Brasão da Arquidiocese de Fortaleza

Dom Gregório Paixão, OSB, ordena 16 novos diáconos permanentes

No dia 10 de agosto, memória litúrgica de São Lourenço, diácono e mártir, às 19h, na Catedral Metropolitana de Fortaleza, serão ordenados 16 novos diáconos permanentes pela Imposição de Mãos e Oração Consecratória de Dom Gregório Paixão, OSB, Arcebispo Metropolitano de Fortaleza. A cerimônia será transmitida pelo YouTube arquidiocesano.

Os clérigos que forem concelebrar devem levar paramentos vermelhos.

Diaconato permanente

O diácono permanente é um ministério que remonta aos primórdios da Igreja. Sete homens “de boa reputação, repletos do Espírito de sabedoria” (At 6,1-6) foram escolhidos como os primeiros diáconos. As primeiras orientações sobre a formação dos diáconos e o estatuto jurídico foram propostas por São Paulo VI em 1967, e retomadas pelo Código de Direito Canônico em 1983.

Os diáconos permanentes são pais de família, com vida matrimonial estável, com mais de 35 anos. Só podem ser admitidos candidatos que participem ativamente da comunidade, com uma boa caminhada formativa e espiritual, e que sejam aceitos pelos irmãos da comunidade. A esposa do candidato deve concordar e participar ativamente.

Conheça a história vocacional dos candidatos:

Antonio Gleylson Menezes Albuquerque

Lema: “Tive fome e me deste de comer. Tive sede e me deste de beber”. (Mt 25, 35)

Antonio Gleylson Menezes Albuquerque nasceu no dia 5 de fevereiro de 1985, na cidade de Coreaú (CE), filho de Francisco Abreu de Albuquerque e Maria Gorete de Menezes Albuquerque, casado com Samile Maria Moreira Menezes em 24 de janeiro de 2010 na Paróquia Nossa Senhora da Piedade, Coreaú (CE), pai de Ana Sophia Moreira Menezes e Gabriel Moreira Menezes Albuquerque. Sua Paróquia de origem é Santo Antônio de Pádua – Granja Portugal e faço estágio pastoral na Paróquia Jesus, Maria, José, Antônio Bezerra em Fortaleza.

Minha caminhada vocacional iniciou logo após receber o sacramento da crisma, quando passei a participar ativamente da Capela Santa Luzia na Granja Portugal. Durante muito tempo ajudei a capela em diversas necessidades, até ser chamado para ser Ministro Extraordinário da Sagrada Comunhão e depois de algum tempo ajudar na coordenação dos ministros na Região Episcopal Nossa Senhora da Assunção.

Em 2012 o Vigário Episcopal, padre Glailson William Ribeiro e meu pároco padre Rivaldo Feitosa me apresentaram o Diaconato Permanente e me convidaram para entrar na caminhada rumo ao diaconato.
Após doze anos de vivencia na escola diaconal, superando diversos desafios e dificuldades pessoais e vocacionais, tive a grande graça de ser escolhido para ser Servo do Senhor na sua grande messe.

Antonio Jairton de Goes Braga

Lema: “Sem mim nada podeis fazer”. (Jo 15,5)

Paroquia de origem: Imaculado Coração de Maria, Henrique Jorge, Fortaleza.

Jairton Braga, nascido em 28 de agosto de 1969, em Fortaleza (CE). Filho de José Gonçalves Braga e Maria Rocilda de Goes Braga (in memória). Casado com Márcia Maria dos Santos Amorim desde 25 de agosto de 1996, pai de Letícia Julieta e Sávio Lucas. Paróquia de origem Imaculado Coração de Maria – Henrique Jorge, onde fui coroinha (acólito), coordenador de capela e formador.

E atualmente com minha esposa somos membros do Encontro de Casais com Cristo (ECC) e apoio para o Encontro de Jovens com Cristo (EJC). A Paróquia Nossa Senhora de Fátima – Genibaú, que me encaminhou para o Diaconato Permanente em 2017 e é onde estou fazendo meu estágio pastoral.

Antônio Rodrigues dos Santos

Lema: “Somos simples servos, fizemos apenas o que devíamos fazer”. (Lc 17, 10b)

Paróquia de origem: Paróquia de origem é São Francisco de Assis, Canindezinho, Fortaleza.

Antônio Rodrigues dos Santos, nasceu em 3 de agosto de 1974, em Fortaleza – CE, tendo como genitores Sebastião Rozeno dos Santos e Dionizia Rodrigues dos Santos, casado há 13 anos com Rosa Helena do Nascimento Cirino Rodrigues, tendo como filhos, Felipe Nascimento Almeida e Levi Nascimento Rodrigues.

