Caminhada Penitencial

Tudo sobre a 13ª Caminhada Penitencial

Dom Gregório Paixão, OSB ordena 13 presbíteros para a Arquidiocese de Fortaleza

No dia 22 de dezembro, às 19h, dia da Dedicação da Catedral Metropolitana de Fortaleza, o arcebispo eleito Dom Gregório Ben Lâmed Paixão, OSB, ordenará pela imposição de suas mãos e oração consecratória 13 novos presbíteros para o serviço pastoral da Igreja Arquidiocesana de Fortaleza. A cerimônia será transmitida pelo Youtube da Arquidiocese.

Serão ordenados:

Diácono Dyrles Freire Marques

Paróquia de origem: Paróquia Santa Luzia, Meireles, Fortaleza
Lema: “Em atenção a tua palavra, lançarei as redes” (Lc 5,5b)
Missão atual: Paróquia São Francisco de Assis, Mangabeira, Eusébio
Primeira Missa: 28/12, 19h, na Matriz da Paróquia Santa Luzia, Meireles, Fortaleza

Trajetória vocacional:

Sendo filho de José  Severo Marques (in memoriam) e Francisca Fátima Freire Marques; Iniciei meu caminho de igreja no ano 2000, por meio do Grupo de oração da Comunidade Católica Missionária Elohim, na paróquia Cristo Redentor. Em 2003, ainda participando de grupo de oração, fui catequista de Primeira Eucaristia da Paróquia Cristo Redentor. Em 2009 comecei a participar dos grupos de oração da Comunidade Católica Shalom, onde coordenei alguns grupos e fui catequista de Crisma. Em 2012 iniciei os encontros vocacionais diocesanos. Em 2014 ingressei no seminário propedêutico da Arquidiocese. De 2015 a 2017 cursei Filosofia. De 2018 a 2021 cursei Teologia. Em 2022 cumpri o estágio de síntese   pastoral ,  e  atualmente exerço o meu diaconato com o pároco Padre José Aroldo da Paróquia São Francisco de Assis, Mangabeira – Eusébio.

Diácono Francisco Deusimar Andrade Albuquerque

Paróquia de origem: Paróquia Nossa Senhora da Paz, Aldeota, Fortaleza
Lema: “Já não vos chamo servos, mas amigos!” (cf. Jo 15, 15).
Missão atual: Paróquia São Francisco de Assis, Piquiá, Boca do Acre, AM
Primeira Missa: 23/12, 19h30, na Matriz da Paróquia Nossa Senhora da Paz,  Aldeota, Fortaleza

Trajetória vocacional:

Nascido em Sobral a 9 de Junho de 1991, o diácono Francisco Deusimar Andrade Albuquerque é neto de Francisco Eudes de Andrade e Francisca Marly Fonteles de Andrade; Luís Correia De Albuquerque  e Julia Apoliano Albuquerque; filho de Francisco Deusimar Apoliano Albuquerque e Antônia Marileudes Andrade Albuquerque. Sua família mudou-se para Fortaleza em 1997, quando ele contava 6 anos de idade, desde essa oportunidade que passaram a residir no território da Paróquia da Paz. Sendo caçula, tem dois irmãos e quatro sobrinhos. Batizado no primeiro ano de vida, e recebido a primeira eucaristia aos 10 anos, viveu um “catolicismo cultural” – sem conhecer com profundidade a fé. Passados 5 anos, durante a catequese de Crisma, no Colégio Christus, teve sua primeira experiência com Jesus durante uma adoração ao Santíssimo Sacramento no retiro, num sábado dia 23 de Setembro de 2006. Na quinta-feira seguinte ingressou no grupo de oração Elyon, da Obra Lumen de Evangelização, onde dedicou boa parte da sua adolescência em pregações, coordenação de grupos, ministérios e setores da comunidade. Foi na caminhada da comunidade e no serviço a Deus e a Jesus Abandonado presente nos pobres que descobriu sua vocação e desejou consagrar sua vida a Deus.

