Legião de Maria comemora 65 anos no Ceará e se prepara para o centenário no mundo | Arquidiocese de Fortaleza
Atualidades

Legião de Maria comemora 65 anos no Ceará e se prepara para o centenário no mundo

A Legião de Maria comemora nesta segunda feira, 22, os 65 anos de sua fundação, aqui no Ceará (1956-2021), e 69 anos de presença no Brasil, esse ano com grande Jubilo seus 100 anos no mundo.
Hoje entre membros ativos e auxiliares possui mais de 45 a 50 milhões de legionários em todo o mundo, sendo, portanto, a maior organização leiga de apostolado da Igreja Católica.
A Associação tem sua maior presença na Coreia do Sul, nas Filipinas, no Brasil, na Argentina e na República do Congo. Estes países possuem entre 350 mil e 600 mil, membros, cada.
Aqui em nossa a Arquidiocese a legião está sobre a jurisdição do Senatus Immaculata de Fortaleza, que corresponde todo o Ceará e o estado do Rio Grande Norte
Aqui em nosso Estado a primeira Paróquia a ser fundada a Legião, foi a Paróquia do Cristo Rei, Aldeota sendo levada a toda capital e ao interior do Estado.


Sobre a Legião de Maria
A Legião de Maria é uma Associação Internacional de Fiéis, fundada em 1921, em Dublin – Irlanda, por um jovem funcionário público, o Servo de Deus Frank Duff, hoje em processo de beatificação. No Brasil, a associação surgiu ainda em 1950, porém só em 24 de outubro de 1951 obteve o reconhecimento oficial do então Cardeal Dom Jaime de Barros Câmara.
Frank Duff se inspirou na estrutura organizacional do exército da antiga Legião Romana, para sugerir o nome Legio Mariae; de consequência, ressignificou símbolos do exército romano e adotou a sua nomenclatura, quase toda ela em latim. Catena Legionis, vexillum, tessera, praesidium, curia, regia, comitium, concilium etc. são termos que expressam a identidade e a unidade entre os membros, como também sua comunhão com a Igreja de Roma, ao conservar certa familiaridade com a língua oficial da Igreja Católica.
Sua terminologia ajuda na particularização e distinção do que é próprio e exclusivo, ou antes, privativo da Legião de Maria; também garante ao legionário que, onde ele estiver, poderá participar das atividades e reuniões legionárias, sem prejuízo de compreender o que seja essencial. Em qualquer lugar do mundo, onde ouvir dizer “Catena Legionis”, “tessera”, “Acies” ou ainda “Praesidium”, o legionário, imediatamente, sabe do que se está falando e como deve proceder. Assim, para os legionários, toda a nomenclatura torna-se uma senha, que os distingue, identifica e, por isso mesmo, unifica-os onde quer que estejam.
Chama-se praesidium cada grupo de até 15 membros. Cada praesidium recebe sempre o nome de um título de Nossa Senhora. Segundo define o manual da associação, a Legião de Maria tem como finalidade “a glória de Deus, por meio da santificação dos seus membros, pela oração e cooperação ativa, sob a direção da autoridade eclesiástica, na obra de Maria e da Igreja: o esmagamento da cabeça da serpente e a extensão do reino de Cristo”.
A menos que o Concilium aprove, e consideradas as reservas apontadas no manual oficial, “a Legião de Maria está à disposição do bispo da diocese e do pároco para toda e qualquer forma de serviço social e de ação católica que estas autoridades julguem convenientes aos legionários e útil à Igreja” (“Manual da Legião de Maria”, cap. 1, ed. 1996, p. 11). Por sua atuação no mundo, a associação conquistou o coração do Papa São João XXIII, que assim a definiu: “a Legião de Maria apresenta a verdadeira face da Igreja Católica”.

Texto e imagem: Diretoria do Senatus Immaculata de Fortaleza

2 Comentários »

2 Comentários »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Dom José Antonio inaugura Centro de Pastoral na Paróquia Jesus, Maria, José no Antônio Bezerra

Clero de Fortaleza realiza Semana de Formação online

Jubileu de 75 anos da Paróquia Jesus, Maria, José no bairro Antônio Bezerra, Fortaleza

Catedral Metropolitana de Fortaleza celebra 42 anos de inauguração

Programação das Missas de Natal e Ano Novo em algumas paróquias da Arquidiocese de Fortaleza

Paróquia São José realiza a Live Natal da Esperança

Santuário de Canindé divulga programação natalina

Pe. Ermanno Allegri: pastor missionário, celebra 50 anos de Ordenação Presbiteral

12ª Festa da Vida: cuidar e celebrar a vida: desafio e compromisso

Dom Rosalvo toma posse na Diocese de Itapipoca

Há 150 anos, Santa Luzia ilumina Baturité

Paroquianos de São Gonçalo celebram novenário ao Padroeiro

Membros da Pascom são apresentados solenemente na Matriz do Pirambu

Nota de repúdio da Pastoral Carcerária contra agressões sofridas durante manifestação do Dia da Consciência Negra

Na Solenidade de Cristo Rei: novos presbíteros para a Igreja do Senhor

Testemunhas da Eucaristia: tema da 82ª Semana Eucarística

Cordel celebrativo: 105 anos da Arquidiocese de Fortaleza

Horários de missas no Dia de Finados

Legado de Irmã Clemência é retratado em Seminário Internacional

Nota de falecimento

Carta por ocasião do 58° Dia Mundial de Oração pelas Vocações

ORIENTAÇÃO DIANTE DO DECRETO DE 17 DE ABRIL DE 2021

Mensagem do Papa Francisco ao Episcopado Brasileiro

CNBB DIVULGA MENSAGEM AO POVO BRASILEIRO APROVADA PELOS BISPOS REUNIDOS EM ASSEMBLEIA