Atualidades

Santa Catarina na expectativa pelo início da causa de beatificação de Fr. Bruno Linden

FrBrunoLindenA Diocese de Joaçaba (SC) continua com os preparativos para a abertura da Causa de Beatificação do Servo de Deus, Frei Bruno Linden. Em setembro de 2012, os bispos de Santa Catarina, que compõem o Regional Sul 4 da CNBB, apresentaram seu parecer favorável para o início do processo. Agora, há a expectativa pela permissão da Santa Sé, através da Congregação para a Causa dos Santos, para o início da fase diocesana do processo.

Biografia

Frei Bruno era sacerdote da Ordem dos Frades Menores – Província da Imaculada Conceição do Brasil. Sua trajetória foi marcada pela simplicidade, humildade, pobreza, caridade e zelo apostólico. Nascido em 1876 em Dusseldorf, na Alemanha, ingressou aos 18 anos na família franciscana, recebendo o hábito em 1894. No mesmo ano, foi transferido para o Brasil.

Sua ordenação sacerdotal ocorreu em 1901, em Petrópolis (RJ). Em 1904, foi transferido para o sul do país, atuando em diversas localidades dos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Exerceu a missão de superior e de pároco por diversas vezes, e também foi coadjutor.

De 1926 a 1945, atuou na cidade de Rodeio (SC). Neste período, foi o diretor da Companhia das Irmãs Catequistas Franciscanas. Quando completou 80 anos, seus superiores o enviaram para a cidade de Joaçaba (SC). Em seus últimos anos de vida, Frei Bruno exerceu o apostolado de visita às famílias. Atendeu confissões até o último dia de sua vida. Ele faleceu no dia 25 de fevereiro de 1960.

Por CNBB.

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Pastoral Carcerária lança relatório sobre restrição ao atendimento religioso nas prisões

Dia de jejum e oração pela paz na paróquia de Nossa Senhora Aparecida, Praia do Futuro

Aniversário de 62 Anos da legião de Maria no Ceará

Nota de esclarecimento sobre a utilização de recursos do Fundo Nacional de Solidariedade (FNS)

Irmã Gabriela Pinna. “Não se resolve a violência com a prisão”


QR Code Business Card