Leitura Orante: DOMINGO DA VINDA DO ESPÍRITO SANTO - PENTECOSTES: Evangelho, Jo 20,19-23 | Arquidiocese de Fortaleza
Atualidades

Leitura Orante: DOMINGO DA VINDA DO ESPÍRITO SANTO – PENTECOSTES: Evangelho, Jo 20,19-23

DOMINGO DA VINDA DO ESPÍRITO SANTO  – PENTECOSTES: Evangelho, Jo 20,19-23
Tema: “Assim como o Pai Me enviou, também Eu vos envio a vós: Recebei o Espírito Santo”.

Passos da Leitura Orante

Invocação ao Espírito Santo
A nós descei divina luz, / A nós descei divina luz,
Em nossas almas acendei / O amor, o amor de Jesus,

Vós sois a alma da igreja / Vós sois a vida, sois o amor,
Vós sois a graça benfazeja / Que nos irmana no Senhor,

Divino Espirito descei / Os corações vinde inflamar,
E as nossas almas preparar, / Para o que Deus nos quer falar,

LEITURA: (Verdade) O que diz o texto?

Proclamação da Palavra na Bíblia,- Jo 20,19-23. (Observe pessoas, palavras, relações, lugares)

MEDITAÇÃO: (Caminho) O que o texto diz para nós, hoje?

Celebrar a solenidade de Pentecostes se reveste de particular importância, pois esta celebração marca um ponto fundamental na experiência de fé dos discípulos. Tendo ficado “órfãos” com a ida de Jesus para o Pai, os discípulos têm agora a missão de continuar a proposta transmitida por Jesus. Apropriadamente o evangelista João mostra como se sentem os discípulos, ao revelar que estavam reunidos, mas com as portas fechadas por medo. O medo é algo paralisante, impede que a missão vá adiante.

Toda a ação está contextualizada no cenáculo onde ocorria a reunião amedrontada dos discípulos, ainda perplexos com os acontecidos.

Jesus atravessa as barreiras internas e externas das pessoas. Com a vinda do Espírito Santo, o medo é vencido pela paz, a dúvida e o desânimo com a identificação de Jesus Ressuscitado. Jesus oferece a paz aos discípulos. E com a paz, oferece-lhes o Espírito Santo.

“Jesus nos transmitiu as palavras de seu Pai e é o Espírito que recorda à Igreja as palavras de Cristo (cf. Jo 14,26). Desde o princípio, os discípulos haviam sido formados por Jesus no Espírito Santo (cf. At 1,2) que é, na Igreja, o Mestre interior que conduz ao conhecimento da verdade total formando discípulos e missionários. Esta é a razão pela qual os seguidores de Jesus devem se deixar guiar constantemente pelo Espírito (cf. Gl 5,25), e tornar a paixão pelo Pai e pelo Reino sua própria paixão: anunciar a Boa Nova aos pobres, curar os enfermos, consolar os tristes, libertar os cativos e anunciar a todos o ano da graça do Senhor (cf. Lc 4,18-19).” (DAp 152).

ORAÇÃO: (Vida)  O que o texto nos leva a dizer a Deus?

Dons do Espírito Santo

Espírito Santo, concedei-me  o dom da sabedoria, a fim de que cada vez mais aprecie as coisas divinas e, abrasado pelo fogo do vosso amor, prefira com alegria as coisas do céu a tudo o que é mundano e me una para sempre a Cristo, sofrendo neste mundo por Seu amor.

Espírito Santo, concedei-me  o dom do entendimento, para que, iluminado pela luz celeste da vossa graça, bem entenda as sublimes verdades da salvação e da doutrina da santa religião.

Espírito Santo, concedei-me  o dom do conselho, tão necessário nos melindrosos passos da vida, para que escolha sempre aquilo que mais vos seja do agrado, siga em tudo vossa divina graça e saiba socorrer meu próximo com bons conselhos.

Espírito Santo, concedei-me o dom da fortaleza,  para que despreze todo respeito humano, fuja do pecado, pratique a virtude com santo fervor e afronte com paciência, e mesmo com alegria do espírito, o desprezo, o prejuízo, as perseguições e a própria morte, antes de renegar por palavras e obras a Cristo.