Aos 17 anos já tinha a firme decisão de ser consagrado a Deus, mas ainda não entendia com clareza o que isso significava. Em 2009 realizou a consagração total a Jesus por Maria, segundo o método de São Luís Maria Grignion de Montfort, que marcou profundamente sua espiritualidade mariana. Começou a experiência de Comunidade de Vida na Obra Lumen em Fevereiro de 2014 que durou três anos. Em seguida entrou no Seminário Arquidiocesano de Fortaleza Dom Aloísio Lorscheider, após dois anos de encontros vocacionais, o Padre Rafhael Silva Maciel acolheu-o no ano propedêutico, no ano de 2017, com 25 anos.

Já tendo cursado Bacharelado e Licenciatura em Filosofia, seguiu-se para curso de Teologia, onde concluíram o mestrado em Filosofia Política, no ano de 2019, curso que havia começado antes de entrar no seminário. Em 2021 concluiu a formação inicial em em vista do sacerdócio. Em 2022 fez estágio pastoral na Paróquia de São João Batista – Aruaru, Morada Nova, junto ao pároco Pe. Francisco Aderlane Freitas Carneiro. Ao final do ano de estágio, apresentou a Dom José o desejo missionário de dedicar seu ano de Diaconato na Paróquia São Francisco de Assis – Piquiá, Boca do Acre. Sua missão iniciou-se no começo de fevereiro deste ano. Seu pároco e vigário – Padre Igor Cristino Câmara e Padre Diego Marques Juaçaba – enriqueceram-no com um forte senso de fraternidade sacramental, salvação das almas, busca de santidade e ajudaram-no a crescer na “arte da celebração” litúrgica.

Passados 9 meses de missão, retorna a Fortaleza para as preparações imediatas da Ordenação Presbiteral, realizada a 22 de Dezembro de 2023, escolhendo por lema sacerdotal: “Já não vos chamo servo, pois o servo não sabe o que fazer o seu senhor; mas vos chamo amigo, pois vos dei a conhecer tudo que recebi de meu Pai” (cf. Jo 15, 15).

Diácono Gerdonnys Maia Rodrigues

Paróquia de origem: Paróquia São Luís Gonzaga, Pitombeiras, Cascavel
Lema: “Eduque o jovem no caminho a seguir e, até a velhice, ele não se desviará!” (Pr 22,6)
Missão atual: Área Pastoral Santo Antônio de Pádua, Caiçara, Canindé
Primeira Missa: Comunidade São Sebastião, Serra do Félix, Beberibe (CE), 1°/01/2024, 19h

Trajetória vocacional: 

O Diácono Gerdonnys Maia Rodrigues é o filho mais velho, de dois irmãos, do casal Antônio Liduíno de Freitas Rodrigues e Elizângela Honorato Maia Rodrigues, nascido em 17 de Março de 1993, na cidade de Beberibe (CE). Sua infância foi no distrito de Serra do Félix, junto a Comunidade São Sebastião, pertencente à Paróquia São Luís Gonzaga, Pitombeiras/Cascavel CE. Atualmente, administrada pela Paróquia Jesus Maria e José, Beberibe.

Aos doze anos decidiu ser padre. Com dezenove anos iniciou os encontros vocacionais na Arquidiocese de Fortaleza (2012-2013) Em 2014 ingressou no Seminário Propedêutico – no Bairro Henrique Jorge; De 2015 a 2017 Cursou Bacharelado em Filosofia, morando no Seminário São José de Filosofia, no Bairro Antônio Bezerra; De 2018 a 2021 Cursou Bacharelado em Teologia, morando no Seminário São José de Teologia: (05/03/2018 – Admissão às Ordens Sacras, 30/11/2019 – Ministério Leitorato – 28/11/2020 – Ministério Acolitato), no Bairro Castelão.

