Caminhada Penitencial

Tudo sobre a 13ª Caminhada Penitencial

Prudência e moderação: medida disciplinar da Arquidiocese de Fortaleza orienta sobre a presença dos clérigos, sacerdotes e diáconos no universo digital

No dia 9 de outubro, o arcebispo de Fortaleza, Dom José Aparecido Tosi Marques, lançou a exortação “A identidade e postura dos sacerdotes na utilização da internet e redes sociais”, que para os clérigos, sacerdotes e diáconos,  é uma medida disciplinar.

O texto reconhece a positividade destes novos meios de comunicação, contudo, “o sacerdote deve utilizar com prudência e moderação esses instrumentos no decorrer de sua missão, fazendo da internet uma via de pastoral que prepara a estrada e desperta o interesse para novos encontros”. 

O arcebispo pontua que “a presença dos padres na sociedade pós-moderna e digital não pode ser incoerente com o exercício do ministério sacerdotal”. Esta deve ser “em constante fidelidade à mensagem evangélica”, escreve Dom José Antonio  citando a mensagem de Bento XVI para  o Dia Mundial das Comunicações de 2010, que abordou a temática  “O sacerdote e a pastoral no mundo digital: os novos media ao serviço da Palavra”.

A nota disciplinar elenca oito diretrizes que devem iluminar a presença dos clérigos, sacerdotes, diáconos e religiosos no universo digital. O texto aponta para que os usuários destes meios reflitam e avaliem o potencial de suas publicações, que devem sempre gerar integração, pois “o presbítero deve ser o guia para manter a unidade querida pelo Senhor”.

No ponto dois, o arcebispo determina que “as declarações políticas e partidárias devem ser evitadas”. “Pode-se indicar valores sociais para lembrar ou responsabilizar a comunidade paroquial, mas não se engajar na política”, explica. 

Os demais parágrafos continuam a ter por base os princípios da prudência e moderação antes que seja feita uma publicação ou comentário. ‘Que observando as disposições contidas nesta exortação sejam ‘verdadeiros anunciadores da Boa Nova na ágora moderna criada pelos meios atuais de comunicação’”. 

Leia a exortação na íntegra:


Redação Arquidiocese de Fortaleza
Diác. Vanderlúcio Souza 

Faça a sua pesquisa

Os cookies nos ajudam a entregar nossos serviços. Ao usar nossos serviços, você aceita nosso uso de cookies. Descubra mais