Atualidades

Pastoral do Migrante realizou encontro em Fortaleza

A Pastoral do Migrante da Arquidiocese de Fortaleza, CE, realizou no último domingo, 11 de setembro, um encontro na comunidade Missionária Discípulas de Emaús das irmãs missionárias de São Carlos Borromeo, Scalabrinianas. Um dos objetivos do encontro foi acolher as Irmãs Eléia Scariot e Maria Nichele, que desde o início de agosto, assumiram a coordenação dos trabalhos realizados pela Pastoral do Migrante na Arquidiocese de Fortaleza.

No encontro estiveram presentes os membros da Pastoral do Migrante dos municípios de Horizonte, Pecém, e Fortaleza que compartilharam suas experiências, lutas e conquistas. A pauta constou dos seguintes assuntos: análise e avaliação do cronograma anual; novas perspectivas de atuação; assembleia nacional do SPM e Informes gerais.

Com dezesseis anos de caminhada, a Pastoral do Migrante vem realizando sua missão na acolhida, acompanhamento e atendimento aos migrantes internos, às presas estrangeiras, aos estudantes estrangeiros, além da participação ativa e efetiva nas lutas pela conquista dos direitos que lhes são inerentes. Na ocasião os participantes lembraram e agradeceram a importante contribuição, doação, compromisso e amizade da Irmã Claudina Scapini em Fortaleza na constante luta em favor dos migrantes. Irmã Claudina foi transferida para Brasília, DF, onde atualmente realiza sua missão no Setor Mobilidade Humana da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

A Pastoral do Migrante é um serviço eclesial voltado para a acolhida, orientação e inserção sócio-religiosa dos migrantes, atua em estreito vínculo com o Setor de Mobilidade Humana da Comissão Episcopal para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz, da CNBB e com o Serviço Pastoral dos Migrantes.

Informações: Eléia Scariot (85) 9956 7747 ou Francisco Vladimir (85) 9973 0089

Compartilhe

Subir

1 Comentário »

1 Comentário »

  • Dionisio Mendonça disse:

    O Movimento pastoral dos estudantes africanos no estado de ceara, agradece profundamente a colaboraçao do pastoral dos emigrantes por todo o trabalho que têm feito no ceio da comunidade africana no estado, onde o figeram com amor, dedicaçao, e respeito pela diversidade cultura. A este respeito nao podiamos deixar de reconhecer e valorizar esta divina acolhida do pastoral dos emigrantes na sua pessoa, da sua ex-coordenadora Irmã Claudina Scapini que merece o nosso muitissimo obrigado em nome de todos os africanos no estado de ceara, pela dedicaçao e apoio que ela sempre nos prestou.


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Aniversário de 62 Anos da legião de Maria no Ceará

Nota de esclarecimento sobre a utilização de recursos do Fundo Nacional de Solidariedade (FNS)

Irmã Gabriela Pinna. “Não se resolve a violência com a prisão”

Alguns subsídios para trabalhar a Campanha da Fraternidade 2018

Fala de presidente da CNBB é alvo de falsas notícias


QR Code Business Card