Em 2022 foi enviado para o Ano de Síntese Vocacional, na Área Pastoral Santo Antônio de Pádua, Caiçara-Canindé – (09/12/2022 – Ordenação Diaconal na Catedral Metropolitana de Fortaleza (CE) em 10/12/2022 – Uso de Ordem na Arquidiocese de Fortaleza  e em 23/12/2022 – Provisão Diaconal para a Área Pastoral Santo Antônio, Caiçara, Canindé); Em 2023 continua seus trabalhos pastorais e ministério diaconal, na Área Pastoral Santo Antônio de Pádua, Caiçara, Canindé.

Diácono Hemerson Italo Mendonça Dias

Paróquia de origem: Paróquia São José, Lagoa Redonda, Fortaleza
Lema: “Vivo autem Iam non ego. Vivit vero in me Christus.” (Gl 2.20)
Missão atual: Paróquia Bom Jesus dos Navegantes, Parajuru, Beberibe (CE)
Primeira Missa: Matriz da Paróquia Bom Jesus dos Navegantes, Parajuru, Beberibe, às 18h30

Trajetória vocacional:

Diácono Hemerson Italo Mendonça Dias, nasceu em Fortaleza/Ceará, no dia 23 de abril de 1994. Foi batizado no dia 8 de agosto de 1999, pelo Pe. Gilson Soares, na Igreja Matriz de São José. Aos doze anos, no dia 17 de dezembro de 2006, recebeu a primeira eucaristia. Sempre participou da vida da Igreja juntamente com sua família, mas o seu engajamento mais profundo aconteceu quando chegou à paróquia o Pe. Raimundo Leandro de Araújo (in memoriam). No paroquiato do Pe. Leandro recebeu o sacramento da confirmação.

Foi a partir do sacramento da crisma que começou a sentir mais profundamente o chamado de Deus em sua vida. Tornou-se mais engajado na vida eclesial e pôde fazer um acompanhamento vocacional com seu pároco, Pe. Leandro. O acompanhamento vocacional se deu por meio da proximidade e de exemplos da vida de um sacerdote, que se deixou interpelar pelo amor de Deus e entregou sua vida até o fim. 

Foi enviado ao seminário no ano de 2014, onde iniciou o processo formativo no seminário propedêutico, tendo sempre a consciência do crescimento da fé, da maturação humana e na abertura sincera a voz de Deus. Passou pela etapa do discipulado e da configuração buscando fazer a vontade de Deus e atento a voz da Igreja.  Após a conclusão do processo formativo foi enviado para o estágio pastoral, confiando e entregue nas mãos do Senhor. No dia 9 de dezembro de 2022 foi ordenado diácono para o serviço de Deus e da Igreja. Pode realizar seu estágio diaconal na Paróquia Bom Jesus dos Navegantes, em Parajuru, Beberibe.

Diácono João Paulo Lima Cordeiro

Paróquia de Origem: Paróquia Nossa Senhora da Conceição, Pacajus
Lema: ” […] concede-me a vida, eis o meu pedido, e a vida do meu povo, eis meu desejo” (Est 7, 3)
Missão atual: Paróquia São Miguel Arcanjo, Parque Albano, Caucaia
Primeira Missa: 29/12/2023, 19h, na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição, Pacajus

Trajetória vocacional:

Nascido no dia 4 de dezembro de 1994, sentiu desejo pela vocação sacerdotal desde a mais tenra idade. Foi coroinha em sua paróquia de origem, Nossa Senhora da Conceição, em Pacajus, na qual também realizou o Encontro de Jovens com Cristo (EJC), ambas realidades de grande importância em seu processo de discernimento. Além disso, também participava do grupo de jovens da Comunidade Católica Shalom.

Em 2014, aos 19 anos ingressou no seminário Propedêutico da Arquidiocese de Fortaleza, em 2015 ingressou no Seminário São José de Teologia e em 2018 no Seminário São José de Teologia.

