[NOTÍCIAS/Vaticano] Colégio de Cardeais terá 125 eleitores após Consistório | Arquidiocese de Fortaleza
Atualidades

[NOTÍCIAS/Vaticano] Colégio de Cardeais terá 125 eleitores após Consistório

cardeais-novos 350x318No próximo sábado, 14 de fevereiro, o papa Francisco criará 15 novos cardeais eleitores e 5 eméritos, durante o Consistório. O novo cardeal mais jovem do Colégio Cardinalício será o arcebispo de Tonga, Soane Patita Paini Mafi, de 54 anos.

Já o arcebispo emérito de Manizales, dom Pimiento Rodriguez, é o mais idoso, com 96 anos. De acordo com dados do Vaticano, o Colégio de Cardeais possui atualmente 110 eleitores, passando para 125 após o Consistório.

Os futuros cardeais anunciados são de diferentes países da Europa, Ásia, América Latina (México incluído), África e Oceania. Em carta enviada aos nomeados, o papa recordou que o cardinalato não é um prêmio, mas “testemunho da Ressurreição do Senhor na Diocese de Roma”.

Humildade e serviço

Na mensagem aos nomeados, o papa Francisco pede aos novos cardeais que se preparem “com oração e um pouco de penitência” e tenham “muita paz e alegria”.

“Manter-se com humildade no serviço não é fácil quando se considera o cardinalato como um prêmio, como o ápice de uma carreira, uma dignidade de poder ou de distinção superior”, lembrou Francisco.

 Conheça os 15 novos cardeais anunciados:

– Dom Manuel José Macário do Nascimento Clemente, Patriarca de Lisboa (Portugal);

– Dom Berhaneyesus Demerew Souraphiel, C.M., arcebispo de Addis Abeba (Etiópia);

– Dom John Atcherley Dew, arcebispo de Wellington (Nova Zelândia);

– Dom Edoardo Menichelli, arcebispo de Ancona-Osimo (Itália);

– Dom Pierre Nguyên Văn Nhon, arcebispo de Hanóid (Vietnã);

– Dom Alberto Suárez Inda, arcebispo de Morelia (México);

– Dom Charles Maung Bo, S.D.B., arcebispo de Yangon (Myanmar);

– Dom Francis Xavier Kriengsak Kovithavanij, arcebispo de Bangkok (Tailândia);

– Dom Francesco Montenegro, arcebispo de Agrigento (Itália);

– Dom Daniel Fernando Sturla Berhouet, S.D.B., arcebispo de Montevidéu (Uruguai);

– Dom Ricardo Blázquez Pérez, arcebispo de Valladolid (Espanha);

– Dom José Luis Lacunza Maestrojuán, O.A.R., bispo de David (Panamá);

– Dom Arlindo Gomes Furtado,  bispo de Santiago de Cabo Verde (Cabo Verde);

– Dom Soane Patita Paini Mafi, bispo de Tonga (Ilhas de Tonga);

Os 5 eméritos indicados:

– Dom José de Jesus Pimiento Rodriguez, arcebispo emérito de Manizales, na Colômbia;

– Dom Luigi De Magistris, arcebispo titular de Nova, pro-penitenciário maior emérito:

– Dom Karl-Joseph Rauber, arcebispo titular de Giubaliziana, Núncio Apostólico;

– Dom Luis Hector Villalba, arcebispo emérito de Tucumán, na Argentina;

– Dom Júlio Duarte Langa, bispo emérito de Xai-Xai, em Moçambique.

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Festa dos Arcanjos receberá 12 mil pessoas no Ginásio Paulo Sarasate

DNJ 2019 retoma temática da Campanha da Fraternidade sobre Políticas Públicas

Festa de São Francisco na Comunidade do Planalto Itaperi

Em reunião com o Papa, presidência do Celam fala sobre novas perspectivas da entidade

Amor irrestrito e solidário


QR Code Business Card