Atualidades

Grito dos Excluídos e Excluídas 2011

Compartilhe

Subir

5 Comentários »

5 Comentários »

  • Alexandre disse:

    Olá amigos, sou Católico fiel a Igreja de Cristo e os Apóstolos, porem não compartilho das idéias da "Teologia da libertação" prefiro ficar fiel ao Papa Bento XVI do qual não apoia a "TL" eu sinceramente prefiro o Catolicismo da RCC, pois vejo que o mesmo sim é o Catolicismo mais fiel a Cristo e ao ensinamento dos Apóstolos, sem distorsão como o da "TL", se hoje sou um Católico melhor não é por causa da "Teologia da libertação" isso eu garanto a igreja católica da "tl" prega a opção preferencial pelos pobres, porem minha é preferencial por Cristo e seu reino, pois os adeptos da "tl" prega que os ricos são os opressores e os pobres oprimidos, tem uma lógica comunista – marxista, não sou membro de nenhuma Igreja da Arquidiocese de Fortaleza porem estou aqui dando minha opinião como Cristão Católico que não compartilha com os ensinamentos da "tl"

    • MARCIO disse:

      ALEXANDRE VC DEVERIA ESTUDAR MAIS SOBRE A IGREJA E SUA OPÇÃO PREFERENCIAL PELOS POBRES. POIS FOI ESSA A OPÇÃO DE JESUS.

    • Reinaldo disse:

      Preferencia por Cristo e seu Reino e não olhar para os pobres, é uma idéia de evangelização meio sem noção. Não participo da RCC, porém conheço muita gente da mesma e sei do trabalho da maioria e os respeito muito pois aprendi muito com eles, porém me identifico com as CEB´s, mas pelo que você fala não parece ser um cristão de verdade.

  • Francisco Vladimir disse:

    Caro Alexradre, boa tarde!
    Também sou católico, membro de uma Pastoral Social e vivi muito tempo na comunidade onde nasci, na Barra do Ceará, em uma Comunidade Eclesial de Base (CEBs). Sou membro de uma Igreja.
    A experiência do Grito dos Excluídos e Excluídas nasceu em 1995, como um gesto concreto da segunda Semana Social Brasileira, realizada pela Comissão Episcopal Pastoral para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), por tanto, uma experiência legitima de um setor muito importante e necessário na Igreja do Brasil.
    Qual é o problema em relacionar fé e vida? Qual é o problema em você ser feliz com o catolicismo que você acredita.
    A fé não se pode reduzir-se em grandes eventos, grandes cultos e orações. Ele deve nascer do chão da terra, dos mais simples. Você poderia me dizer qual foi a preferencia de Jesus?
    Já não seria hora de deixar de relacionar o “marxismo”, o “comunismo”, a fé? Você já se perguntou alguma vez se existe alguma experiência de libertação em alguma dessas pastorais sociais ou comunidade de base? São várias. E tenha certeza, são experiências profundas de uma relação com Deus.
    Você está convidado a participar do dia 7 de setembro.
    Olha, não sou de nenhum movimento carismático, mas estive na Caminhada com Maria, porque respeito e admiro o momento.

  • Alexandre disse:

    Francisco, falei isto não porque eu seja contra esse ou aquele movimento, si postei isto é porque estou preocupado com a situação de minha Igreja local moro no interior do Ceará e acredite, eu estou aqui não pra procurar brigar com essa ou aquela pastoral, pois acredito sim que existem pessoas boas nelas, coloquei apenas aqui minha opinião do que vejo sobre "teologia da libertação" tenho um pouco de experiência, pois vi de perto o que aconteceu em minha paróquia, se bem que em Fortaleza a coisa tem outro ritmo, posso dizer que tenho um amigo sacerdote em minha diocese que é envolvido com a CEB'S, mas posso tambem ti dizer que o mesmo não gosta da RCC, ou melhor não gostava, pois o mesmo esta agora em outra paróquia, mas deixou grandes cicatrizes em minha paróquia, aqui ainda não vi uma pastoral forte e atuante, a muitas divisões dentro da Igreja que é lamentavel, pois isso é os frutos de uma religiosidade morna, os irmãos na Fé perseguem outros por ter outros pensamentos e por crerem de maneira mais radical no reino de Deus muitas vezes fico triste com isso.


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Presidente da CNBB foi nomeado pelo Papa Francisco como Relator Geral do Sínodo 2018

Editorial – novembro 2017: “Ano do Laicato no Brasil”

Planilha de contribuição das paróquias e das áreas pastorais: outubro de 2017

Festa da Paróquia Nossa Senhora das Graças – Santa Maria

“I Aviva Povo de Deus”


QR Code Business Card