Em 2022 foi enviado para realizar o processo de Síntese Vocacional na Paróquia São Miguel Arcanjo, Conjunto Novo São Miguel, no Bairro Parque Albano em Caucaia, no fim do mesmo ano, em 9 de dezembro foi ordenado diácono por Dom José Antonio Aparecido Tosi Marques

Diácono José Kleriston Hamilton Rodrigues

Paróquia de Origem: Paróquia São Pedro, Barra do Ceará, Fortaleza
Lema: “Fitando-o, Jesus o amou e disse: “Uma só coisa te falta: vai, vende o que tens, dá aos pobres e terás um tesouro no céu. Depois, vem e segue-me”. (MC 10, 21)
Missão atual: Paróquia São Pio X, Panamericano, Fortaleza.
Primeira Missa: 23/12, 9h, no CEPID (Av. Sen. Robert Kennedy, 128, Barra do Ceará) ao lado da capela Nossa Senhora de Fátima

Trajetória vocacional:

Nascido no dia 25/11/1984, natural de Fortaleza (CE). Filho de José Hamilton Rodrigues (in memoriam) e Maria Iris Rodrigues Carvalho é o quarto de seis filhos. Iniciou o processo de conversão no ano de 1996 quando aos 12 anos de idade buscava os primeiros sacramentos da vida cristã, a saber: batismo, crisma e eucaristia. Depois da recepção desses três sacramentos no dia 22/12/1996 na capela Nossa Senhora de Fátima numa missa presidida pelo padre Elton do Instituto Nova Jerusalém deu continuidade no processo de conversão através do engajamento no grupo de oração Nova Esperança pertencente a Renovação Carismática Católica. Com o passar do tempo e no serviço pastoral a sua paróquia que nesse período ainda era Área Pastoral da Barra do Ceará na administração do Pe. Lino Allegri vai adquirindo o amadurecimento na vivência eclesial. 

No ano de 2003, já tendo na sua paróquia de origem a presença dos Frades Agostinianos Recoletos decide realizar uma experiência vocacional juntos com os Filhos da Pobreza do Santíssimo Sacramento, popularmente conhecidos como Fraternidade Toca de Assis. Esse primeiro período vocacional se estendeu por seis anos. No ano de 2011 inicia um discernimento junto a diocese de Anápolis (GO). Nessa diocese realiza o propedêutico, o curso de filosofia no Seminário Maria Mater Ecclesiae (Legionários de Cristo) e o início do curso de teologia no Institutum Sapientiae (Ordem dos Cônegos Regulares da Santa Cruz). No ano de 2016 pede transferência para a Arquidiocese de Fortaleza sua diocese natal, sendo aceito dá continuidade no seu processo vocacional no propedêutico, no ano seguinte é admitido no curso de Teologia onde passa a residir no seminário São José – teologia. 

Realiza atividades pastorais, dentre outros afazeres próprio do estado de vida, na paróquia Mãe Santíssima (Passaré); Nossa Senhora das Graças e São Pedro (Tabuba – Caucaia); Área Pastoral São João Batista (Mucunã – Maracanaú) e Paróquia Nossa Senhora da Conceição (Conjunto Ceará). Terminando o processo acadêmico nesse período de formação inicial começa o período de síntese no ano de 2021: nesse ano realiza na paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus, Chorozinho (CE) por um período de seis meses; e na Paróquia Nossa Senhora da Penha, Maranguape (CE). No ano de 2022 continua no período de síntese na paróquia São Francisco de Paula, Aratuba (CE). Finalizando esse processo formativo com a ordenação diaconal no dia 09/12/2022 na Catedral Metropolitana de Fortaleza pelas mãos do Arcebispo Dom José Antônio Aparecido Tosi Marques. Atualmente está provisionado como diácono transitório na Paróquia São Pio X,  Pan Americano em Fortaleza.

