Atualidades

Termina Congresso Mundial de Pastoral para Estudantes Estrangeiros

Terminou no sábado, 3, o Congresso Mundial de Pastoral para Estudantes Estrangeiros realizado em Roma desde o dia 30 de novembro com a presença de 250 participantes, entre bispos, padres, religiosos, professores, coordenadores, assessores de pastoral universitária e jovens representantes dos cinco continentes.

Durante o evento, o presidente do Pontifício Conselho para a Cultura, cardeal Gianfranco Ravassi, falou sobre “Evangelho e Cultura”. Após pontuar estes dois conceitos ainda falou de diálogo e identidade, como conceitos base que entrelaçam a cultura e o Evangelho. A mesa redonda tratou o encontro das culturas e o impacto da fé nos valores da juventude de hoje, com a participação de dois estudantes um da América e o outro da Ásia.

Em sua participação, monsenhor Salvatore Fisichella, presidente do Pontifício Conselho para a Promoção da Evangelização falou de dois conceitos que podiam ajudar a iluminar a reflexão da mobilidade atual: as peregrinações e as Universidades, mesmo que “sem estupor diante da realidade não somos capazes de novos conhecimentos nem de nos compreender plenamente a nós e ao mundo”.

No trabalho em grupo partiu-se da necessidade fundamental de facilitar o caminho de integração dos estudantes internacionais nas universidades, na Igreja e na sociedade, quais são experiências positivas que favorecem este caminho de integração? Desafios e perspectiva para o futuro. “Este foi o momento para falar e partilhar as nossas experiências e sentir a caminhada dos países de América Latina, presentes (Peru, Bolívia, Chile, Colômbia,Brasil)”, disse a assessora do Setor Universidades da CNBB, irmã Eugênia Lloris.

A abertura do segundo dia de atividades, 2, teve a participação do cardeal Stanislaw Rylko, presidente do Pontifício Conselho para os Leigos. Houve ainda a audiência com o papa Bento XVI. As mesas redondas da tarde e as partilhas de grupo prepararam a sessão conclusiva do último dia no qual foi apresentado o documento final.

O ultimo dia de atividades contou com a palestra proferida pela religiosa salesiana do Haiti, irmã Martha, que apresentou um modelo de liderança juvenil para o momento atual “proponho um modelo cooperativo, proativo, de cooperação para que os jovens sejam os autores. Criar um modelo de liderança com os jovens, apresentando os modelos existentes, e perguntando para a eles qual escolher”. Esta, segundo irmã Eugênia, foi uma das palestras de maior destaque do Congresso.

O documento final do evento será finalizado nesta semana via internet. Entre os acréscimos e modificações feitas pelos participantes, destacam-se:

Convidar os bispos para que deem prioridade aos programas e recursos da Pastoral Universitária na qual se insere esta atenção aos estudantes estrangeiros. Criar ambientes de escuta e diálogo à juventude para o favorecimento do protagonismo deles na Pastoral Universitária, e criar uma rede entre os jovens estrangeiros que favoreça o intercâmbio de experiências e culturas.

O bispo auxiliar de Fortaleza (CE) dom José Luiz Ferreira Salles, irmã Maria Eugenia Lloris e o jovem Vladimir, reuniram-se após o Congresso par traçar as linhas de ação da Pastoral com os estudantes estrangeiros para que seja um viés dentro da Pastoral Universitária. O Jovem Vladimir de Fortaleza que já trabalha na Pastoral da Mobilidade com os jovens africanos de Guiné Bissau ajudará para criar um grupo e realizar este trabalho de divulgação e acompanhamento destes jovens estrangeiros.

Em breve serão divulgadas as conclusões do Congresso e o texto final no site da Pastoral da Mobilidade e nesta página do Setor Universidades.

Veja aqui galeria de imagens

POR: CNBB

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Lutero e sua marca na História

Inauguração da Centro de Evangelização do Shalom Bela Vista

Papa Francisco pede fim de armas nucleares

Presidente da CNBB foi nomeado pelo Papa Francisco como Relator Geral do Sínodo 2018

Editorial – novembro 2017: “Ano do Laicato no Brasil”


QR Code Business Card