"As mulheres primeiras testemunhas da Ressurreição": Papa Francisco na audiência geral onde pediu aos jovens para serem portadores de esperança - Arquidiocese de Fortaleza
Atualidades

“As mulheres primeiras testemunhas da Ressurreição”: Papa Francisco na audiência geral onde pediu aos jovens para serem portadores de esperança

O Papa Francisco recebeu hoje em Audiência Geral dezenas de milhares de peregrinos que enchiam a Praça de São Pedro por completo. Uma multidão que ouviu com atenção a Catequese do Santo Padre. Eis o resumo em língua portuguesa:

O Santo Padre retomou hoje as Catequeses do Ano da Fé. Tratou da Ressurreição de Jesus, centro da mensagem cristã dizendo que esta verdade de fé insere a nossa existência num horizonte de esperança aberto ao futuro de Deus, à felicidade plena, à certeza que o pecado e a morte podem ser vencidos.

“Mas é precisamente a Ressurreição que nos abre à esperança maior, porque abre a nossa vida e a vida do mundo ao futuro eterno de Deus, à felicidade plena, à certeza que o mal, o pecado, a morte podem ser vencidos. E isto leva a viver com mais confiança as realidades quotidianas, enfrentá-las com coragem e com empenho. A ressurreição de Cristo ilumina com uma luz nova estas realidades quotidianas. A ressureição de Cristo é a nossa força!”

E esta certeza que a fé nos dá permite que vivamos com mais confiança as realidades quotidianas, enfrentando-as com mais coragem e dedicação, na certeza de que Cristo é a nossa força. No Novo Testamento, Jesus Ressuscitado encontra-se com diversas testemunhas, primeiramente com um grupo de mulheres, em seguida com Pedro, depois com mais de quinhentas pessoas, até o encontro com Paulo, na estrada de Damasco.

Neste momento da audiência o Santo Padre aproveitou para saudar as mulheres presentes elogiando a sensiblidade feminina em assuntos de fé, desejando-lhes força sobretudo para a sua missão de mães:

“Antes de mais notemos que as primeiras testemunhas deste evento foram as mulheres. De manhã muito cedo, elas vão ao sepulcro para ungir o corpo de Jesus e encontram o primeiro sinal: o túmulo vazio. Segue-se depois o encontro com um Mensageiro de Deus que anuncia: Jesus de Nazaré, o Crucificado, não está aqui ressuscitou. As mulheres são levadas pelo amor e sabem acolher este anúncio com fé: acreditam e subitamente transmitem, não ficam com a mensagem para si. A alegria de saber que Jesus está vivo, a esperança que enche os corações, não a podem fechar dentro de si mesmas. Nos Evangelhos as mulheres têm um papel primeiro, fundamental. Aqui podemos colher um elemento a favor da historicidade da Ressurreição: se fosse um facto inventado, no contexto daquele tempo não teria estado ligado ao testemunho das mulheres. Os evangelistas narram simplesmente aquilo que aconteceu: são as mulheres as primeiras testemunhas. E isto é belo, é a missão das mulheres e das mães, darem testemunho aos seus filhos e netos que Jesus está vivo e ressuscitou”.

Continuou dizendo que também nós podemos reconhecer e encontrar o Ressuscitado: na Sagrada Escritura; na Eucaristia, onde Jesus faz-se presente a nos faz entrar em comunhão com Ele; na caridade, quando os gestos de amor, bondade, misericórdia e perdão fazem resplandecer um raio da Ressurreição no mundo.” No final da sua catequese aproveitou para saudar calorosamente os jovens presentes dizendo-lhes que devem ser eles os portadores da boa-nova da ressurreição:

“Vi que estão tantos jovens na Praça. Digo-vos que leveis esta certeza. O Senhor está vivo e presente na nossa via. Esta é a vossa missão. Levai esta esperança a todo o mundo. Força jovens.”

Finalmente o Papa Francisco saudou as várias delegações presentes. Eis a tradução da saudação aos peregrinos de língua portuguesa:

“Amados peregrinos de língua portuguesa, particularmente o grupo de brasileiros vindos do Paraná: alegrai-vos e exultai, porque o Senhor Jesus ressuscitou! Deixai-vos iluminar e transformar pela força da Ressurreição de Cristo, para que as vossas existências se convertam num testemunho da vida que é mais forte do que o pecado e a morte. Feliz Páscoa para todos!”

Por Rádio Vaticano

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Dom José Antonio inaugura Centro de Pastoral na Paróquia Jesus, Maria, José no Antônio Bezerra

Clero de Fortaleza realiza Semana de Formação online

Jubileu de 75 anos da Paróquia Jesus, Maria, José no bairro Antônio Bezerra, Fortaleza

Catedral Metropolitana de Fortaleza celebra 42 anos de inauguração

Programação das Missas de Natal e Ano Novo em algumas paróquias da Arquidiocese de Fortaleza

Paróquia São José realiza a Live Natal da Esperança

Santuário de Canindé divulga programação natalina

Pe. Ermanno Allegri: pastor missionário, celebra 50 anos de Ordenação Presbiteral

12ª Festa da Vida: cuidar e celebrar a vida: desafio e compromisso

Dom Rosalvo toma posse na Diocese de Itapipoca

Há 150 anos, Santa Luzia ilumina Baturité

Paroquianos de São Gonçalo celebram novenário ao Padroeiro

Membros da Pascom são apresentados solenemente na Matriz do Pirambu

Nota de repúdio da Pastoral Carcerária contra agressões sofridas durante manifestação do Dia da Consciência Negra

Na Solenidade de Cristo Rei: novos presbíteros para a Igreja do Senhor

Testemunhas da Eucaristia: tema da 82ª Semana Eucarística

Cordel celebrativo: 105 anos da Arquidiocese de Fortaleza

Horários de missas no Dia de Finados

Legado de Irmã Clemência é retratado em Seminário Internacional

Semana de Formação do Clero de Fortaleza aprofunda temática da conversão pastoral paroquial

Aniversário do segundo ano do Pacto das Catacumbas pela Casa Comum

Bispos do Ceará se reúnem para aprofundar e encaminhar as atividades pastorais do Regional

Por uma Igreja Sinodal: Comunhão, Participação e Missão

Conferência de Dom José Antonio na abertura da XIX Semana Teológica na FCF