Atualidades

Paraná sediará Encontro Nacional da Pastoral da Juventude

Entre os dias 8 e 15 de janeiro, jovens de todo o país se encontrarão na cidade de Maringá, no Paraná, no Sul do Brasil, para o 10° Encontro Nacional da Pastoral da Juventude (ENPJ). A partir do tema “Somos Igreja Jovem” e do lema “Na ciranda da vida, a nossa medida é amar sem medida”, integrantes das Pastorais de Juventude (PJ) se reunirão para refletir sobre a situação dos jovens tanto no âmbito de Igreja quanto no social.

Após ser realizado nos estados de Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Bahia, Mato Grosso, Pará, São Paulo e Rio Grande do Norte, o evento ocorrerá no Paraná, primeiro estado da região Sul a sediar um ENPJ. A expectativa é que o Encontro reúna cerca de 600 pessoas entre 17 e 29 anos de todas as regiões do país.

Claudinei Aparecido de Lima, coordenador estadual da PJ do Paraná, explica que o ENPJ acontece a cada três anos com o objetivo de possibilitar um encontro dos jovens, celebrar a vida, refletir sobre a caminhada pastoral e sobre um tema específico, no caso desta edição, “Somos uma Igreja Jovem”.

“Ser uma Igreja jovem é quando os jovens têm a oportunidade de atuar, de participar da Igreja. É quando a Igreja reconhece o protagonismo da juventude”, comenta, lembrando que a ação do jovem também deve ocorrer nos campos político e social.

Missas, celebrações, estudos, noites culturais, festas de integração entre os participantes de diferentes estados e passeios turísticos são apenas algumas das atividades programadas para os dias do encontro.

Claudinei ainda destaca ações como a Missão Jovem, em que os integrantes das PJs realizarão trabalhos em comunidades da cidade, e a Marcha da Campanha contra a Violência e o Extermínio de Jovens, que percorrerá as ruas do Centro de Maringá com o objetivo de chamar a atenção da sociedade para a violência contra essa parcela da população.

O coordenador estadual da PJ lembra que o 10° Encontro ocorrerá em um momento crucial para a juventude. No ano de 2012, a Igreja celebrará os 50 anos do Concílio Vaticano II, momento importante também para os jovens. “O Vaticano II marca quando a ‘Igreja abre as portas’. É um documento importante também para os jovens porque destaca o protagonismo juvenil. A juventude passa a ter maior participação na vida da Igreja”, explica.

Além disso, Claudinei lembra que 2012 será um ano de preparação para a juventude brasileira. Isso porque, em 2013, os jovens serão protagonistas de diversos eventos nacionais e internacionais. Destaque para a Campanha da Fraternidade, cujo tema será “Fraternidade e Juventude, e para a Jornada Mundial da Juventude, a qual ocorrerá no Rio de Janeiro. “2012 também será um ano para trabalhar com os jovens o processo de preparação para os eventos de 2013”, afirma.

Quer saber mais? Acesse: www.pj.org.br/enpj/

Por: Karol Assunção: Jornalista da Adital

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Festa na paróquia de São Francisco de Assis, Jacarecanga

Soberania nacional é o eixo central da análise de conjuntura apresentada aos bispos Consep

Liturgia Diária: Evangelho – Lc 7,31-35

Papa Francisco anuncia duas novas nomeações na manhã desta quarta-feira, 20

“Magnum Principium” do Papa Francisco


QR Code Business Card