Caminhada Penitencial

Tudo sobre a 13ª Caminhada Penitencial

Cruz Vermelha Rio Grande do Norte colabora com o embarque de doações para o povo haitiano

A Paróquia Nossa Senhora da Paz, na Arquidiocese de Fortaleza, coletou doações para a diocese de Jerémie, no Haiti. Na semana passada, nos dias 26 e 27 de maio, padre Virgínio Asencio Serpa esteve no Rio Grande do Norte para pedir solidariedade e colaboração humanitária à Cruz Vermelha de Natal, no sentido de que a instituição acompanhasse os trâmites legais do embarque no navio Almirante Saboia da Marinha Brasileira. Contatos já vinham sendo realizados com a instituição para que se concretizasse o envio das doações.

“Foi uma alegria imensa poder presenciar a saída dessas doações para os nossos irmãos haitianos. Quero agradecer a solidariedade humanitária e dedicação dos membros da Cruz Vermelha do Rio Grande do Norte”, disse padre Virgínio.

Recordando

Um terremoto de magnitude 7 atingiu o Haiti no dia 12 de janeiro de 2010 quando mais de 200 mil pessoas morreram, 300 mil ficaram feridas e mais de um milhão, desabrigadas. O Haiti é o país mais pobre das Américas.

Cruz Vermelha

A Cruz Vermelha iniciou seus trabalhos no Brasil no ano de 1907, com a ação do Dr. Joaquim de Oliveira Botelho. Junto com outros profissionais da área de saúde e pessoas da sociedade, ele promoveu uma reunião na Sociedade de Geografia do Rio de Janeiro, para lançamento as bases da organização da Cruz Vermelha Brasileira. Em 1908, foram discutidos e aprovados os Estatutos da Sociedade. Esta data ficou consagrada como a de fundação da Cruz Vermelha Brasileira, que teve como primeiro Presidente o Sanitarista Oswaldo Cruz. A Cruz Vermelha atua com base nos seus princípios fundamentais, que são: humanidade; imparcialidade; neutralidade; independência; voluntariado; unidade; universalidade. Leia mais em https://www.cruzvermelha.org.br/

Galeria de fotos.

A Paróquia Nossa Senhora da Paz fica na Rua Visconde de Mauá, 905, Aldeota. Telefone: (85) 3224. 2398 – página https://www.paroquiadapaz.org.br/v2/

Faça a sua pesquisa

Os cookies nos ajudam a entregar nossos serviços. Ao usar nossos serviços, você aceita nosso uso de cookies. Descubra mais