Paróquia de origem é São Francisco de Assis no bairro Canindezinho e também a de estágio pastoral, onde colabora pastoralmente no Ministério Extraordinário da Palavra (MEP), ECC, Liturgia, Pilar da Palavra, Conselho Missionário Paroquial e no acompanhamento da Pastoral Familiar.

Cláudio Carvalho da Silva

Lema: “Nunca falte a vocês o zelo, sejam fervorosos no espírito, servindo sempre ao Senhor”. (Rm 12,11)

Paróquia de origem: Paróquia São Francisco de Assis, Tapera, Aquiraz.

A minha missão na Igreja começou aos 16 anos, após participação em Seminário de Vida no Espírito Santo, e ingresso no Grupo de Jovens Coração de Maria, na Paróquia da Tapera. Ainda na adolescência, coordenei outro grupo de oração, o Sagrado Coração de Jesus.

Participei de diversos movimentos e pastorais, como catequista de Crisma, na Pastoral do Batismo, e, no início da fase adulta, como membro fundador do Ministério de Música Novo Tempo, no qual sirvo até os dias atuais.

Com o passar do tempo, fui chamado por Deus para águas mais profundas, tendo sido convidado a ser Ministro Extraordinário da Palavra, e Ministro Extraordinário da Sagrada Comunhão, ocasião em que pude crescer na fé e no conhecimento e amor a Jesus Cristo. Minha vocação nasceu da profunda necessidade de servir, de forma amorosa e obstinada, a Deus e aos irmãos.

No final de 2017, iniciei, na Escola Diaconal, minha caminhada rumo ao Diaconato Permanente.

Dimitrios Benevides da Costa

Lema: “O maior entre vocês deverá ser servo”. (Mt 23,11)

Paroquia de origem: Santo Antônio de Pádua, Jardim Iracema, Fortaleza.

Dimitrios Benevides da Costa nasceu no dia 25 de agosto de 1965 na cidade de Fortaleza (CE). Filho de José Benevides da Silva e Cecília Ferreira da Costa. Casado com Janete Souza Benevides, casamento civil realizado em 16 de janeiro de 1987 e recebemos o sacramento do matrimônio em 31 de janeiro de 1987 na Paróquia Nossa Senhora da Saúde, Mucuripe. Somos pais de Moisés Souza Benevides, de Lis Souza Benevides e de Pietro Galdino Salustiano.

Minha caminhada na Igreja começou desde criança na Igreja de São Pedro na Praia de Iracema como coroinha, minha paróquia natal, porém com grande desejo no coração à vida religiosa.

Em 1985 conheci minha esposa. Em 1987 nos casamos e fomos para o Shalom. Em 1991 fundamos o grupo da renovação carismática chamado Siloé. Em 1996 mudamos para o bairro Jardim Iracema.

Em 1998 fizemos o 14º Encontro de Casais com Cristo (ECC). Fomos da equipe dirigente 1ª Etapa como Casal Palestra na Paróquia de São Pedro e São Paulo, Quintino Cunha. Fomos Casal Pós Encontro na Paróquia Santo Antônio de Pádua, Jardim Iracema. Em seguida fomos Casal Palestra também na Paróquia Santo Antônio de Pádua, Jardim Iracema. Fomos Casal Setorial do Setor III A da Região Episcopal Nossa Senhora da Assunção e assessor do Casal Arquidiocesano, além de palestrar em todo o setor.

Em 2010 fomos investidos Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão (MESC) sempre atuando na catequese de crianças, jovens e adultos, colaborando na articulação e formação das pastorais.

Meu desejo vocacional ao diaconato permanente se deu pelo convívio com os padres lazaristas do Seminário de São Vicente de Paulo em Antônio Bezerra. Dei início, enviado pelo Padre Fantico Borges (in memoriam), ao processo vocacional na Escola Diaconal em 2012 na Arquidiocese de Fortaleza. Em 23 de agosto de 2023, formei-me Bacharel em Teologia na Faculdade Católica de Fortaleza (FCF).

Meu primeiro estágio pastoral se deu na Paróquia Nossa Senhora das Graças e São Pedro, Tabuba, Caucaia, dedicando-me na celebração da Palavra, formação pastoral e atuando na Cáritas Paroquial e Pastorais Sociais. Meu segundo estágio está ocorrendo na Paróquia Santo Antônio de Pádua, Jardim Iracema, Fortaleza, contribuindo nas formações pastorais, celebração da Palavra e na direção espiritual dos Ministros Extraordinários da Palavra (MEP’s).

