Santo Afonso de Ligório | Arquidiocese de Fortaleza
Atualidades

Santo Afonso de Ligório

Padre Geovane Saraiva*

A Paróquia de Santo Afonso, neste ano de 2018, festeja seu padroeiro, de 27 de julho a 5 de agosto, associando-se à Igreja do Brasil, no Ano do Laicato. Como cristãos leigos, sonhamos com uma “Igreja em saída”, a serviço do reino de Deus, desafiando-nos a viver o seguinte lema: “Sal da terra e luz do mundo” (Mt 5, 13-14).

A vida exemplar de Santo Afonso, nosso querido padroeiro, continua sendo o dom do amor maior para os seguidores de Jesus de Nazaré, Evangelho vivo, no alimento incomparável da Eucaristia, amor este que sobressai e fica muito acima dos demais. É a lei do amor instaurada pelo Filho de Deus a qual deve ser amplamente cravada na face da terra, difundida por essa grande figura humana, guardando-a como algo concreto em sua vida. Por isso somos convocados a vivê-la pelos seus festejos.

A ternura e a bondade de Deus proclamadas no Ano Mariano continuam entre nós no Ano do Laicato. Sejamos conscientes e convencidos da nossa disposição, amando sempre mais a Igreja, pois nela somos chamados a construir a história humana, segundo a vontade de Deus.

Como é maravilhoso nos voltarmos a Deus, a partir de Afonso Maria de Ligório! Que possamos ver o nosso mundo, fixando no coração sua mensagem sincera e persistente no absoluto de Deus, segundo ele, “enlouquecido de amor”, na pobre criança da estribaria, exposta à sujeira, ao vento e ao frio (cf. “Tu Scendi Dalle Stelle”).

Convençamo-nos, pois, de que o projeto de Deus é possível, a partir de Santo Afonso Maria de Ligório, ao colocar para si a utopia do reino, dom maior de todo cristão, na alegoria bíblica da insuperável cidade, que dispensa iluminação e claridade, uma vez que ela tem um único e verdadeiro farol: a glória de Deus, o Cordeiro de Deus (cf. Ap 21, 23).

Na nossa Festa de Santo Afonso de 2018, voltemo-nos também para o exemplo de vida cristã de Santo Afonso Maria de Ligório, nosso querido padroeiro, homem de profunda fé, missionário por excelência, enviado a evangelizar os pobres, sendo um fiel devoto de Maria Santíssima. Amém!

*Padre, Jornalista, Colunista e Pároco de Santo Afonso, Parquelândia, Fortaleza-CE. Da Academia Metropolitana de Letras de Fortaleza [email protected]

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

O Papa: a hospitalidade é uma virtude ecumênica que exige disposição para ouvir os outros

Papa acolhe renúncia de dom Carmelo Scampa e nomeia novo bispo para São Luís de Montes Belos (GO)

Papa acolhe renúncia de dom Edney Gouvea, bispo de Nova Friburgo (RJ)

padre brendan

Santo Antão, Abade

Cursos da ESPAC para o Ano de 2020