Irmã Margarida Maria Sales: 2 anos de saudade - Arquidiocese de Fortaleza
Atualidades

Irmã Margarida Maria Sales: 2 anos de saudade

Sub umbra alarum tuarum – “Sob a sombra das tuas asas”. O trecho do Salmo 17,8 escolhido por dom Antônio de Almeida Lustosa para ser o seu lema pastoral, como salesiano bispo, também reflete a vida e trajetória da nossa amada Irmã Margarida.

O salmo versa sobre um Deus de amor, que protege seus filhos assim como uma ave acolhe seus filhotes sob as asas. Seguindo os ensinamentos Dele e de dom Lustosa, Irmã Margarida viveu esse amor.

Ela amou e cuidou dos mais vulneráveis. Ela protegeu os mais frágeis. Ela ensinou até mesmo os mais céticos o que era o amor de Deus. Ela não viveu esse sentimento apenas em palavras, mas em atitudes.

Ordenada pela Congregação Josefina, Irmã Margarida aprendeu com Dom Lustosa a trilhar pelo caminho da justiça social. Cada obstáculo colocado era a confirmação de que estava no lado correto da estrada.

Amar os mais desfavorecidos, afinal, não era e não é ainda a luta mais fácil, mesmo para aqueles de coração generoso e corajoso como Irmã Margarida. Entretanto, é o lado mais humano da fé.

E a fé a movia. Fé em Deus, em dom Lustosa e no ser humano. Apesar dos testes, ela nunca perdeu a sua capacidade de acreditar. E foi acreditando que Irmã Margarida movimentou incontáveis pessoas.

A fé inabalável inspirou outros corações, que se unirem ao dela por uma causa que continua a crescer. No princípio, olhando de fora, construir o caminho para a canonização de dom Lustosa parecia impossível.

Atualmente, após incansáveis passos e ações na Comissão Arquidiocesana de Apoio à Causa de Beatificação e Canonização de Dom Antônio de Almeida Lustosa, o processo do Servo de Deus já segue em análise em Roma.

A contribuição da Irmã Margarida nesse processo é incontestável. Ela esteve presente em cada etapa. Testemunha viva das obras de dom Lustosa, conduziu com sabedoria e humildade o grupo que se uniu em torno da Causa.

Sob a sombra de suas asas, muitas vidas também foram transformadas. Pequena na estatura, gigante na coragem. Voz serena, mas com longo alcance. Ela alcançou muitas almas, acolheu corações sofridos e mudou o final previsto para muitas histórias.

Sempre pensou diferente, muito além dos que os olhos enxergavam. O seu pensar andava junto com outro verbo: o amar.

Hoje, uma estrela brilha mais forte no céu. Irmã Margarida partiu, numa manhã de domingo, com a mesma simplicidade com a qual viveu, sem despedidas, sem nos preparar para a saudade.

Até nos seus últimos dias, ela viveu com a sua verdade e generosidade, sempre pensando no próximo.

A fragilidade do corpo não a impedia de seguir com a sua missão de seguir os ensinamentos de Jesus Cristo, de cuidar da causa de dom Lustosa e a de amar incondicionalmente os filhos que Deus colocou sob a guarda de seu coração.

Concluiu sua caminhada na Terra, deixou a saudade agridoce e um legado, de amor, luta e coragem.

Sob a sombra das tuas asas, várias sementes foram plantadas na terra e esperam pelo momento da colheita. Em vida inspirou corações para fazer o bem. Então que seja imortal a sua jornada, que a forma como escolheu viver seja perpetuada pelo nosso compromisso de zelar e colher os frutos da sua obra.

Irmã Margarida, presente!

Dra. Socorro Porto, Assistente Social, é membra da Comissão Arquidiocesana de Apoio à Causa de Beatificação e Canonização de Dom Antônio de Almeida Lustosa.

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Ordenação Presbiteral

Dom José Antonio inaugura Centro de Pastoral na Paróquia Jesus, Maria, José no Antônio Bezerra

Clero de Fortaleza realiza Semana de Formação online

Jubileu de 75 anos da Paróquia Jesus, Maria, José no bairro Antônio Bezerra, Fortaleza

Catedral Metropolitana de Fortaleza celebra 42 anos de inauguração

Programação das Missas de Natal e Ano Novo em algumas paróquias da Arquidiocese de Fortaleza

Paróquia São José realiza a Live Natal da Esperança

Santuário de Canindé divulga programação natalina

Pe. Ermanno Allegri: pastor missionário, celebra 50 anos de Ordenação Presbiteral

12ª Festa da Vida: cuidar e celebrar a vida: desafio e compromisso

Dom Rosalvo toma posse na Diocese de Itapipoca

Há 150 anos, Santa Luzia ilumina Baturité

Paroquianos de São Gonçalo celebram novenário ao Padroeiro

Membros da Pascom são apresentados solenemente na Matriz do Pirambu

Nota de repúdio da Pastoral Carcerária contra agressões sofridas durante manifestação do Dia da Consciência Negra

Na Solenidade de Cristo Rei: novos presbíteros para a Igreja do Senhor

Testemunhas da Eucaristia: tema da 82ª Semana Eucarística

Cordel celebrativo: 105 anos da Arquidiocese de Fortaleza

Horários de missas no Dia de Finados

Legado de Irmã Clemência é retratado em Seminário Internacional

Equipe de Animação do Sínodo 2023 no Brasil divulga orientações para padronização da síntese diocesana

Bispo do Regional Sul 3 da CNBB relata as impressões de sua primeira Visita ad Limina Apostolorum

O Papa: a vítima tem o direito de protestar, diante do mistério do mal

Confira programação do Festival Halleluya 2022; Pe. Marcelo Rossi e Pe. Fábio de Melo estão confirmados

Papa nomeia padre Bertilo João Morsch como bispo auxiliar na Arquidiocese de Porto Alegre (RS)