Atualidades

[NOTÍCIAS/Vaticano] Papa Francisco fala do Tríduo Pascal que tem início amanhã

papa-semana-santa-200Durante a catequese desta Quarta-feira, 1º de abril, o papa Francisco refletiu sobre o Tríduo Pascal, que terá início, amanhã, 2, Quinta-Feira Santa com a Santa Missa da Ceia do Senhor. Milhares de peregrinos acompanharam a catequese na praça de São Pedro, na audiência geral, que marca a Semana Santa.

Francisco explicou que o rito do lava-pés, expressa o significado da Eucaristia como serviço a Deus e aos irmãos e que o Filho do homem, de fato, não veio para ser servido, mas para servir. “Se não nos aproximamos da santa Comunhão sem estar sinceramente dispostos a lavar os pés uns dos outros, não reconhecemos o Corpo do Senhor”, disse o papa.

Na Sexta-feira Santa, medita-se o mistério da morte de Cristo, com a celebração da Paixão e adoração da Cruz. “Nos últimos instantes de vida, Jesus disse: ‘Está consumado!’. Isso significa que a obra de salvação foi realizada. Com o seu sacrifício, Jesus transformou a maior injustiça em amor maior”, explicou Francisco.

Esperança na ressurreição

O Sábado Santo é o dia em que a Igreja contempla o “repouso” de Cristo no túmulo depois do martírio da cruz. É celebrada, também, a Vigília Pascal, marcada com pela luz.

“Às vezes a escuridão da noite parece envolver a alma e pensamos Tanto já não há nada a fazer! E o coração sente-se sem forças para amar. Mas justamente naquela escuridão, Cristo acende o fogo do amor de Deus: uma centelha rompe a obscuridade e anuncia um início. A pedra da dor é abatida, deixando espaço à esperança. Eis o grande mistério da Páscoa!”

O papa Francisco disse, ainda, que Cristo venceu a morte. “Nossa vida não termina na pedra de um sepulcro, ela vai além, com a esperança. Como cristãos, somos chamados a ser sentinelas da manhã”, refletiu.

Ao final da catequese, o papa exortou os fiéis: “Queridos irmãos e irmãs, nesses dias do Tríduo Sagrado, não nos limitemos a celebrar a paixão do Senhor, mas entremos no mistério, façamos nossos os seus sentimentos, as suas atitudes. Assim, a nossa será uma ‘feliz Páscoa’”.

Fonte: CNBB – Com informações e foto do News.va.

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Lutero e sua marca na História

Inauguração da Centro de Evangelização do Shalom Bela Vista

Papa Francisco pede fim de armas nucleares

Presidente da CNBB foi nomeado pelo Papa Francisco como Relator Geral do Sínodo 2018

Editorial – novembro 2017: “Ano do Laicato no Brasil”


QR Code Business Card