Morre padre Leocir (Léo) Pessini, superior da Ordem dos Camilianos no Brasil | Arquidiocese de Fortaleza
Atualidades

Morre padre Leocir (Léo) Pessini, superior da Ordem dos Camilianos no Brasil

Morreu na madrugada desta quarta-feira (24), em São Paulo (SP), o padre Leocir Pessini, Superior Geral da Ordem dos Ministros dos Enfermos, mais conhecidos como camilianos. Ele estava internado no Hospital São Camilo da Granja Viana (SP). Segundo a Ordem dos Camilianos, padre Leo como era conhecido, em sua recente doença, estava cercado pela grande preocupação de seus irmãos e pelo afeto de sua família. “Somos gratos ao Senhor, Deus da Vida, pelo dom da sua vida e da sua vocação camiliana”, finaliza comunicado da ordem dos Camilianos.

Padre Léo foi coordenador da Delegação de Pastoral da Saúde da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) entre 1994 e 1997 e membro da Equipe de Apoio do Observatório Pastoral do Conselho Episcopal Latinoamericano (CELAM). A presidência da CNBB enviou nota de condolências à Província Camiliana Brasileira.

O velório será na Paróquia Nossa Senhora do Rosário, no bairro Pompéia (SP), a partir das 12 horas desta quinta-feira (25). Durante o dia celebrar-se-á sete Missas nos seguintes horários: 12h, 15h30, 19h,21h e vigília às 23h do dia 25 de julho e a meia noite, 7h e 9h. O sepultamento será seguido da Santa Missa Exequial presidida pelo cardeal arcebispo de São Paulo, dom Odilo Scherer, marcada para às 9h desta sexta-feira (26).

Biografia

Padre Leocir nasceu em 14 de maio de 1955 na cidade de Ibicaré (SC), ingressou no seminário São Camilo em Iomerê (SC) iniciando o noviciado em 25 de janeiro de 1974. A primeira profissão religiosa na Ordem dos Ministros dos
Enfermos foi em 26 de janeiro de 1975.

A profissão perpétua aconteceu em 25 de janeiro de 1978, a ordenação diaconal em 21 de fevereiro de 1980 e a ordenação presbiteral em 23 de outubro de 1980 por dom Paulo Evaristo Arns. Pe. Leo é doutor em Bioética sendo um grande referencial dessa área no Brasil. Escreveu inúmeros livros sobre o assunto e ministrou inúmeros cursos no Brasil e em outros países.

Nota de Condolências da CNBB pelo falecimento do padre Leocir Pessini

Brasília-DF, 24 de julho de 2019

Prezados irmãos, confrades da Província Camiliana Brasileira

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) manifesta seu pesar pelo falecimento do padre Leocir Pessini, Superior Geral da Ordem dos Ministros dos Enfermos, da Província Camiliana Brasileira, na madrugada desta quarta-feira, 24 de julho. Aos confrades, aos familiares e a toda ordem camiliana, queremos nos unir em oração e em solidariedade, fazendo memória deste nosso irmão.

Doutor em Teologia Moral, com especialização em Bioética, padre Leocir se destacou por ser um dos bioeticistas mais conhecidos e respeitados do país e pela preocupação no acompanhamento a pessoas no final da vida e de suas famílias.

Elevamos nossas orações pelo descanso eterno padre Leocir Pessini.

Em Cristo,

Dom Walmor Oliveira de Azevedo
Arcebispo de Belo Horizonte (MG)
Presidente da CNBB

Dom Jaime Spengler
Arcebispo de Porto Alegre (RS)
Primeiro Vice-Presidente da CNBB

Dom Mário Antônio da Silva
Bispo de Roraima (RR)
Segundo Vice-Presidente da CNBB

Dom Joel Portella Amado
Bispo auxiliar da arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro (RJ)
Secretário-geral da CNBB

Fonte: CNBB

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Festa dos Arcanjos receberá 12 mil pessoas no Ginásio Paulo Sarasate

DNJ 2019 retoma temática da Campanha da Fraternidade sobre Políticas Públicas

Festa de São Francisco na Comunidade do Planalto Itaperi

Em reunião com o Papa, presidência do Celam fala sobre novas perspectivas da entidade

Amor irrestrito e solidário


QR Code Business Card