outras pastorais da Paróquia como a Legião de Maria, a Pastoral do Dízimo, a Juventude Missionária e a catequese até começar a fazer os encontros vocacionais na Arquidiocese de Fortaleza para um maior discernimento da vocação sacerdotal, que Deus suscitava em seu coração.

  • Diácono José Augusto Leitão Brasileiro

Lema sacerdotal: “Adveniat Regnum Tuum” (Mt 6,10)

Primeira Missa: Igreja Matriz de Jesus, Maria e José, Antônio Bezerra, Fortaleza, CE

Dia 24/08/2024, 18h30

Paróquia de origem: Paróquia Jesus, Maria e José, Antônio Bezerra, Fortaleza (CE)

José Augusto é o segundo, de três filhos, do casal Bartolomeu Brasileiro de Mesquita (in memoriam) e Regina Lúcia Leitão Brasileiro. Nascido em família católica, desde cedo aprendeu a amar Jesus e a Igreja. Quando criança, brincava de rezar a missa. Tomado de zelo pelas coisas de Deus, aos 9 anos de idade, ingressou no grupo de Coroinhas, onde permaneceu até os 18 anos.

O desejo inocente daquela criança que dizia que queria ser padre foi, aos poucos, se tornando uma realidade. De 2015 a 2022 vivenciou seu processo formativo nos Seminários Arquidiocesanos e, no ano de 2023, realizou seu Ano Síntese Vocacional na Paróquia Nossa Senhora da Imaculada Conceição, em Redenção, onde vivenciou os seus primeiros dias de ministério ordenado, assistiu ao seu primeiro matrimônio e celebrou os seus primeiros batizados.

Após um mês de ordenação diaconal, aos 08/01/2024, recebeu de Dom Gregório Paixão a missão de colaborar na Paróquia Nossa Senhora da Saúde, Praia da Caponga, Cascavel-CE, onde vivenciou o seu estágio diaconal. O seu desejo é colaborar na edificação do Reino de Deus, a fim de que todos conheçam e amem Jesus Cristo.

  • Diácono José Roberto Barbosa Guilhermino

Lema sacerdotal: “Manete in dilectione mea.” Jo 15,9

Primeira Missa: Paróquia Santo Antônio de Pádua, Jardim Iracema, Fortaleza, CE

Dia 29/08/2024, 19h

Paróquia de origem: Paróquia Santo Antônio de Pádua, Jardim Iracema, Fortaleza (CE)

Sou filho de José Maria Guilhermino de Oliveira e Jogilene Barbosa Menezes. O meu processo vocacional iniciou quando comecei a participar do grupo de coroinhas da minha paróquia de origem, logo após eu ter feito a minha primeira comunhão. Por meio desse serviço fui me aproximando cada vez mais da vida da Igreja. Com o passar dos anos fui me engajando em diversas pastorais e serviços como catequese, crisma, leitores.

Nos meus 14 anos já não tinha outra vida senão estar na igreja servindo a Deus na vida da comunidade! A proximidade com o sacerdócio do meu pároco Pe. Fantico (in memoriam) me levou a um encantamento pelo dom da vocação, a sua doação incansável pela vida pastoral, o cuidado para com os fiéis e pela evangelização, o zelo litúrgico e a transmissão verdadeira da catequese de nossa, foram motivos que me levaram a aprofundar o chamado que ressoava em meu interior. E partilhando com este sacerdote expressei o desejo de querer ser padre, de doar a minha vida, de me parecer mais com Cristo.

Em 2013 aconteceu o trágico evento familiar da morte do meu irmão, que me levou a buscar com mais determinação a viver o chamado que Deus me fez. No ano de 2014, inicio os encontros vocacionais por meio da indicação do Pároco e no ano seguinte inicio o processo formativo na Arquidiocese de Fortaleza.

  • Diácono Manuel Rodrigues Frutuoso Júnior

Lema sacerdotal: “Domine tu omnia scis tu scis quia amo te” (Jo 21,17)

Primeira Missa: Igreja São Francisco de Assis, Passaré, Fortaleza, CE

Dia 28/08/2024, 19h

Paróquia de origem: Paróquia Mãe Santíssima, Parque Dois Irmãos, Fortaleza (CE)

Nascido em 12 de novembro de 1992, em Fortaleza-Ceará. É o mais novo de 7 filhos, aprendeu em casa a importância da fé, através de seus pais, homem e mulher tementes a Deus. Sua fé se desenvolveu ao longo de sua caminhada na Paróquia Mãe Santíssima (paróquia de origem), no Bairro Parque Dois Irmãos, local onde foi catequista. Após um período de discernimento, ingressou no seminário em janeiro de 2015, aos 22 anos.

