Santuário promoverá festa a Nossa Senhora dos Anjos, em Canindé | Arquidiocese de Fortaleza
Atualidades

Santuário promoverá festa a Nossa Senhora dos Anjos, em Canindé

A Paróquia-Santuário de Canindé (CE) e a Fraternidade Franciscana estarão em festa no período de 30 de julho a 2 de agosto de 2018, em honra a Nossa Senhora dos Anjos, onde celebra-se o Perdão de Assis. Neste ano terá como tema: “construir a paz com a força do perdão”! O lema é uma frase de São Francisco, que reporta a um de seus momentos de oração: “Irmãos meus, quero mandar-vos todos ao paraíso”. A partir dessa festividade estará aberto o ciclo de romaria 2018 no Santuário de São Francisco das Chagas, que encerrará em 3 de fevereiro, dia do romeiro, em Canindé.

Origem da festa

Em uma noite do ano de 1226, São Francisco estava rezando na Capelinha da Porciúncula, nas redondezas de Assis, num profundo silêncio e contemplação quando de repente o recinto se encheu de uma luz radiante.

Francisco viu sobre o altar o Cristo e à sua direita, Maria de Nazaré, envoltos de uma multidão de anjos. Perguntarem-lhe imediatamente o que desejava para a salvação das almas. Ele intrepidamente respondeu: “Santíssimo Pai, mesmo que eu seja um mísero pecador, te peço, que, a todos quantos arrependidos e confessados, virão a visitar esta igreja, lhes conceda amplo e generoso perdão, com uma completa remissão de todas as culpas”.

O Senhor lhe disse: “Ó Francisco, aquilo que pedes é grande, de coisas maiores és digno e coisas maiores tereis: acolho portanto o teu pedido, mas com o a condição de que tu peças esta indulgência, da parte minha, ao meu vigário na terra (Papa)”.

 

Capelinha da Porciúncula /  Foto do site dos frades Capuchinhos da Colômbia

Logo o piedoso santo dirigiu-se ao Papa Honório III, que prontamente acatou o pedido e perguntou: “Por quantos anos queres esta indulgência”? Francisco, seguramente exclamou: “Pai santo não peço por anos, mas por almas”!

E contente, foi à porta, mas o Pontífice chamou-o novamente: “Como não queres nenhum documento”? E o Pobrezinho de Assis falou: “Santo Pai, de Deus, Ele cuidará de manifestar a obra sua; eu não tenho necessidade de algum documento. Esta carta deve ser a Santíssima Virgem Maria, Cristo e escrivão e os Anjos as testemunhas”.

Dias depois com os bispos da Úmbria e o povo de Deus presentes na Porciúncula, Francisco anunciou a indulgência plenária e entre lágrimas pronunciou: “Irmãos meus, quero mandar-vos todos ao paraíso”! Desde então, no dia 2 de agosto, os fiéis que se confessam, vão à missa, visitam uma Igreja, pedem perdão de seus pecados e rezam pelo papa, são perdoados por Deus. Logo, o perdão de Assis é a festa da misericórdia, do amor e da graça do Senhor!

 

 

Veja a programação:

30/7 a 1º/08 – Basílica e Quadra da Gruta

17h – Vésperas e Reflexão

18h – Eucaristia

2/8 – Basílica e Quadra da Gruta

17h30min – Vésperas

18h – Terço

19h – Santa Missa transmitida pela Rede Vida de Televisão

Acompanhe as notícias e transmissões pela rádio  AM São Francisco, facebook e site da Paróquia. Maiores informações, na secretaria paroquial, pelo  telefone: (85) 3343-0017.

 

 

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Santa Dulce dos Pobres

Parabéns a todas as crianças da Arquidiocese, Arcebispo, Bispos, Padres, Funcionários e colaboradores na Missão do Reino de Deus

Missa solene em ação de graças pela canonização da Irmã Dulce

Começa montagem do XII Evangelizar Fortaleza

Breve história de Nossa Senhora de Aparecida


QR Code Business Card