Diácono José Paulo de Abreu Filho

Paróquia de origem: Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus Marechal Rondon, Caucaia
Lema: “Senhor fazei que eu não seja um servo inútil e fraco”. (Lc 17,10)
Missão atual: Paróquia Nossa Senhora das Graças, Ideal, Aracoiaba
Primeira Missa: Paróquia São Geraldo Majella – Planalto Caucaia, Caucaia, 30/12, às 17h30

Trajetória vocacional:

Por intermédio de minha mãe, desde os sete anos de idade comecei a participar da Santa Missa na minha Paróquia de origem, na época Área Pastoral. Todos os domingos, 8h da manhã, meus irmãos e eu, junto com minha mãe, guardávamos o mandamento na Missa das crianças. Graças às Irmãs dos Pobres de Santa Catarina de Sena, Irmãs Savinianas, na pessoa da Irmã Enide Porto de Souza (in memoriam), que colaboram até hoje na ação pastoral catequética e educacional na comunidade, conheci a Igreja e concretizei meus sacramentos da Iniciação à Vida Cristã. Fui coroinha, coordenador dos coroinhas, catequista de Crisma e nessa caminhada, já na juventude, comecei a questionar e rezar o meu chamado vocacional. Aos 16 anos já queria ser Padre, sem mesmo entender com tal idade todo o processo vocacional. Perseverante, aos 19 anos procurei entender o que é necessário para entrar no seminário, e entrei. Depois de altos e baixos, mas convicto no meu chamado vocacional, e com apoio de muitos que acreditaram e acreditam na minha vocação, em 2013 procurei o promotor vocacional da Arquidiocese de Fortaleza, Pe. Raphael Maciel, que prontamente me acolheu. Ali, no Seminário Propedêutico da Arquidiocese, em cada encontro vocacional, junto com outros irmãos que também buscavam corresponder sua vocação, percebi a presença de Deus e em 2015 disse SIM a vontade a esse grande Amor que dia a dia vou encontrando nos quantos irmãos e irmãs que encontro nas pastorais, nas comunidades, nas visitas aos enfermos e mais ainda na eucaristia.

Diácono Rafael Nascimento Rocha

Paróquia de origem: Paróquia São José, Lagoa Redonda, Fortaleza
Lema: “Miserando atque eligendo” – “O olhou com misericórdia e o elegeu” (Mt 9,9)
Missão atual: Paróquia Sagrada Família, Ocara
Primeira Missa: 27/12/2023, às 19h30, na Capela Santa Edwiges, Conjunto Curió, bairro Lagoa Redonda

Trajetória vocacional:

Hoje com 35 anos, o diácono transitório Rafael Rocha, nasceu na cidade de Fortaleza/CE aos 6/04/1988, filho de Francisco Sarmento Rocha (in memoriam) e de Marilene de Sousa Moreira. O seu chamado vocacional aconteceu paulatinamente com ações desenvolvidas na Comunidade Santa Edwiges, no Conjunto Curió, na Coordenação e como Ministro Extraordinário da Sagrada Comunhão (MESC). Um sentimento de cuidar dos outros foi sendo alimentado por essas ações. Mas também existia algo que ia e vinha à mente com frequência: “onde ou em que está o sentido da vida?”. 

Desse modo, com o passar do tempo, o Senhor o encontrou e se mostrou como o sentido de toda a sua existência humana. Ingressou no Seminário da Arquidiocese de Fortaleza em 2014, estrutura que o ajudou demais em entender os desígnios salvíficos do Senhor. Em 2017 concluiu os estudos filosóficos e em 2021 os teológicos. Sua Paróquia de origem é São José, Lagoa Redonda. Durante o período de seminário desenvolveu seu serviço pastoral nas paróquias: 2015 e 2016 – Paróquia Nossa Senhora da Imaculada Conceição (Taquara) em Caucaia; 2017 – Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Mondubim) e Capela Reitoria São Judas Tadeu (São Gerardo) em Fortaleza; 2018 – Paróquia Mãe Santíssima (Parque Dois Irmãos) em Fortaleza; 2019 – Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Conjunto Alto Alegre) em Fortaleza. 

O estágio em preparação à Ordenação Diaconal, no ano de 2022, foi realizado na Paróquia Nossa Senhora do Carmo (Croatá) , em São Gonçalo do Amarante, acompanhado pelo Pe. Rodrigo Almeida de Castro. Recebeu, em 23/12/2022, de Dom José Antonio Aparecido Tosi Marques a provisão para auxiliar o pároco de Ocara, Pe. Daniel Muniz (na vivência do estágio diaconal).