  • Diácono Matheus dos Santos Braga

Lema sacerdotal: “O Senhor é a parte da minha herança”. Sl 15,5

Primeira missa: Shalom da Paz, Aldeota, Fortaleza, CE

31/08/2024, 18h

Comunidade de origem: Shalom da Paz, Aldeota, Fortaleza (CE)

Sou filho de Manuel Cholô Braga Neto e Pressulina Neta dos Santos Braga, natural do Rio de Janeiro. Com 3 anos me mudei para o Ceará e me criei em Fortaleza. Minha história vocacional começou por volta dos meus 15 anos de idade, quando tive dois sonhos que me marcaram profundamente, sendo um com São João Paulo II e o outro com a Virgem Maria. Depois, aos meus 18 anos, fui convidado para participar de um retiro de um grupo de oração da Comunidade Shalom. Estando lá, no dia 13 de Novembro de 2010, por volta das 16h, tive a minha experiência pessoal com Deus e com Seu infinito amor por mim.

Neste período, surgiu em mim uma vontade de conhecer sempre mais esse Deus tão amoroso. Passei a frequentar os grupos de oração da Comunidade Shalom, ação esta a qual teve como grande incentivadora a minha mãe. Em uma determinada ocasião, eu estava participando de uma Santa Missa, quando vi a procissão de entrada e nela o sacerdote caminhando rumo ao altar. Esta cena me atraía como uma espécie de “imã”, tratando-se, na realidade, do próprio Deus a me convidar para o seguir num sacerdócio missionário e por amor a Ele e ao Seu Reino deixar tudo.

Durante o Diaconato, experimentei ainda mais da misericórdia do Pai, este oceano sem fim…

Com alegria, dou-me a Ele, para que, por meio do meu nada, Ele encontre espaço neste mundo, a fim de realizar Sua obra de Salvação na vida de Seus filhos.

  • Diácono Victor Macêdo Hernández

Lema sacerdotal: Jesus fixou nele o olhar, amou-o. Mc 10,2

Primeira missa: Shalom da Paz, Aldeota, Fortaleza, CE

01/09/2024, 18h

Comunidade de origem: Shalom da Paz, Aldeota, Fortaleza (CE)

Nasci em uma família na qual meus pais (Jesus Hernández e Célia Maria Macêdo) e parentes me transmitiram o dom da fé. Estudei em uma escola católica, e lá fiz a preparação para a Primeira Comunhão e a Crisma. Foram momentos de grande graça.

Mesmo diante desse contexto, acreditava que Deus ainda era distante de mim. Tudo mudou quando, em julho de 2008, fui convidado para participar de um Acampamento de Jovens promovido pela Comunidade Católica Shalom. Durante aqueles dias, mais precisamente no dia 17, por volta das 16:30, em um momento de adoração, senti-me amado de uma forma nunca experimentada antes, com um amor forte, vivo e que me aceita como sou. Como ele havia feito com o jovem rico do evangelho, Ele fixou o olhar em mim e me amou.

Depois disso, engajei-me em um grupo de oração e no serviço a outros jovens. Descobri assim que Deus me chamava para deixar meus planos pessoais e abraçar a vida missionária. Após os meus primeiros votos, percebi que Deus queria me dar um outro presente: Ele me chamava a ser sacerdote, para levar o seu Amor a todos e para viver a Sua Vida com todos os seus desafios e graças.

Tendo experimentado a Sua Misericórdia infinita, agora dou a Jesus o meu ser e a minha vida, para que por meio da minha pobreza e do meu ministério, Ele continue a fixar o olhar em seus filhos, a amá-los e a perdoá-los.

Rezemos por esses irmãos que assumirão o ministério sacerdotal, a fim de que, fortalecidos pela graça de Deus, possam testemunhar o Evangelho de Cristo em espírito sinodal e fraterno, comprometidos com o verdadeiro e Sumo Bem.

Respostas de 6

  1. Santíssima Trindade ilumine esses futuros novos sacerdotes para que abracem sua vocação e exercem com fé e honra sua nova e eterna caminhada de sacerdotes da Igreja de Cristo.

  2. Glória a Deus.
    Que Jesus os abençoe e os conforte e conduza no seu ministério. Sacerdote para sempre E que Nossa Senhora os proteja os guardes dentro do coração. Parabéns! Pela santa vocação . Conte com minha orações por todos. Amém

  3. Um dia – há muitos anos – ouvi da boca de Padre Jonas Abib, fundador da Canção Nova e grande profeta dos nossas tempos, que Fortaleza seria um grande celeiro de vocações para o Brasil e para o mundo. Isto se concretiza a cada anos com a ordenação de tantos sacerdotes. Contem com as orações, minha e de minha família, pelo apostolado de cada um e uma vida de santidade com Jesus e Maria.

  4. Deus os abençoe com a luz do Espírito Santo com sabedoria,discernimento e muita humildade.

Faça a sua pesquisa

Os cookies nos ajudam a entregar nossos serviços. Ao usar nossos serviços, você aceita nosso uso de cookies. Descubra mais