Francisco: o Sínodo é filho da "Laudato si" | Arquidiocese de Fortaleza
Atualidades

Francisco: o Sínodo é filho da “Laudato si”

Entrevista com o Papa Francisco ao jornal italiano La Stampa-Vatican Insider: a Europa não deve dissolver-se, as identidades dos povos devem ser respeitadas, mas sem fechamentos. A política precisa de criatividade e prudência no acolhimento aos migrantes. O Sínodo sobre a Amazônia será uma resposta à emergência ambiental planetária, mas nasce da Igreja e terá uma dimensão evangelizadora.

Michele Raviart – Cidade do Vaticano

A Europa deve ser salva porque é um patrimônio que “não pode nem deve se dissolver”. O diálogo e a escuta “a partir da própria identidade” e dos valores humanos e cristãos são o antídoto contra soberanismos e populismos e o motor para “um processo de relançamento”, “que vá em frente sem interrupções”. A entrevista concedida pelo Papa Francisco a Domenico Agasso, especialista em assuntos do Vaticano, do jornal diário “La Stampa” e coordenador do “Vatican Insider”, parte da situação atual da União Europeia e trata de temas como imigração, mudança climática e o próximo Sínodo sobre a Amazônia.

Ouça e compartilhe!

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Arquidiocese lança Campanha da Fraternidade 2020

padre brendan

A Igreja e o carnaval de 2020

Fique por dentro dos horários de missas da imposição das Cinzas

“A Igreja não tem medo da história” reitera cardeal Tolentino, ao comentar a abertura dos arquivos do Pontificado de Pio XII

Chuvas benfazejas