Diácono Thiago Borges dos Santos

Paróquia de origem: Paróquia Santa Luzia, Meireles, Fortaleza
Lema: “Tua graça me basta” (2cor 12,9).
Missão atual: Paróquia São Pedro, Barreira.
Primeira Missa: Paróquia Santa Luzia, Meireles, dia 24/12, às 10h

Trajetória vocacional:

Minha vocação despertou na capela onde frequentava perto da casa da minha avó, na Barra do Ceará, em que numa vigília Pascal não tivemos a presença do padre, porque ele tinha marcado na agenda com outra comunidade, sendo que a comunidade estava toda preparada para celebrar e ficamos sem saber o que fazer, naquele momento eu pensei comigo: que vontade de ser padre para poder celebrar este momento junto com este povo. Creio que neste momento Deus me fisgou, e daí em diante comecei a viver um processo de discernimento vocacional, onde procurei o padre Apolônio, que na época era pároco de Santa Luzia-Meireles, me acolheu e enviou para o seminário. Hoje posso me considerar um homem realizado, estando onde deveria estar e fazendo aquilo que Deus sonhou para mim.

Diácono Francisco Wyradan Nascimento de Sousa, CCSh

Paróquia de Origem: Imaculado Coração de Maria, Henrique Jorge, Fortaleza
Lema: “Olhou-o com misericórdia e o elegeu” (Mt 9,9)
Missão atual: Diaconia Geral Comunidade Católica Shalom
Primeira Missa: 29/12, 19h, Shalom da Paz

Trajetória vocacional:

Sou o diácono Francisco Wyradan Nascimento de Sousa, tenho 52 anos, sou natural de Fortaleza e missionário consagrado com promessas definitivas na Comunidade Católica Shalom, como comunidade de vida. Fiz os votos perpétuos no celibato pelo Reino dos Céus em julho de 2019.

Atualmente sirvo na Diaconia Geral Shalom, no setor da Difusão da Obra. A minha experiência decisiva com Deus se deu no ano de 2001 quando eu tinha 29 anos, durante o Renascer, encontro promovido anualmente pela Comunidade Católica Shalom no mesmo período do carnaval.

Eu tinha formação católica, pois na adolescência ia à missa e participava do grupo de jovens da paróquia, mas estava afastado da vida sacramental, o que me levou a procurar uma pessoa da minha família que participava da Comunidade Shalom, embora na época eu não conhecesse a Comunidade. Ela me fez o convite para participar do Renascer, o qual aceitei.

No decorrer dos 3 dias do encontro tive uma forte experiência com a misericórdia de Deus que mudaria completamente o rumo da minha vida. O tema parecia ter sido feito para mim e não o esqueço até hoje: “Faze-te ao largo, lança tuas redes” (Lc 5,4). A partir daquela experiência me engajei na Obra Shalom, passando a participar do grupo de oração, dos eventos e retiros. Passei a servir ativamente no ministério de pregação, pois queria testemunhar a minha experiência.

Em 2003 ingressei na Comunidade de Aliança e no início de 2007 fiz o pedido para ser enviado em missão para a Terra Santa, mais precisamente para Nazaré, missão recém-fundada, tendo ali chegado em março daquele mesmo ano.

Foi em Nazaré que senti o chamado ao sacerdócio, ao auxiliar os frades franciscanos da Custódia da Terra Santa no serviço do altar. Lembro-me de uma ordenação sacerdotal que presenciei e muito me marcou, ficando na memória o momento em que as mãos do sacerdote eram atadas com uma faixa.

Em 2013 já na Comunidade de Vida, após discernimento junto à Comunidade me tornei seminarista, tendo iniciado o percurso formativo no curso de Filosofia no ano seguinte em Fortaleza.

No final de 2020 concluí os estudos de teologia e em 2021 iniciei o período do estágio pastoral, em preparação para a ordenação diaconal, que se deu a 9 de dezembro de 2022.

