Papa na Via-Sacra: Jesus morre na Cruz para que nossa alma possa sorrir - Arquidiocese de Fortaleza
Atualidades

Papa na Via-Sacra: Jesus morre na Cruz para que nossa alma possa sorrir

“A Cruz é o significado maior do amor maior, aquele amor com o qual Jesus quer abraçar nossa vida. E ninguém tem mais amor do que aquele que dá a vida por seus amigos, que dá a vida pelos outros. “É por isso que, quando olhamos para o Crucificado, que é tão doloroso, tão difícil, vemos a beleza do amor que dá a vida por cada um de nós.”

Bianca Fraccalvieri – Cidade do Vaticano

A Via-Sacra Lisboa 2023 foi anunciada como “diferente do normal” e assim foi!

No final da tarde desta sexta-feira, o Papa Francisco voltou ao parque Eduardo VII, a “Colina do Encontro”, para partilhar com os jovens os momentos da Paixão de Cristo. 

Após passar por entre os 800 mil presentes a bordo do papamóvel, o Pontífice deu início ao evento com a sua bênção e, em seguida, dirigiu aos jovens algumas palavras, deixando de lado o texto previamente preparado. 

“Hoje, vocês vão caminhar com Jesus hoje. Jesus é o Caminho e nós vamos caminhar com Ele, porque Ele caminhou.”

O caminho de Jesus, explicou o Papa, é Deus saindo de si mesmo para caminhar entre nós. É o que ouvimos tantas vezes na missa: “O Verbo se fez carne e habitou entre nós”. E Ele o faz isso por amor. 

A Cruz que acompanha cada Jornada Mundial da Juventude, acrescentou o Pontífice, é o ícone, é a figura dessa jornada. A Cruz é o significado maior do amor maior, aquele amor com o qual Jesus quer abraçar nossa vida. E ninguém tem mais amor do que aquele que dá a vida por seus amigos, que dá a vida pelos outros.

“É por isso que, quando olhamos para o Crucificado, que é tão doloroso, tão difícil, vemos a beleza do amor que dá a vida por cada um de nós.”

O Papa então se dirigiu aos jovens fazendo uma pergunta:

“Eu choro de vez em quando? Há coisas na vida que me fazem chorar? Todos nós já choramos em nossas vidas, e ainda choramos. E ali Jesus está conosco, Ele chora conosco, porque Ele nos acompanha na escuridão que nos leva ao pranto.

Vou fazer um pouco de silêncio e cada um de nós dirá a Jesus por que chora na vida, cada um de nós dirá a Ele agora, em silêncio. Jesus, com sua ternura, enxuga nossas lágrimas ocultas.”

Amar é arriscado, prosseguiu, mas é preciso correr o risco de amar. É um risco, mas vale a pena corrê-lo, porque Jesus caminha conosco. 

“E Jesus caminha para a Cruz, morre na Cruz para que nossa alma possa sorrir.”

Após as palavras do Pontífice, tiveram início as 14 estações, que refletiram 14 fragilidades identificadas pela própria juventude, de acordo com um grupo formado por 50 jovens de 22 países que organizaram a Via-Sacra.

Falou-se de saúde mental, violência, solidão e intolerância, tudo encenado de forma bastante original, num percurso vertical da Cruz entre os andaimes que formam o palco, de jovem a jovem. 

Algo “bastante inédito”, como definiu a diretora artística Matilde Trocado. O projeto nasceu da Companhia de Jesus com as reflexões de cada estação feitas pelo jesuíta de Lisboa Pe. Nuno Tovar de Lemos e os painéis do Pe. Nuno Branco.

Fonte: Vatican News

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Ordenação Presbiteral

Dom José Antonio inaugura Centro de Pastoral na Paróquia Jesus, Maria, José no Antônio Bezerra

Clero de Fortaleza realiza Semana de Formação online

Jubileu de 75 anos da Paróquia Jesus, Maria, José no bairro Antônio Bezerra, Fortaleza

Catedral Metropolitana de Fortaleza celebra 42 anos de inauguração

Programação das Missas de Natal e Ano Novo em algumas paróquias da Arquidiocese de Fortaleza

Paróquia São José realiza a Live Natal da Esperança

Santuário de Canindé divulga programação natalina

Pe. Ermanno Allegri: pastor missionário, celebra 50 anos de Ordenação Presbiteral

12ª Festa da Vida: cuidar e celebrar a vida: desafio e compromisso

Dom Rosalvo toma posse na Diocese de Itapipoca

Há 150 anos, Santa Luzia ilumina Baturité

Paroquianos de São Gonçalo celebram novenário ao Padroeiro

Membros da Pascom são apresentados solenemente na Matriz do Pirambu

Nota de repúdio da Pastoral Carcerária contra agressões sofridas durante manifestação do Dia da Consciência Negra

Na Solenidade de Cristo Rei: novos presbíteros para a Igreja do Senhor

Testemunhas da Eucaristia: tema da 82ª Semana Eucarística

Cordel celebrativo: 105 anos da Arquidiocese de Fortaleza

Horários de missas no Dia de Finados

Legado de Irmã Clemência é retratado em Seminário Internacional

Papa pede orações pela Igreja, para abraçar o diálogo e a escuta através do Sínodo

Superiora geral das religiosas Scalabrinianas visita Fortaleza

POM e Rádio Aparecida lançam podcast da Novena Missionária 2023

Diocese de Crateús celebra 60 anos de criação, nesta quinta, 28

Cinco religiosas representarão a UISG na Primeira Sessão do Sínodo