Atualidades

O novo bispo de Crateús

Ailton-Menegussi-Gazeta-do-Norte-400A Nunciatura Apostólica no Brasil divulgou quarta feira, dia 6 de novembro, próximo passado, que o Papa Francisco nomeou o Monsenhor Ailton Menegussi como bispo da vacante diocese de Crateús aqui no Ceará. Mons. Ailton é capixaba de Nova Venécia, tem 51 anos de idade e até então o novo bispo foi pároco da Paróquia São Francisco, em Barra de São Francisco, na Diocese de São Mateus, no Espírito Santo. Monsenhor Ailton nasceu em 1962, em Córrego das Flores, Nova Venécia (ES). Estudou no Instituto de Filosofia e Teologia da Arquidiocese de Vitória e obteve a Habilitação para o Magistério na Escola de Formadores ITESC/CRB em Florianópolis (SC).É Especialista em Psicopedagogia. Recebeu a ordenação presbiteral no dia 22 de novembro em 1998 e exerceu o ministério em diversas paróquias como pároco e vigário episcopal. Foi Reitor do Seminário Maior de Filosofia e Teologia da diocese de São Mateus (2004-2012). Atuou como coordenador diocesano do Serviço de Animação Vocacional (2007- 2012), e foi membro do Conselho de Presbíteros (2004-2012). Desde 1996, colaborou com a produção da Folha de Culto Diocesano “Celebrando a Vida”.

Dom Leonardo Ulrich Steiner, Bispo Auxiliar de Brasília e Secretário Geral da Conferência dos Bispos do Brasil acolheu o novo membro da CNBB dizendo “Nossa Senhora Aparecida te conduza em seu ministério episcopal, concedendo-lhe paz e perseverança na caminhada”. É oportuno recordar o que o Concílio Vaticano ll diz a respeito da função de governar do bispo: “Os bispos regem como vigários e legados de Cristo as igrejas particulares e eles confiadas, com os seus conselhos, exortações e exemplos, e ainda com a sua autoridade e o seu poder sagrado, de que se servem unicamente para fazer crescer a sua grei na santidade e na verdade, lembrados de que quem é o maior deve tornar-se o menor, e o que governa como aquele que serve (Lumen Gentium, No. 27 e Lc 22, 26-27). Desejamos ao Dom Ailton Menegussi no seu novo e importante cargo um profícuo pastoral na Diocese de Crateús. Que Deus o abençoe.

Pe. Brendan Coleman Mc Donald, Redentorista e Assessor da CNBB Reg. NE1

 

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Irmã Gabriela Pinna. “Não se resolve a violência com a prisão”

Alguns subsídios para trabalhar a Campanha da Fraternidade 2018

Fala de presidente da CNBB é alvo de falsas notícias

NOTA DE ESCLARECIMENTO DO CDPDH

Sudão do Sul: Uso de “violação” e “a fome” como arma de guerra


QR Code Business Card