Atualidades

Papa nomeia novo bispo para a diocese vacante de Palmeira dos Índios (AL)

A Nunciatura Apostólica no Brasil comunicou nesta quarta-feira, 19/12, a decisão do papa Francisco em nomear bispo para a vacante diocese de Palmeira dos Índios (AL), o padre Manoel de Oliveira Soares Filho, atualmente pároco da paróquia Nossa Senhora Aparecida em Dom Eliseu (PA).

Padre Manoel de Oliveira Soares Filho

Padre Manoel nasceu em 26 de setembro de 1965, em Domingos do Campim (PA). O seu ingresso para a vida religiosa se deu no seminário menor Santo Alexandre Saulli, em 20/02/1983. Cursou Filosofia no seminário arquidiocesano São Pio X e Teologia no Instituto Pastoral Regional, ambos em Belém (PA). Também formou-se em Ciências da Religião pela Universidade Vale do Acaraú, em 2003, e em Sociologia pela Universidade Federal do Pará (UFPA), em 2008. Possui pós-graduação em Desenvolvimento Urbano, Políticas Públicas e Ordenamento Territorial também pela UFPA.

Em 28/06/1992, ordenou-se diácono na paróquia Nossa Senhora Aparecida em Rondo do Pará (PA). Ordenou-se padre em 26/09/1993, em São Domingo do Capim (PA).  Foi vigário nas paróquias Santa Luzia do Pará, em cidade homônima, Nossa Senhora da Conceição, em Ourém (PA), Sagrado Coração de Jesus, em Bragança (PA), Nossa Senhora da Piedade, Irituia (PA) e Nossa Senhora Aparecida, Dom Eliseu (PA). Exerceu as funções de Coordenador Diocesano de Pastoral, de 1996 a 2001; Desde 2000, é  membro do Conselho Presbiteral. Também é vigário geral.

Saudação
A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) enviou saudação o padre Manoel de Oliveira Soares Filhos. O texto é assinado pelo secretário-geral da Conferência, dom Leonardo Steiner. Confira, abaixo, a saudação na íntegra:

Saudação da CNBB ao P. Manoel de Oliveira Soares Filho

Brasília-DF, 19 de dezembro de 2018

Prezado irmão padre Manoel de Oliveira Soares Filho.

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) se alegra com sua nomeação como bispo diocese da diocese vacante de Palmeira dos Índios (AL) anunciada nesta quarta-feira, 19 de dezembro. Nossa palavra sempre de agradecimento ao Santo Padre pelo zelo manifestado com as Igrejas Particulares no Brasil.

Contemplamos sua trajetória de vida e missão: em setembro passado, o senhor completou 25 anos de sacerdócio. Desde 1993, o senhor tem se dedicado ao trabalho pastoral paroquial e aos estudos especializados no campo da Doutrina Social da Igreja. Atualmente, exercia um serviço próximo ao seu bispo diocesano, dom Jesus Maria Cizaurre Berdonces, da diocese de Bragança (PA), como vigário episcopal. Tudo isso, certamente, serviu a Deus como instrumento de preparação para este momento da chegada do ministério episcopal em sua vida.

Saudamos sua nomeação com as palavras do Papa Francisco dirigidas aos bispos do Brasil, em 2013, quando ele nos visitou por ocasião da Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro: “Queridos irmãos, o resultado do trabalho pastoral não assenta na riqueza dos recursos, mas na criatividade do amor. Fazem falta certamente a tenacidade, a fadiga, o trabalho, o planejamento, a organização, mas, antes de tudo, você deve saber que a força da Igreja não reside nela própria, mas se esconde nas águas profundas de Deus, nas quais ela é chamada a lançar as redes”.

Desejamos paz e serenidade para seu ministério e enviamos nosso abraço e nossas preces.

Em Cristo,

Dom Leonardo Ulrich Steiner
Bispo Auxiliar de Brasília
Secretário-Geral da CNBB

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Irmãs Mensageiras de Santa Maria reúnem-se em Capítulo Geral Eletivo

Fórum Internacional da Juventude: manter vivo tema do Sínodo dos Bispos de 2018

O episcopado no Brasil: 480 bispos e 307 membros efetivos da CNBB

Cáritas Brasileira lança a campanha #EuMigrante em parceria com a Signis Brasil Jovem

Festejos de Nossa Senhora de Lourdes acontecem no bairro Ellery


QR Code Business Card