Atualidades

Seminário reúne sociedade civil para debater tráfico humano

CapaCDCF2014250Agentes de pastorais, lideranças sociais, professores e pesquisadores participam do Seminário sobre “O papel da sociedade e da Igreja no enfrentamento do tráfico humano”, de 7 a 9 de novembro, na Casa de Retiro da Assunção, em Brasília. O objetivo é formar os agentes multiplicadores que atuam durante a Campanha da Fraternidade que, em 2014, abordará o tema “Fraternidade e Tráfico Humano” e lema “É para a liberdade que Cristo nos libertou” (Gl 5,1).

O evento é uma iniciativa do Grupo de Trabalho de Enfrentamento ao Tráfico Humano por meio da Comissão Episcopal Pastoral para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz da CNBB. Essa mobilização quer contribuir para uma compreensão sobre o tráfico de pessoas, suas causas e raízes, além de preparar os agentes com informações e ferramentas para atuarem nas comunidades no enfrentamento ao tráfico de pessoas.

Diversas entidades e movimentos sociais marcam presença, como a Catholic Relief Services, Rede um Grito pela Vida (RCB), Campanha de Olho aberto para não virar escravo, Instituto Migrações de Direitos Humanos e Pastoral da Mulher Marginalizada.

Serão constituídos grupos de trabalhos, nos quais os participantes debaterão o tráfico humano a partir de diferentes perspectivas. O seminário conta com a assessoria da secretária executiva do Setor Pastoral da Mobilidade Humana, Ir. Rosita Milesi, e do assessor da Pastoral Social da CNBB, padre Ari Antônio dos Reis.

Programação dos painéis:

Dia 07

14h30 – Exibição do filme: Panorama mundial e nacional sobre o tráfico de pessoas

16h30 – Apresentação da CF 2014 – Fraternidade e Tráfico Humano

17h15 – Debates

 Dia 08

8h30 – Conceituação e Modalidades de Tráfico de Pessoas no Brasil: a importância de uma visão integral da problemática

9h00 – Contexto Social e Vulnerabilidades das vítimas do tráfico humano: causas e consequências

 10h15 – Normativas Nacionais e Internacionais referentes ao Tráfico de Pessoas

10h45 – As políticas de enfrentamento ao Tráfico Humano no Brasil: conhecendo as redes e os serviços públicos

14h00 – Grupos de Trabalhos

Dia 09

08h30 – Partilho dos Grupos

11h00 – Avaliação e encerramento

Fonte: CNBB

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Pastoral Carcerária lança relatório sobre restrição ao atendimento religioso nas prisões

Dia de jejum e oração pela paz na paróquia de Nossa Senhora Aparecida, Praia do Futuro

Aniversário de 62 Anos da legião de Maria no Ceará

Nota de esclarecimento sobre a utilização de recursos do Fundo Nacional de Solidariedade (FNS)

Irmã Gabriela Pinna. “Não se resolve a violência com a prisão”


QR Code Business Card