Diolênio Alves Maia

Lema: “O Verbo se fez carne e habitou entre nós”. (Jo 1,14a)

Paróquia de origem: Nossa Senhora da Conceição, Conjunto Ceará, Fortaleza

Diolenio Alves Maia, nasceu no dia 25 de fevereiro de 1981, na cidade de Fortaleza-CE, filho de Manoel de Castro Maia e de Aldenora Alves Maia, casado com Kátia Cipriano Spinosa Maia em 5 de março 2005 na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, Conjunto Ceará, pai de João Gabriel Spinosa Maia e de Anne Gabriela Spinosa Maia.

Paróquia de origem, Nossa Senhora da Conceição, Conjunto Ceará, Fortaleza – CE, atualmente exerce o estágio pastoral na Paróquia Santo Antônio de Pádua, Granja Portugal, Fortaleza.

Ermesson Vasconcelos do Nascimento

Lema: “Chamaste-me, aqui estou!” (1Sm 3,4)

Paróquia de origem: São Francisco de Assis, Vila Velha, Fortaleza.

Ermesson Vasconcelos do Nascimento, nasceu em 20 de junho de 1980, em Fortaleza (CE). Filho de Raimundo Ribeiro e Rita Neide Vasconcelos e casou-se com Inácia Maria Barros do Nascimento, em 6 de agosto de 2011 na Paróquia São Francisco de Assis, Vila Velha, pai de Lucas Victor Barros do Nascimento, Gabriel Victor Barros do Nascimento e Amanda Victória Barros do Nascimento.

A Paróquia de origem do candidato diaconal é São Francisco de Assis, Vila Velha, e exerce o estágio pastoral em sua mesma Paróquia de origem.

Gino da Silva Bento

Lema: “O Espírito do Senhor repousa sobre mim, porque o Senhor consagrou-me pela unção; enviou-me a levar a boa-nova aos humildes”. (Is 61,1)

Paróquia de origem: Jesus Maria e José, Centro, Beberibe.

Gino da Silva Bento, nasceu no dia 11 de janeiro de 1973, na cidade de Jaguaribe (CE), filho de Pedro Elias Bento e de Marieta do Nascimento Silva. Casado com Maria Lucilene da Costa Bento, em 06 de abril de 2002, na paróquia Jesus Maria e José em Beberibe Ceará.

Pai de Gian da Costa Bento, Luan Gerardo da Costa Bento e Kauan da Costa Bento. Paróquia de origem, Jesus Maria e José, em Beberibe na Região São Pedro e São Paulo (Região Praia), onde faço atualmente o estágio pastoral.

Hemerson Jorge Barbosa

Lema: “Faça-se em mim segundo a tua Palavra”. (Lc 1,38b)

Paróquia de origem: Mãe Santíssima, Parque Dois Irmãos, Fortaleza.

Nasci em Ipaumirim, Ceará, filho de Maria Salete e Domingos Barbosa (in memoriam). Esposo de Elika Monteiro e pai de Laís Maria e Rafael Levi.

A minha vocação começou aos 16 anos ao fazer parte da liturgia da capela Mãe Santíssima, que fazia parte da Paróquia Santíssima Trindade, onde me engajei ativamente, servindo também na catequese, MESC e Encontro de Casais com Cristo.

Em 2010 a capela tornou-se matriz da nova Paróquia Mãe Santíssima, situada no parque Dois Irmãos. Passou a servir como MEP e recentemente na Pastoral Judiciária.

No final de 2017 iniciei a caminhada diaconal ao ser indicado pelo pároco da época na Escola Diaconal da Arquidiocese. Com a graça de Deus permaneço nessa caminhada vocacional, preparando-me para exercer bem esse ministério, para anunciar o Evangelho, servir na liturgia de acordo com a função e dando atenção especial aos mais pobres e sofredores, como expressão viva da Igreja servidora.

João Fábio Ribeiro Silva

Lema: “Eis que venho! Com prazer faço a vossa vontade!” (Sl 39(40), 8-9)

Paróquia de origem: São Francisco de Assis, Canindezinho, Fortaleza.

João Fábio Ribeiro Silva, nasceu em 18 de junho de 1979, em Aracati (CE), filho de João Batista da Silva e Maria de Lourdes Ribeiro Silva. Casado há 14 anos com Rejania Antônia Campos Oliveira e pai de Lara Beatriz Campos Ribeiro.

A Paróquia de origem é São Francisco de Assis, Canindezinho e também a de estágio, onde colaboro pastoralmente no Ministério Extraordinário da Palavra (MEP), Pastoral da Liturgia, Pastoral dos Coroinhas, na formação dos catequistas e na comunidade Santo Expedito.

