Atualidades

Dom José Luiz Ferreira Salles lamenta morte de dom Ladislau

“A morte não é fim, mas começo. As realidades vividas aqui vão crescendo até que na morte se dá um desabrochar pleno. As flores que depositamos nos túmulos, as lágrimas que derramamos por quem morreu, é nossa mensagem de protesto e, ao mesmo tempo de compreensão que há um fim, e depois dele um começo”. (Rubem Alves)

Queridos irmãos e irmãs.

D. Ladislau fez ontem a sua páscoa definitiva. Deu um susto em todos nós… Não estávamos ainda preparados para sua partida… Está no coração de Deus. Tive o privilégio de conviver com ele durante 4 anos na Comissão Pastoral para a Caridade Justiça e Paz na CNBB. Apaixonado pela causa agrária e pelos pequenos com seu jeito simples, sempre foi uma voz profética. A nós, resta agradecer ao Pai pela vida generosamente doada. Agradecer por nos ter dado um pastor que deu a vida pelo rebanho. Que a esperança na ressurreição seja força na saudade e o exemplo de sua vida nos fortaleça na caminhada.

Com as palavras do livro da Sabedoria gostaria de me despedir de D. Ladislau: “A sua alma era agradável ao Senhor”” (4, 14). “Ele agradou a Deus e foi por Ele amado”(4, 10).

O Senhor, que nos consola em nossa saudade, esteja convosco e vos fortaleça na fé e na esperança.

D. José Luiz Ferreira Salles, CSsR

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Papa: colocar os direitos humanos no centro de todas as políticas

Além das aparências

Contribuições Paroquiais [novembro de 2018]

Marcos de sessenta anos e de dez edições serão celebrados pelo Congresso Mariano de Fortaleza

Batizados e enviados: a Igreja de Cristo em missão no mundo


QR Code Business Card