Atualidades

Objetivos da Jornada Vocacional

Acontecerá no dia 27 de agosto de 2011 a II Jornada Vocacional da Arquidiocese de Fortaleza. Em sua segunda edição a Jornada tende a ir tomando corpo e um estilo próprio no seu desenvolvimento.

OBJETIVOS DA JORNADA VOCACIONAL

Na meditação sobre a importância de um evento vocacional vale a pena pensarmos que todas pessoas são vocacionadas! Afinal vocação não é só para quem vai ser padre ou freira. Deus chama a todas as pessoas para viver uma vocação muito especial: a SANTIDADE. É isso mesmo, todos os cristãos são chamados à vida de santidade. Todos somos vocacionados.

A vocação à santidade está presente em todos os modos de vida que o cristão é chamado a viver: santos no matrimônio, santos na vida sacerdotal, santos na vida religiosa, santos como solteiros…

A pergunta que muitos se fazem é: o que é ser santo? Até mesmo escuta-se em muitas oportunidades que se deve ser “santo”; que os que crêem em Jesus Cristo devem ser exemplos de vida santa para as outras pessoas e para o mundo; que os casais que participam da vida da Igreja devem ser sinal de santidade; que os padres e as freiras devem ser as pessoas mais santas do mundo. No final chega-se à conclusão: o imperativo para os cristãos é: Sede santos!

Essa ordem torna-se então uma meta a ser alcançada. Em verdade a santidade é, para os cristãos, uma tarefa a ser empreendida com muita ousadia, pois o convite à santidade é feito a nós pelo próprio Deus, e isto está na sua Palavra:

Lv 19,1-2: “Javé falou a Moisés e disse: Fala a toda a comunidade dos filhos de Israel. Tu lhes dirás: Sede santos, porque eu, Javé vosso Deus, sou santo.”

Dt 7,6: “Pois tu és um povo consagrado a Javé teu Deus; foi a ti que Javé teu Deus escolheu para que pertenças a ele como seu povo próprio, dentre todos os povos que existem sobre a terra”.

QUAL O OBJETIVO DA JORNADA VOCACIONAL?

DESPERTAR OS JOVENS A BUSCAREM O DISCERNIMENTO DIANTE DO CHAMADO DE DEUS A UMA VOCAÇÃO NA IGREJA E NO MUNDO.

A Jornada é só para despertar o discernimento para o sacerddócio e a vida religiosa?

NÃO! A Jornada quer que os participantes vejam a multiforme graça de Deus nas vocações específicas e optem por seguir ao Senhor e serem “sal da terra e luz do mundo” na vocação para a qual sentem o chamado do Senhor.

QUAIS SÃO AS VOCAÇÕES ESPECÍFICAS NA IGREJA?

Na Igreja, convencionalmente, inclusive por toda a sua história as vocações específicas são:

MATRIMÔNIO – vocação de leigos e leigas casados que na sociedade dão o testemunho do amor, sendo sinal do amor de Cristo pela Igreja e desta pelo seu Senhor.

VIDA RELIGIOSA – vocação para a qual homens e mulheres se sentem chamados. Popularmente são os Frades (Irmãos) e Freiras (Irmãs), que respondem o chamado aderindo a um carisma especial na Igreja, manifestado na missão vivida por Ordens, Congregações e Institutos de Vida Religiosa. Os religiosos (as) fazem, como parte integrante de sua vocação os votos de Pobreza, Obediência e Castidade.

Obs.: dentro a perspectiva da Vida Consagrada estão os Institutos Seculares, formados por leigos que também seguem um carisma especial, mas que não vivem em comunidade como os religiosos (as).

LEIGOS CONSAGRADOS – são os cristãos leigos que não entra em Institutos Religiosos mas que aderem a uma Regra de Vida, e exerce um carisma especial na sociedade como “fermento na massa”. Aqui enquadram-se muitas das novas experiências atuais como as Novas Comunidades, Movimentos, Associações e Serviços Eclesiais.

LEIGOS – aqui encontram-se todos os cristãos leigos que na Igreja exercem algum ministério e servem com a disponibilidade de suas vidas aos seus irmãos. Podem ser ministérios como a catequese, MESC, Palavra, música, etc.

SACERDÓCIO ORDENADO – aqui estão aqueles homens que decidem ofertar suas vida como Ministros Ordenados (presbíteros, chamados pela sabedoria popular de padres). Os presbíteros (padres) exercem a função primordial e primeira de anunciar a Palavra, ministrar os Sacramentos e governar o Povo de Deus pelo pastoreio.

Obs.: dentro da perspectiva dos Ministros Ordenados está o Diaconato Permanente. Geralmente homens casados que exercem a Diaconia da Palavra, da Liturgia e de modo especial da Caridade. Para ser Diácono Permanente é necessária a anuência da esposa.

ALÉM DA SANTIDADE HÁ ALGUM OUTRO CHAMADO QUE SEJA COMUM A TODOS?

SIM! É o chamado missionário. Todos os cristãos devem ser santos segundo seu estado de vida, e isso não se discute. Mas, outro chamado é indiscutível para o batizado, é o chamado para a MISSÃO.

Todo batizado é missionário por natureza, por causa de seu Batismo. Isso porque nos configuramos a Jesus Cristo, que é o enviado, o missionário do Pai.

Padre, religioso, religiosa, casal, solteiro, leigos e leigas, todos são chamados à missão, todos são chamados a serem missionários.

A MISSÃO É VOCAÇÀO DE TODOS!!!!!

Compartilhe

Subir

1 Comentário »

1 Comentário »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Liturgia Diária: Evangelho – Lc 8,16-18

Liturgia Diária: Evangelho – Mt 20,1-16a

Liturgia Diária: Evangelho – Lc 8,4-15

Visita Pastoral na Paróquia de Nossa Senhora da Penha, Maranguape

II Romaria Bíblica e encontro sobre contabilidade na Região São Pedro e São Paulo


QR Code Business Card