Atualidades

Paróquia do Rodolfo Teófilo receberá o ícone de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

grande-jubileu_tumb 2

No próximo dia 3 de fevereiro de 2016, acontecerá a acolhida do Ícone de Nossa Senhora do Perpétuo do Socorro, na Paróquia de São Raimundo Nonato, bairro do Rodolfo Teófilo.  Na ocasião, será celebrada a santa missa presidida pelo Padre Robson de Oliveira do Santuário do Divino Pai Eterno.

O Ano Jubilar do Ícone de Nossa Senhora do Perpétuo do Socorro tem como tema: Mãe do Perpétuo Socorro; Ícone do amor.

Importante Saber

A abertura de o ano jubilar de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro foi no dia 27 de junho de 2015 e se encerrará no dia 27 de junho de 2016. Para esse ano jubilar foram feitas várias replicas do Ícone original que esta em nossa Igreja de Santo Afonso, em Roma. Os mesmos foram bentos pelo Papa Francisco e depois foram enviados pelo superior dos Redentoristas no mundo, como imagem peregrina para cada País onde estão os padres Redentoristas. No Brasil a Imagem Peregrina esta visitando todas as Igrejas onde estão os Missionários Redentoristas. O responsável para conduzir a Imagem é o Padre Robson de Oliveira que é Redentorista e reitor do Santuário do Divino Pai Eterno, em Goiás.

Por isso, no dia 03 de fevereiro a Paróquia de São Raimundo, no Rodolfo Teófilo, vai acolher a Imagem peregrina na missa que será celebrada pelo Padre Robson ás 19 horas.

Sentido do ano jubilar

O ícone da Mãe do Perpétuo Socorro, tido como milagreiro muito venerado na Ilha de Creta, na Grécia, desde tempos imemoráveis, foi roubado por um grego que o levou para Roma e mais tarde foi colocado na Igreja de São Mateus. Ali passou muitos anos até que o exército francês sob o comando de Napoleão Bonaparte invadisse Roma, quando a Igreja de São Mateus foi destruída e os Agostinianos levassem o ícone  para uma capela particular. Mais tarde os Missionários Redentoristas compraram uma área de terra onde antes era a Igreja de São Mateus e onde o ícone fora venerado por 300 anos, e construíram ali a Igreja de Santo Afonso. Mais tarde o superior dos Redentoristas, Padre Mouron, ficou sabendo da história do ícone e marcou uma audiência com o Papa Pio IX em 11 de dezembro de 1865, e na audiência contaram ao Papa a história da devoção ao ícone e manifestaram o seu desejo de que o ícone voltasse ao mesmo local onde antes tinha sido venerado por tantos anos. Então o Papa escreveu para o superior dos Agostinianos ordenando-os que entregassem o ícone aos Padres Redentoristas. A Mãe do Perpétuo Socorro logo estaria em sua casa depois de quase 75 anos distante. Na madrugada do dia 19 de janeiro de 1866 o Padre Michael Marchi e o Padre Ernesto, atravessaram a cidade de Roma indo até Santa Maria, em Posterula, para trazerem a imagem Sagrada. E, no dia 26 de abril de 1866, festa de Nossa Senhora do Bom Conselho, o ícone foi colocado na Igreja de Santo Afonso retomando assim o culto público à Nossa Mãe do Perpétuo Socorro. O Papa Pio IX ao entregar o quadro aos Redentoristas confiou-lhes também a missão de propagar ao mundo a devoção a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, cuja festa é celebrada no dia 27 de junho. E os Redentoristas levam essa missão a sério por meio da celebração das novenas perpétuas semanalmente a Nossa Querida Mãe. Este ano faz 150 anos desse acontecimento tão importante para os devotos de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

Informações:Padre Francisco Antonio(Pároco) (85) 9 9696.2222
Secretaria da paróquia (85) 3283.4973
Cristina Thé (85) 9 8523.3919

Compartilhe

Subir

1 Comentário »

1 Comentário »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Na celebração do I Dia Mundial dos Pobres Arquidiocese lança a 9ª Festa da Vida

Lutero e sua marca na História

Inauguração da Centro de Evangelização do Shalom Bela Vista

Papa Francisco pede fim de armas nucleares

Presidente da CNBB foi nomeado pelo Papa Francisco como Relator Geral do Sínodo 2018


QR Code Business Card