Atualidades

Paraná sediará Encontro Nacional da Pastoral da Juventude

Entre os dias 8 e 15 de janeiro, jovens de todo o país se encontrarão na cidade de Maringá, no Paraná, no Sul do Brasil, para o 10° Encontro Nacional da Pastoral da Juventude (ENPJ). A partir do tema “Somos Igreja Jovem” e do lema “Na ciranda da vida, a nossa medida é amar sem medida”, integrantes das Pastorais de Juventude (PJ) se reunirão para refletir sobre a situação dos jovens tanto no âmbito de Igreja quanto no social.

Após ser realizado nos estados de Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Bahia, Mato Grosso, Pará, São Paulo e Rio Grande do Norte, o evento ocorrerá no Paraná, primeiro estado da região Sul a sediar um ENPJ. A expectativa é que o Encontro reúna cerca de 600 pessoas entre 17 e 29 anos de todas as regiões do país.

Claudinei Aparecido de Lima, coordenador estadual da PJ do Paraná, explica que o ENPJ acontece a cada três anos com o objetivo de possibilitar um encontro dos jovens, celebrar a vida, refletir sobre a caminhada pastoral e sobre um tema específico, no caso desta edição, “Somos uma Igreja Jovem”.

“Ser uma Igreja jovem é quando os jovens têm a oportunidade de atuar, de participar da Igreja. É quando a Igreja reconhece o protagonismo da juventude”, comenta, lembrando que a ação do jovem também deve ocorrer nos campos político e social.

Missas, celebrações, estudos, noites culturais, festas de integração entre os participantes de diferentes estados e passeios turísticos são apenas algumas das atividades programadas para os dias do encontro.

Claudinei ainda destaca ações como a Missão Jovem, em que os integrantes das PJs realizarão trabalhos em comunidades da cidade, e a Marcha da Campanha contra a Violência e o Extermínio de Jovens, que percorrerá as ruas do Centro de Maringá com o objetivo de chamar a atenção da sociedade para a violência contra essa parcela da população.

O coordenador estadual da PJ lembra que o 10° Encontro ocorrerá em um momento crucial para a juventude. No ano de 2012, a Igreja celebrará os 50 anos do Concílio Vaticano II, momento importante também para os jovens. “O Vaticano II marca quando a ‘Igreja abre as portas’. É um documento importante também para os jovens porque destaca o protagonismo juvenil. A juventude passa a ter maior participação na vida da Igreja”, explica.

Além disso, Claudinei lembra que 2012 será um ano de preparação para a juventude brasileira. Isso porque, em 2013, os jovens serão protagonistas de diversos eventos nacionais e internacionais. Destaque para a Campanha da Fraternidade, cujo tema será “Fraternidade e Juventude, e para a Jornada Mundial da Juventude, a qual ocorrerá no Rio de Janeiro. “2012 também será um ano para trabalhar com os jovens o processo de preparação para os eventos de 2013”, afirma.

Quer saber mais? Acesse: www.pj.org.br/enpj/

Por: Karol Assunção: Jornalista da Adital

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Na celebração do I Dia Mundial dos Pobres Arquidiocese lança a 9ª Festa da Vida

Lutero e sua marca na História

Inauguração da Centro de Evangelização do Shalom Bela Vista

Papa Francisco pede fim de armas nucleares

Presidente da CNBB foi nomeado pelo Papa Francisco como Relator Geral do Sínodo 2018


QR Code Business Card