Atualidades

Participação brasileira no Sínodo

Dom Leonardo Steiner, secretário geral da CNBB, destaca a missionariedade, no espírito de Aparecida; a importância da Palavra de Deus nas comunidades e famílias; e enfim, a Igreja, comunidade de comunidades foram temas levados pelos bispos do Brasil à XIII Assembleia Geral ordinária do Sínodo dos Bispos, em andamento no Vaticano.

Dom Leonardo Ulrich Steiner, OFM, bispo auxiliar de Brasília, é Secretário-Geral da CNBB, e um dos eleitos pelo episcopado brasileiro para vir ao Vaticano como padre sinodal. Ele antecipou à Rádio Vaticano os temas sugeridos no Conselho Episcopal realizado na última semana, em Brasília.

“Nós gostaríamos de abordar o que temos refletido nas nossas diretrizes gerais da ação evangelizadora, retomando o espírito de Aparecida sobre a missionariedade. Todo batizado e toda batizada deve ser missionário e missionária. Depois, a importância da iniciação à vida cristã, que é fundamental: não apenas uma iniciação à vida sacramental, mas a vida inteira iniciada na vida de Jesus Cristo; e a importância da Palavra de Deus. Acabamos de retomar numa discussão, numa reflexão que fizemos no Conselho de Pastoral com a contribuição dos representantes de nosso episcopado levar ao Sínodo; a importância da Palavra de Deus na vida de nossas comunidades, nas famílias e na vida pessoal também. Outro elemento muito refletido que levamos ao Sínodo é a Igreja comunidade de comunidades: estarmos mais presentes como Igreja na periferia, sendo comunidades menores, onde as pessoas possam se sentir mais acolhidas… estarmos mais no meio do povo; irmos ao encontro das pessoas. Finalmente também, no contexto de nossas diretrizes, a importância de que o Evangelho pervada todas as estruturas e realidades. Nós somos anunciadores de uma vida plena… portanto, a questão da presença do Evangelho na vida da política, da cultura, dos direitos humanos; e a questão de levarmos à sério o cuidado pelos pobres”.

POR: CNBB/RADIO VATICANO

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Pastoral Carcerária lança relatório sobre restrição ao atendimento religioso nas prisões

Dia de jejum e oração pela paz na paróquia de Nossa Senhora Aparecida, Praia do Futuro

Aniversário de 62 Anos da legião de Maria no Ceará

Nota de esclarecimento sobre a utilização de recursos do Fundo Nacional de Solidariedade (FNS)

Irmã Gabriela Pinna. “Não se resolve a violência com a prisão”


QR Code Business Card