Festival Halleluya incentiva voluntariado jovem no Ceará | Arquidiocese de Fortaleza
Atualidades

Festival Halleluya incentiva voluntariado jovem no Ceará

Um encontro, no Gran Marquise Hotel, em Fortaleza, capacitou cerca de 500 voluntários que vão trabalhar na 23ª edição do Festival Halleluya que acontecerá de 24 a 28 de julho, no Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU), em Fortaleza.

O evento aconteceu no último domingo (23) e, durante todo o dia, estudantes, profissionais liberais e missionários de outros estados e até de fora do Brasil, reuniram-se num treinamento para receber informações e suporte sobre comunicação, organização e a ação evangelizadora do evento que é considerado o maior festival de música católica do mundo. A ideia é preparar os voluntários para que todos conheçam os espaços do evento e saibam orientar o público sobre todas as atrações e programação.

Em 2018, 7,2 milhões de brasileiros fizeram trabalho voluntário, de acordo com o suplemento Outras Formas de Trabalho, da Pesquisa Nacional de Amostra por Domicílios Contínua do IBGE. O Festival Halleluya se insere nesse contexto contribuindo com as estatísticas.  Segundo a organização do evento, o Festival conta com o apoio e a doação de cerca de seis mil voluntários. Eles estão engajados na organização, realização e divulgação, recebendo e orientando o público, estimado em mais de um milhão de pessoas, nos diversos espaços temáticos do evento. São 80 mil metros quadrados com diversos espaços temáticos com shows, músicas, teatro, dança, arte, esportes radicais, games e kids.

“Do estacionamento ao palco, são os voluntários que fazem o Halleluya, uma estrutura gigantesca movida pela força do voluntariado. 80% dos voluntários são jovens. O treinamento quer estimular questões como liderança, o trabalho em equipe, organização, relações públicas e habilidades para se comunicar com as pessoas”, explica uma das organizadoras do evento, Lydiana Rosseti.

“É uma experiência muita rica e gratificante colocar à disposição nossas habilidades e o nosso tempo e compartilhar isso com a sociedade, com o próximo, sem a obrigatoriedade de uma remuneração, tudo com o propósito de servir e por amor. É uma oportunidade única que traz aprendizados para a nossa vida”, explica Jessica Lopes que é voluntária há cinco anos no evento. 

Saiba Mais:

O Halleluya dá destaque também ao empreendedorismo, à acessibilidade e à solidariedade. Uma parceria com o Hemoce prevê a coleta de mil bolsas de sangue, além do cadastro de doadores de medula óssea o que iniciativa que consolida o Festival como o evento mais solidário do Brasil.

Mais informações à imprensa: Inove Comunicação
Verônica Melo (85) 99680-0908 / Stella Magalhães (85) 99680-0900

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Festa dos Arcanjos receberá 12 mil pessoas no Ginásio Paulo Sarasate

DNJ 2019 retoma temática da Campanha da Fraternidade sobre Políticas Públicas

Festa de São Francisco na Comunidade do Planalto Itaperi

Em reunião com o Papa, presidência do Celam fala sobre novas perspectivas da entidade

Amor irrestrito e solidário


QR Code Business Card