Espírito Santo, concedei-me  o dom da ciência, para que conheça cada vez mais minha própria miséria e fraqueza, a beleza da virtude e o valor inestimável da alma e para que sempre veja claramente as ciladas do demônio, da carne, do mundo, a fim de as evitar.

Espírito Santo, concedei-me  o dom da piedade, que me tornará delicioso o trato e colóquio convosco na oração e me fará amar a Deus com íntimo amor como a meu Pai, Maria Santíssima e a todos os homens como a meus irmãos em Jesus Cristo.

Espírito Santo,  concedei-me o dom do temor de Deus, para que eu me lembre sempre, com suma reverência e profundo respeito, da vossa divina presença, trema como os anjos diante da vossa divina majestade e nada receie tanto como desagradar vossos santos olhos!

Vinde, Espírito Santo, ficai comigo e derramai sobre mim vossas divinas bênçãos. Em nome de Jesus Cristo, Nosso Senhor. Amém.

CONTEMPLAÇÃO: (Vida e Missão) Qual meu novo olhar a partir da Palavra?

Meu novo olhar, iluminado pela luz do Espírito Santo, leva-me a pensar e desejar com os bispos da América Latina:

“O Espírito Santo, com o qual o Pai nos presenteia, identifica-nos com Jesus-Caminho, abrindo-nos a seu mistério de salvação para que sejamos seus filhos e irmãos uns dos outros; identifica-nos com Jesus-Verdade, ensinando-nos a renunciar a nossas mentiras e ambições pessoais, e nos identifica com Jesus-Vida, permitindo-nos abraçar seu plano de amor e nos entregar para que outros “tenham vida  n’Ele.”” (DAp 137).

A comunidade dos discípulos, apesar do medo, estava reunida. É essa a atitude predominante em (sua), minha comunidade?

A presença de Jesus na comunidade recorda que toda a comunidade deve ter como centro fundamental o próprio Jesus: é isso que acontece na sua/minha comunidade? Se Ele é o centro, a referência fundamental têm algum sentido as discussões acerca de coisas não essenciais, que às vezes dividem os membros da comunidade?

Os discípulos reconheceram Jesus pelos sinais “das mãos e do lado”, quais os sinais que damos ao mundo para que nos reconheçam como discípulos de Jesus?

BÊNÇÃO BÍBLICA
Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.
(Nm 6, 24-27)

Elaboração: Padre Francisco Ivan de Souza e Haydée Bomfim Morais

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Dom José Antonio inaugura Centro de Pastoral na Paróquia Jesus, Maria, José no Antônio Bezerra

Clero de Fortaleza realiza Semana de Formação online

Jubileu de 75 anos da Paróquia Jesus, Maria, José no bairro Antônio Bezerra, Fortaleza

Catedral Metropolitana de Fortaleza celebra 42 anos de inauguração

Programação das Missas de Natal e Ano Novo em algumas paróquias da Arquidiocese de Fortaleza

Paróquia São José realiza a Live Natal da Esperança

Santuário de Canindé divulga programação natalina

Pe. Ermanno Allegri: pastor missionário, celebra 50 anos de Ordenação Presbiteral

12ª Festa da Vida: cuidar e celebrar a vida: desafio e compromisso

Dom Rosalvo toma posse na Diocese de Itapipoca

Há 150 anos, Santa Luzia ilumina Baturité

Paroquianos de São Gonçalo celebram novenário ao Padroeiro

Membros da Pascom são apresentados solenemente na Matriz do Pirambu

Nota de repúdio da Pastoral Carcerária contra agressões sofridas durante manifestação do Dia da Consciência Negra

Na Solenidade de Cristo Rei: novos presbíteros para a Igreja do Senhor

Testemunhas da Eucaristia: tema da 82ª Semana Eucarística

Cordel celebrativo: 105 anos da Arquidiocese de Fortaleza

Horários de missas no Dia de Finados

Legado de Irmã Clemência é retratado em Seminário Internacional

padre_geovane

O mistério de Deus e do homem

Paróquia de São José – Canindé divulga programação do Maio Mês de Maria

Casa de acolhimento a migrantes e refugiados é implantada na Arquidiocese de Fortaleza

Os 30 Santuários que participam das orações de maio pelo fim da pandemia

Como funcionam as estruturas que apoiam o ministério do Papa. A Congregação para os Bispos na entrevista com o Prefeito, Cardeal Marc Ouellet