Brasão da Arquidiocese de Fortaleza

Pe. Moacir Cordeiro Leite

Ordenação Diaconal:

Ordenação Sacerdotal: 06/01/1966

Provisão e outras atividades:

Pároco da Paróquia de Nossa Senhora da Imaculada Conceição – Cascavel.

Histórico Pastoral:

Filho de João Ribeiro e D. Júlia Cordeiro Leite. Nasceu 28/10/ 1937, em Papara, Município de Maranguape – CE. Foi batizado no sítio Papara, pelo Pé. Heitor Vieira Cavalcante. Estudos: primeiras letras e primário na Escola Municipal, em Papara. Curso Ginasial no Ginásio Anchieta, em Maranguape, científico, Colégio Castelo Branco, da Arquidiocese, concluído em 1955. Em 1955 e 1956, passou no Centro de Preparação de Oficiais da Reserva, em Fortaleza. Neste ano começou a participar da Juventude Universitária Católica (JUC) e iniciou o curso de Matemática na Faculdade dos Irmãos Maristas, em Fortaleza. Em 1959, ingressa no Seminário Maior de Fortaleza, para o curso de Filosofia, o 1° e 2° ano, foi em Fortaleza. O 3° ano de Filosofia e todo o curso de Teologia, foi no Seminário Regional em Olinda – PE. Ordens menores, Subdiaconato e Diaconato, lhe foram conferidos por Dom Antônio de Almeida Lustosa, Arcebispo emérito de Fortaleza, em Carpina e Olinda, em Pernambuco. Ordenação Presbiteral, em 06/01/1960, na catedral de Fortaleza por Dom José Delgado, Arcebispo de Fortaleza.

Fatores que influenciaram a sua vocação ao sacerdócio: primeiro, espírito religioso da família. Segundo, a Ação católica, desenvolvendo o espírito de doação e espírito missionário. E finalmente, convivência com seminaristas e padres. Atividades pastorais e outras. Depois de ordenado, ficou responsável como assistente da juventude secundarista na Arquidiocese de 1966-1969. Em 1970, foi nomeado Vigário Cooperador do Pé. José Maia Cavalcante Costa, em Aratuba – CE. Até 1973. Daí para frente, assumiu a Paróquia de São Francisco de Paula, até 15 de fevereiro de 2002. Quando foi transferido para a Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, em Cascavel – CE, onde permanece atualmente. Em Aratuba, onde ele trabalhou intensamente por 32 anos, realizou os seguintes trabalhos: Transformou a paróquia num galpão das Cebs e a casa paroquial, numa casa de todos. Com visitas e hospedagens nas casas simples e reuniões e celebrações debaixo de árvores.

Descobriu a felicidade de viver na alegria do desapego nas romarias missionárias, aprendeu a acreditar que Deus comunga conosco e com nosso cansaço. Pela partilha aprendeu a viver num ofertório, viver nos encontros, nas reuniões, na casa paroquial, no altar, com os pobres experimentou a felicidade da doação. Aprendeu na romaria com 100 pessoas no Canindé, colocando no altar de São Francisco, a Vitória pela conquista da terra em Jardim, Bouqueirão e Monte Castelo, que para Deus nada é impossível. Em conclusão até hoje nada faltou para ele, não tem carro, não tem casa, não tem terra, não tem poupança, seu patrimônio é o povo.

Seu pensamento pessoal:

“Para mim, o mundo está implorando a presença de padres missionários. Para que a igreja se torne cada vez mais missionária como Cristo Missionário a fundou”.

– Ex-Vigário Episcopal da Região Praia (2004-2006);
– 22/02/2002 – Pároco da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição – Cascavel;
– Comissão Arquidiocesana da Prioridade Economia Solidária

Faça a sua pesquisa

Os cookies nos ajudam a entregar nossos serviços. Ao usar nossos serviços, você aceita nosso uso de cookies. Descubra mais