O diaconato foi um período muito rico na experiência da oração e do serviço, próprios deste ministério, por meio da liturgia, onde pude me aproximar mais ainda do mistério eucarístico, da pregação do Evangelho e da caridade junto aos mais pobres e necessitados.

Foram muito marcantes as experiências da administração dos sacramentos do batismo e do matrimônio, onde pude ser testemunha privilegiada da ação salvífica de Deus na vida das pessoas e assim ser também transformado.

Tive muitas oportunidades de servir ao povo de Deus por meio das bênçãos com o Santíssimo Sacramento, bênçãos nas casas e nos ambientes de trabalho, além de poder levar a eucaristia aos enfermos e consolar as famílias nos momentos de dor, pela perda de entes queridos.

Ao chegar à ordenação presbiteral, sou muito grato a Deus, à Comunidade Shalom, à minha família, aos amigos e benfeitores e a todos os que de uma forma ou de outra me auxiliaram neste caminho. Sou feliz e realizado com o meu chamado a ser um sacerdote e sinto como uma promessa de Deus que se cumpre em minha vida.

Escolhi como lema sacerdotal a passagem que se refere à vocação de Mateus, pois olhando para a minha história assim me vejo, um homem escolhido não por suas capacidades ou dons, porque tudo isto é dádiva divina, mas sem mérito algum, eleito unicamente porque Deus é bom e misericordioso. Peço que rezem por mim.

“Olhou-o com misericórdia e o elegeu” (Mt 9,9)

Diácono Evandro Meneses Barbosa de Jesus, CCSh

Paróquia de origem: Santa Teresinha do Menino Jesus, Moita Bonita (SE)
Lema: “Dai-lhes vós mesmos de comer” (Mc 6,37) 
Missão atual: Diaconia Shalom, Aquiraz
Primeira Missa: 27/12, 19h, no Shalom da Paz, Aldeota
30/12, 19h, na Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus em Moita Bonita (SE)

Trajetória vocacional:

Nascido em uma família católica em uma pequena cidade do interior sergipano, desde a infância percebeu que Deus tinha algo para ele, possivelmente um chamado ao sacerdócio, que foi amadurecido através de uma vivência intensa na sua paróquia, que tem como padroeira Santa Teresinha do Menino Jesus. 

Ali recebeu os sacramentos da iniciação cristã, e onde deus os primeiros passos no serviço de liderança, de grupo de crianças e de jovens, ainda na sua adolescência conheceu a Comunidade Católica Shalom através de um retiro preparado na cidade vizinha, após esse fim de semana saiu com a certeza de que o chamado de Deus era concreto e que o chamava a deixar tudo e partir em missão. 

Dois anos mais tarde apenas completado 18 anos deixou a casa paterna, sua cidade, amigos, trabalho, futura faculdade de contabilidade para abraçar com o desejo de não mais voltar atrás os planos de Deus, em missão, respondeu o chamado  ao sacerdócio, nesses quase 13 anos de vida missionária, dentre eles 9 foram dedicados a formação sacerdotal, passando por Aparecida (SP), Pacajus (CE), Aquiraz (CE), fazendo parte da sua formação filosófica na Faculdade Católica de Fortaleza, Lugano (Suíça), onde continuou e concluiu os estudos, retornando para Aquiraz onde viveu o estágio pastoral e o ano do diaconato.

Diácono Francisco Tiago Barroso Soares, CCSh

Missão de origem: Shalom da Paz, Fortaleza 
Lema: “O Verbo se fez carne e habitou entre nós” (Jo 1,14)
Missão atual: Roma, Comunidade Católica Shalom
Primeira Missa: 26/12, 19h, Shalom da Paz

Trajetória vocacional:

Me chamo Francisco Tiago Barroso Soares, sou natural de Fortaleza (CE), tenho 35 anos, sou membro da Comunidade Católica Shalom desde 2010 e atualmente moro na Missão de Roma. Por graça divina nasci em uma família católica, que sempre me educou na fé e me acompanhou na vida da Igreja. Na minha juventude, aos 17 anos, tive minha primeira experiência pessoal com o Amor Deus em um retiro de fim de semana do Grupo de jovens São Vicente em 2006, o qual participei e servi até 2008. Neste mesmo ano fiz meu seminário de vida no Espírito Santo na Comunidade Shalom e posteriormente a Crisma. Tive uma forte experiência na Crisma, de um chamado vocacional ao Carisma Shalom. Fiz meu percurso vocacional no ano de 2009 e entrei na comunidade em 2010.