João José Torres Maia

Lema: “E a esperança não decepciona, porque o amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.” (Rm 5,5)

Paróquia de origem: São José, Vila Pery, Fortaleza

João José Torres Maia, nasceu em 25 de junho de 1964, na cidade Pacatuba (CE). Filho de Pedro Alves Maia e de Isaura Torres Maia, casado com Lucimary Fernandes em 24 de dezembro de 1993, pai de João Pedro e Ana Júlia. Paróquia onde é engajado: São José, Vila Pery.

Atividades desenvolvidas: Catequista de Crisma, Ministro Extraordinário da Palavra (MEP), Terço dos Homens, Liturgia, Ministro da Sagrada Comunhão (MESC) e formador.

No Encontro de Casais com Cristo (ECC), fui casal dirigente 1ª Etapa. Casal Setorial do Setor 2A, casal assessor do casal Arquidiocesano, casal coordenador geral, (implantação) nas Paróquias de: Santa Cecília (Bom Jardim); De São José (Bela Vista-Canindé); Nossa Senhora das Dores (Otávio Bomfim); São Francisco de Assis (Quintino Cunha); São João Batista (Santo Amaro); Cristo Rei (Putiú-Baturité); Palestrante em encontros de 1ª, 2ª e 3ª Etapas em todas as nove Regiões da Arquidiocese de Fortaleza, com diversos temas, além de pregações em retiros.

Na Região Bom Jesus dos Aflitos coordenador/Formador do Ministério da Palavra, Coordenador da Equipe de Liturgia da Região, formador em diversas Paróquias e em outras Regiões referente a Liturgia, representante da Região na equipe de Liturgia do Regional Nordeste 1-CNBB.

Na Arquidiocese de Fortaleza colaboro na Liturgia; Equipe do Sínodo Arquidiocesano (2021-2024) e atualmente Comissão dos Pilares, (Pilar do Pão).

José Edmar de Freitas Alves

Lema: “Eu, porém, estou no meio de vós como aquele que serve!” (Lc 22, 27)

Paróquia de origem: São Gonçalo do Amarante, Centro, São Gonçalo do Amarante

José Edmar de Freitas Alves, nascido em 10 de julho de 1975 na cidade de Fortaleza (CE). Filho de Paulo Rufino Alves e Francisca de Freitas Alves, casado com Darlene da Silva de Freitas. Recebemos o Sacramento do Matrimônio em 26 de junho de 2010 na capela São Pedro, em nossa comunidade de origem, Umarituba, Paróquia São Gonçalo do Amarante. Somos os pais de Gabriel da Silva de Freitas e Luiz Gustavo da Silva de Freitas.

Fui enviado à escola diaconal em agosto de 2012, pelo então pároco Pe. Marcílio Jerônimo, pároco atual Pe. Dênis Acácio.

Ano que também ingressei na Faculdade Católica de Fortaleza no curso de Teologia, concluindo bacharel em teologia em agosto de 2023. Paróquia de estágio pastoral: Paróquia São Luis Gonzaga, Pecém, pároco Pe. José Linhares, ambas as paróquias situadas na cidade de São Gonçalo do Amarante, (CE).

Meu despertar vocacional deu-se em 2007 quando participava do movimento Terço dos Homens, daí então abracei a fé e o serviço tendo como fonte de inspiração a vida e ensinamentos de Cristo e de sua mãe Maria Santíssima. Em 2010 fui investido Ministro Extraordinário da Sagrada Comunhão (MESC), onde conheci as realidades ao meu redor e o desejo do serviço foi cada vez mais alargado.

Sempre buscando ir ao encontro dos que mais sofrem, me dedico na boa parte do tempo à oração e ao atendimento aqueles que passam por dificuldades sobre tudo os que não tem o que comer.

Agora sigo o caminho para a Ordenação Diaconal no desejo de servir com alegria. Minha maior incentivadora na caminhada vocacional é minha esposa e nossos filhos. Minha família é o tesouro que Deus me presenteou.

José Valter Menezes de Freitas

Lema: “Eu, porém, estou no meio de vós como aquele que serve!” (Lc 22,27).

Paróquia de origem: Nossa Senhora das Graças, Parque Potira, Caucaia.

Minha vocação na Igreja começou aos 10 anos de idade. Participando nos grupos de jovens depois na catequese na Paróquia de origem, mas tudo iniciou com a primeira comunhão. Posteriormente fui crismado na mesma Igreja.

Na adolescência, me envolvi ativamente nas pastorais, destacando-me no meio juvenil, mais tarde fui para Catequese, depois o MESC e Apostolado da Oração. Estes movimentos abriram um despertar para o serviço da Igreja.

