Clericus Cup, apresentado o novo torneio internacional de futebol eclesiástico | Arquidiocese de Fortaleza
Atualidades

Clericus Cup, apresentado o novo torneio internacional de futebol eclesiástico

A 14ª edição do campeonato de futebol para seminaristas e sacerdotes de todo o mundo começará no sábado, 7 de março, dividida em 16 equipes competindo pelo troféu intercontinental. Também este ano, o Papa Francisco abençoará a taça alguns dias antes da final.

Andrea De Angelis, Silvonei José – Cidade do Vaticano

Dezeseis equipes, 330 jogadores, 70 nacionalidades diferentes. Estes são os números da 14ª edição da Clericus Cup, a Copa do Mundo de futebol da Igreja Católica, promovida pelo Centro Esportivo Italiano (CSI), sob o patrocínio da Secretaria Nacional do Lazer, Turismo e Esporte da Conferência Episcopal Italiana, do Dicastério para os Leigos, Família e Vida e do Pontifício Conselho para a Cultura. O campeonato de futebol para seminaristas e sacerdotes, apoiado este ano pelos Cavaleiros de Colombo, foi apresentado nesta quinta-feira (27/02) no Centro Esportivo Pio XI, em Roma. Antes do encontro com a imprensa, na Capela dos Cavaleiros de Colombo a Santa Missa celebrada pelo padre Alessio Albertini, assistente eclesiástico nacional do CSI. No sábado, 7 de março, a primeira partida do torneio que terminará no sábado, 30 de maio. Três dias antes os capitães se encontrarão com o Papa Francisco.

Orar e jogar

O lema da nova edição do torneio é “Pray and Play”, portanto, jogo e oração unidos num único propósito: evangelizar também através dos valores do esporte. Divididos em equipes, mas unidos no jogo e na oração, seminaristas e sacerdotes preparam-se para sair em campo, numa verdadeira competição, com o desejo de tornar presente no retângulo de jogo e em todo o mundo, a obra de Deus. Monsenhor Melchor Sanchez de Toca, subsecretário do Pontifício Conselho para a Cultura, convidou os atletas a “aproveitarem esta ocasião especial para fazer do esporte uma parte integrante do trabalho pastoral”. “Ensinem às crianças – sugere ele – o profundo significado do esporte”.

Durante a coletiva de imprensa padre Alessio Albertini quis lembrar que o torneio começará em um momento particularmente delicado também para o mundo esportivo em referência à epidemia do coronavírus na Itália. “Não podemos fazer de conta que nada ocorre e vamos nos adequar – disse ele – com o que estiver previsto em eventuais comunicações”. “A vida vem antes de tudo, o esporte não é o tudo da vida, então se necessário poderemos também parar”, acrescentou padre Albertini, lembrando que na Lombardia nestes dias nem mesmo as Santas Missas com os fiéis são celebradas.

A primeira fase

Existem 374 membros inscritos, incluindo treinadores, num total de 330 jogadores. Entre os países representados estão o Sudão do Sul, China, Austrália, Espanha e Rússia. Todos os continentes estão, portanto, “em campo” num total de 70 nacionalidades. O México é o país com mais jogadores – 31 no total – enquanto há quatro equipes inscritas para o torneio 2020 que participam da  Clericus Cup desde a primeira edição: North American Martyrs, Collegio Urbano, Mater Ecclesiae e Sedes Sapientiae. O Pontifício Colégio Ucraniano está de volta à competição enquanto os Colégios Pio Brasileiro e Português fazem parte da Aliança Luso-brasileira. A novidade introduzida no ano passado foi confirmada: a primeira fase do torneio contará com seminaristas e sacerdotes envolvidos em dois grupos diferentes. Um modo, este, para viver os jogos de qualificação ‘inter pares’, e que foi experimentado no ano passado e reproposto agora nesta edição.

A bênção do Papa

Mais uma vez este ano, os reitores e capitães viverão um momento especial na última semana do torneio. Na quarta-feira, 27 de maio, após a audiência geral, o Papa saudará uma delegação de representantes das 16 seleções, abençoando a bola e a copa da partida mais esperada. No dia 29 de maio do ano passado, sempre no final da audiência de quarta-feira, na Praça São Pedro, Francisco encontrou a delegação na Praça São Pedro, assinando várias camisetas dos seminaristas e sacerdotes do torneio. Um dos jogadores tirou a braçadeira de capitão e deu-a ao Papa Francisco. “Santidade – disse ele – o senhor é o nosso capitão”.

A atenção de Francisco para com o esporte

Em numerosas ocasiões, referindo-se apenas ao ano passado, Francisco destacou a importância da prática desportiva. As associações desportivas “são também chamadas a promover uma mentalidade que, através do esporte, promova o desenvolvimento integral da pessoa humana e a amizade social”, disse ele em 28 de setembro de 2019, recebendo em audiência os membros da Federação Italiana de Ginástica. Na véspera, na audiência com os membros da Federação Internacional de hóquei no gelo, o Santo Padre sublinhou que o esporte é “um canal muito especial para promover a paz e a unidade”. Disciplina, trabalho em equipe, busca da excelência, mas acima de tudo respeito ao próximo e inclusão. Este é o serviço que o esporte deve prestar à humanidade, de acordo com o que o Papa disse em audiência à Federação Internacional de Patinação no gelo, em junho passado. Enfim, no dia 11 de maio de 2019, ao receber os membros do Centro Esportivo Italiano por ocasião do 75° aniversário da sua fundação, Francisco recordou como o esporte melhora as pessoas. Portanto, os votos aos mais jovens de se tornarem, através do esporte, missionários nos ambientes que frequentam, “transmitindo a alegria de melhorarem-se a cada dia”.

Rádio Vaticano é parceira

Mídia parceira do torneio será, também este ano, a Rádio Vaticano Itália, que apresentará resultados, comentários e histórias dos protagonistas nos espaço “Não só esporte”, no ar todas as segundas-feiras – após os jogos do fim de semana – às 12h35. A Clericus Cup tem um site, clericuscup.it, com vídeos, fotos, classificação, calendários e todas as novidades dos campos do campeonato de futebol clerical. O torneio também é protagonista nas redes sociais através do hashtag #ClericusCup.

Fonte: VaticansNews

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Há 150 anos, Santa Luzia ilumina Baturité

Paroquianos de São Gonçalo celebram novenário ao Padroeiro

Membros da Pascom são apresentados solenemente na Matriz do Pirambu

Nota de repúdio da Pastoral Carcerária contra agressões sofridas durante manifestação do Dia da Consciência Negra

Na Solenidade de Cristo Rei: novos presbíteros para a Igreja do Senhor

Testemunhas da Eucaristia: tema da 82ª Semana Eucarística

Cordel celebrativo: 105 anos da Arquidiocese de Fortaleza

Horários de missas no Dia de Finados

Legado de Irmã Clemência é retratado em Seminário Internacional

Editorial – dezembro 2020: Advento – vinda do Senhor

Decretos e Provisões – novembro 2020

A canonização de Charles de Foucauld