No meu ano de formação comecei a sentir o chamado ao Sacerdócio, no desejo de “levar almas para o céu”. Após um novo caminho de discernimento, entrei no seminário em novembro de 2012. Estudei Filosofia na Faculdade Católica de Fortaleza até 2015, logo depois fui de estágio pastoral em Santa Cruz de la Sierra, Bolívia, onde vivi uma forte experiência com a dimensão pastoral e com a paternidade espiritual. Após o estágio fui enviado a Roma para estudar Teologia e servir também a Comunidade, lugar onde atualmente vivo em missão.

Com muita alegria me preparo para a ordenação presbiteral, no desejo de viver um sacerdócio missionário, tendo em vista levar a Paz onde a igreja e a humanidade precisarem de mim, certo que sou sempre sustentado pela graça e misericórdia de Deus. Que Aquele que assumiu a minha carne para me salvar, possa me sustentar na colaboração com a sua missão redentora da humanidade.


Diácono Vitor Aragão de Carvalho, CCSh

Missão de origem: Shalom da Paz, Fortaleza
Lema: “Eterna é a sua misericórdia” (Sl 118, 1)
Missão atual: Casa mãe – Shalom de Fortaleza
Primeira Missa: 25/12, Shalom da Paz, às 18h

Trajetória vocacional:

Nascido em uma família católica de Fortaleza (CE), o Diácono Vitor Aragão de Carvalho desde criança tinha contato e admirava o sacerdócio, e de forma muito espontânea e ingênua dizia que ia ser padre. Passado este tempo seguiu a vida normal de qualquer jovem até que em 19 de janeiro de 2007 fez uma forte experiência com o amor de Deus, no Acampamento de Jovens Shalom que mudou a sua vida. A partir deste momento aprofundou sua amizade com Deus nos grupos de oração do Projeto Juventude para Jesus no Shalom da Paz, até que percebeu que Deus queria mais. Em uma ordenação sacerdotal sentiu que o Senhor o chamava e perguntava “Porque eu não poderia chamar também você para ser padre?”.

Aos 18 anos ingressou na Comunidade de Vida Shalom, e passou pelas missões de Salvador (BA), Discipulado de Quixadá (CE), Rio de Janeiro (RJ) quando ingressou para o seminário, partindo em missão para a Diaconia Geral e realizando seus estudos de filosofia na Faculdade Católica de Fortaleza. Durante este período serviu a Comunidade na evangelização dos jovens e em 2019 foi enviado para a missão de Roma, Itália, onde cursou teologia na Pontifícia Universidade Lateranense.

Em 2022 foi ordenado Diácono e desde então está em missão em Fortaleza, servindo na evangelização da obra Shalom presente na Arquidiocese de Fortaleza.

*Testemunhos enviados pelos diáconos que serão ordenados.

2 respostas

  1. Que Deus os abençoe queridos irmãos!
    Acredito muito que “Toda vocação existe em vista de uma missão!”! Um povo sedento de Deus já os espera!
    Desejo um santo e frutuoso ministério à todos vocês!
    Contem comigo e com as minhas orações!
    Shalom!

  2. Do nosso Sim à Deus ,depende a felicidade de muitos ..Que suas prioridades sejam de servir aos irmãos e irmãs mais pobres à exemplo de Cristo..Que Bem Aventurada Virgem Maria os envolva com Seu Manto de Amor e Proteção..

Faça a sua pesquisa

Os cookies nos ajudam a entregar nossos serviços. Ao usar nossos serviços, você aceita nosso uso de cookies. Descubra mais