Casei com Jaqueslane Sousa Menezes, mas o amor pela Sagrada Escritura desenvolveu profundo chamado por Jesus Eucarístico e ao próximo. Vendo a necessidade das pessoas e vendo em nós a possibilidade de alguma resposta no meio de desfeitos e desordens. Estou a caminho para Ordenação Diaconal para o mistério de Deus.

Luis Klewber de Oliveira Batista

Lema: “Eu vim não para ser servido, mas para servir.” (Mc, 10, 45)

Paróquia de origem: Nossa Senhora da Paz, Aldeota, Fortaleza.

Luís Klewber de Oliveira Batista nasceu em 06 de janeiro de 1966, na cidade de Fortaleza (CE). Filho de Geraldo Batista Lima e de Maria Salete de Oliveira Lima, casado com Terezinha Gonçalves de Oliveira Batista, desde 27 de junho de 1992, pai de Tales Luís de Oliveira Batista e de Eduardo Luís de Oliveira Batista.

A Paróquia de origem, Nossa Senhora da Paz, no bairro Aldeota. Atualmente, faz estágio pastoral na referida Paróquia.

Ricardo Vale Albino Oliveira Filho

Lema:Fiat voluntas tua, sicut in caelo, et in terra“. (Mt 6,10).

Paróquia de origem: Nossa Senhora de Lourdes, De Lourdes, Fortaleza.

Ricardo Vale Albino Oliveira Filho nasceu em 18/03/1984 na cidade de Fortaleza (CE). Filho de Ricardo Vale Albino Oliveira e de Regina Silvia Almeida Oliveira, casado com Gisele Lima Vasconcelos Albino desde 07/03/2009, pai de Alice Maria Vasconcelos Albino.

A paróquia de origem, Nossa Senhora de Lourdes, no bairro de Lourdes, é a mesma onde celebrou o matrimônio e o estágio pastoral.

Nesta mesma paróquia, serviu nas pastorais do Batismo, Acolhida e Ministério de Música, além dos serviços junto aos Ministros da Eucaristia, Leitores e Acólitos. Recebeu do Arcebispo Dom José Antonio o Rito de Admissão às Ordens Sacras em 11 de junho de 2022, o Ministério de Leitor em 30 de novembro de 2022 e o Ministério de Acólito em 30 de novembro de 2023.

Severino do Ramo de Sousa

Lema: “É necessário que ele cresça e eu diminua.” (Jo. 3,30)

Paróquia de origem: São José, Edson Queiroz.

Severino do Ramo de Sousa, nasceu em 19 de março de 1959, em Brasília (DF), filho de José Francisco de Sousa e de Rosa Floriano de Sousa.

Casado desde de 26 de novembro de 2005, com Maria José Souza do Nascimento Ramo, na Paróquia São José, bairro Edson Queiroz, Fortaleza.

A Paróquia de origem do candidato é São José, Edson Queiroz onde exerço o estágio pastoral.

Com o engajamento pastoral, fui adquirindo mais maturidade na coordenação da pastoral do Crisma e da coordenação da Pastoral Familiar Isso me fez cada vez mais a me ofertar a Santa Igreja Católica.

*Os testemunhos foram enviados pelos candidatos ao diaconato permanente.

Respostas de 7

  1. Rezemos, todos, para que esses novos Diáconos Permanente de nossa Diocese, sejam um grande sinal de Deus em nossa Igreja, que se alicercem na humildade e no serviço aos mais pobres. DEUS SEJA SEMPRE LOUVADO!

  2. Estou muito feliz por esses homens de Deus 🙌 que Deus seja louvado em suas vidas 🙏 e aumente cada vez mais sua fé 🙌

  3. Deus seja Louvado para sempre. Oro pela nova vida de serviço e amor desses irmãos amados. Conheço bem o irmão João Fábio e o irmão Gino Bento, meus contemporâneos no seminário de filosofia. Em breve estarei também servindo a Jesus nessa caminhada com vocês. Aos demais recebam o meu carinho e meu abraço. Deus abençoe 🙌

  4. Muito feliz por você Gleylson Menezes, Jesus te chamou e você com o coração aberto e grato deu seu sim com muita vontade de continuar seu serviço a igreja e aos irmãos.
    Deus te cumule de muitas bênçãos

  5. ÓTIMO VAMOS DAR O MELHOR A DEUS.
    NOVOS SACERDOTES. PARA MELHORARMOS A EVANGELIZAÇÃO.

Faça a sua pesquisa

Os cookies nos ajudam a entregar nossos serviços. Ao usar nossos serviços, você aceita nosso uso de cookies. Descubra mais