A caminho da Assembléia Arquidiocesana de Pastoral | Arquidiocese de Fortaleza
Atualidades

A caminho da Assembléia Arquidiocesana de Pastoral

Dom José Antonio Aparecido Tosi Marques

Periodicamente a Igreja Arquidiocesana se propõe uma Assembléia de Pastoral para avaliações de suas atividades e para programação de novo Plano de Pastoral. Nossa próxima Assembléia de Pastoral ocorrerá em Fortaleza nos dias 26 e 27 de novembro. Para ela nos preparamos com intensa oração e muito trabalho.

Esta mesma assembléia está sendo concatenada com a anterior Assembléia de Pastoral do Regional NE1 – Ceará, a ser realizada nos dias 12 a 15 de novembro vindouros, que por sua vez é desdobramento das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil – DGAE, aprovadas pela Assembléia Geral da CNBB – Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – a última realizada nos dias 3 a 13 de maio em Aparecida SP, junto ao Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida.

As DGAE da Igreja no Brasil, apresentadas no documento 94 da CNBB, foram aprovadas para o quadriênio 2011 a 2015. Elas partem de um Objetivo Geral da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil, proposta amadurecida por toda a Igreja e que procura sintetizar a direção dos esforços e atividades da ação evangelizadora a se desenvolver em todas as Igrejas locais como expressão de verdadeira comunhão eclesial.

A missão de evangelizar, recebida de Jesus (cf. Mt. 28, 18-20), estará sempre presente na Igreja em sua comunhão e ação universal. No entanto, os diversos tempos e lugares exigem orientações e diretivas de como expressar a comunhão de todos em Cristo e realizar a missão recebida de levar o Evangelho a toda criatura, fazendo discípulos de todos os povos.

Assim, periodicamente a Igreja, como um todo universal e em sua diversidade local, estabelece Planos de Ação Pastoral em resposta ao mandato recebido do Senhor e às exigências dos tempos.

Estamos a caminho de mais uma Assembléia Arquidiocesana de Pastoral. Ela tem sido preparada há já dois anos, com avaliações e com o processo de acompanhamento das Diretrizes Gerais para o Brasil, das prioridades assumidas regionalmente pelas Igrejas (dioceses) no Ceará (Regional NE1 da CNBB), buscando responder com planos próprios às urgências da ação evangelizadora nas realidades Metropolitanas, na Praia, na Serra e no Sertão, que constituem o campo de nossa ação eclesial. As marcas de nosso tempo estão exigindo respostas adequadas para que a Igreja toda no Brasil esteja em estado permanente de missão, seja casa de iniciação à vida cristã, iluminada e animada pela própria Palavra de Deus, expressão viva de comunhão em sua diversidade e dedicada ao serviço de plena vida para todos.

Somos no Ceará um povo de grande religiosidade, de tradição cristã católica, o que se expressa nas mais diversas manifestações de devoção por parte dos fiéis. No entanto, a riqueza do Evangelho e os grandes desafios de nosso tempo, estão exigindo de todos uma nova definição de vida, novas opções de fé enraizada no verdadeiro encontro com a pessoa de Jesus e no seu seguimento. Não basta simples tintura de religiosidade, menos ainda algumas práticas e devoções tradicionais e pontuais. Somos chamados a novo encontro com Cristo e a nova recepção do Evangelho. A Palavra de Deus deverá ser modeladora da vida e da cultura humana em um mundo que não expressa os valores da vida cristã e sente a carência de forças que levem a vencer o muito de desagregação e morte presente em nossa humanidade.

Convidamos e convocamos a toda a nossa Igreja Arquidiocesana de Fortaleza (suas paróquias e áreas pastorais, comunidades e movimentos eclesiais, associações, grupos, pastorais, organismos eclesiais, fiéis todos, sacerdotes, religiosos e leigos) para na intensa oração e na participação consciente fazermos a caminhada com novo impulso evangelizador, ardor missionário, testemunho vivo e comprometido para que frutifique o Reino de Deus entre nós.

Este nosso novo Plano de Pastoral até o ano 2015, estará também voltado para as comemorações dos 100 anos da Arquidiocese de Fortaleza. Estaremos vivendo um tempo forte de ação de graças pelos dons recebidos, de avaliações do caminho já feito e discernimento dos novos passos a dar, de novo empenho missionário diante das hodiernas urgências da evangelização.

+ José Antonio Aparecido Tosi Marques
Arcebispo Metropolitano de Fortaleza

 

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Dom José Antonio inaugura Centro de Pastoral na Paróquia Jesus, Maria, José no Antônio Bezerra

Clero de Fortaleza realiza Semana de Formação online

Jubileu de 75 anos da Paróquia Jesus, Maria, José no bairro Antônio Bezerra, Fortaleza

Catedral Metropolitana de Fortaleza celebra 42 anos de inauguração

Programação das Missas de Natal e Ano Novo em algumas paróquias da Arquidiocese de Fortaleza

Paróquia São José realiza a Live Natal da Esperança

Santuário de Canindé divulga programação natalina

Pe. Ermanno Allegri: pastor missionário, celebra 50 anos de Ordenação Presbiteral

12ª Festa da Vida: cuidar e celebrar a vida: desafio e compromisso

Dom Rosalvo toma posse na Diocese de Itapipoca

Há 150 anos, Santa Luzia ilumina Baturité

Paroquianos de São Gonçalo celebram novenário ao Padroeiro

Membros da Pascom são apresentados solenemente na Matriz do Pirambu

Nota de repúdio da Pastoral Carcerária contra agressões sofridas durante manifestação do Dia da Consciência Negra

Na Solenidade de Cristo Rei: novos presbíteros para a Igreja do Senhor

Testemunhas da Eucaristia: tema da 82ª Semana Eucarística

Cordel celebrativo: 105 anos da Arquidiocese de Fortaleza

Horários de missas no Dia de Finados

Legado de Irmã Clemência é retratado em Seminário Internacional

Paróquia de São José – Canindé divulga programação do Maio Mês de Maria

Casa de acolhimento a migrantes e refugiados é implantada na Arquidiocese de Fortaleza

Os 30 Santuários que participam das orações de maio pelo fim da pandemia

Como funcionam as estruturas que apoiam o ministério do Papa. A Congregação para os Bispos na entrevista com o Prefeito, Cardeal Marc Ouellet

FALECEU DOM ANDRÉ DE WITTE, PRESIDENTE DA COMISSÃO PASTORAL DA TERRA