Atualidades

[NOTÍCIAS/CNBB] Comissão Vida e Família da CNBB apresenta resultados dos trabalhos

comissao-vidafamilia400“Nossa preocupação foi investir na formação, sendo uma das prioridades. Ao longo desses quatro anos, privilegiamos as formações com casais, assistentes eclesiásticos, bispos e lideranças”, explicou o bispo de Camaçari (BA), dom João Carlos Petrini, em apresentação dos trabalhos da Comissão para a Vida e a Família da CNBB, na reunião do Conselho Episcopal Pastoral (Consep), no dia 4.

Dom Petrini preside a Comissão que é composta pelos seguintes membros:  o bispo auxiliar do Rio de Janeiro (RJ), dom Antônio Augusto Duarte e o bispo de Coari (AM), dom Marcos Piatek. A Comissão conta, ainda, com a colaboração do assessor nacional, padre Rafael Fornasier.

Em 2011, durante a 49ª Assembleia Geral da CNBB, dom Petrini foi nomeado presidente da Comissão Vida e Família. Após quatro anos, ele apresentou aos bispos do Consep os avanços e projeções da Pastoral Familiar no Brasil, a partir das motivações das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE).

“Quando fui nomeado como presidente da Comissão tive receio, por se tratar de uma relação em âmbito de Brasil. Mas, busquei por meio do diálogo com os demais bispos dar continuidade aos trabalhos anteriores”, disse o bispo.

Projetos e avanços

Nesta gestão, a Comissão avançou na realização da Semana Nacional da Vida e produção do subsídio “Hora da Vida”. A atividade nacional está em sua 5ª edição este ano, com objetivo de valorizar a vida desde o ventre materno. Outra ação realizada há mais de seis anos é a Peregrinação Nacional da Família ao Santuário Nacional de Aparecida.

Uma das novidades foi a intensificação do Simpósio Nacional da Família, em sua 5ª edição, com a Peregrinação. Os eventos reúnem durante seis dias, mais de 150 mil peregrinos.  Além do dia reservado para orações e espiritualidade, o Simpósio tem caráter formativo, com palestras e conteúdos atuais sobre a família.

Ainda, dentro do calendário da Comissão, duas atividades nacionais ganham destaque: a Semana Nacional da Família, realizada em agosto, e a Semana Nacional da Vida, no mês de outubro. Para essas ações são produzidos subsídios específicos, oferecidos às dioceses, paróquias e comunidades para as vivências das Semanas, sendo o “Hora da Família”, com tiragem de 260 mil exemplares e o “Hora da Vida”, 30 mil unidades.

Formação para a família

O assessor da Comissão, padre Rafael Fornasier, destacou na linha de formação duas importantes ações: o Instituto Nacional da Família e da Pastoral Familiar (Inapaf) que oferece formações nos módulos presenciais e à distância, para agentes da Pastoral Familiar e de outras Pastorais, a partir da difusão da vivência de valores humanos e cristãos em família e em sociedade. Outra ação foi o lançamento, em âmbito nacional, das Escolas de Famílias.

“Foram diversas atividades realizadas nesses anos como formações, simpósios, seminários, encontros voltados aos agentes da Pastoral Familiar. A partir dessas formações, criamos muitos subsídios e publicamos diversos livros”, disse padre Rafael.

A Comissão coloca à disposição das pastorais diferentes instrumentos de trabalho para aprofundar e compreender melhor a família do ponto de vista da Teologia, do Magistério da Igreja e das Ciências Humanas.

 

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Rede Cearense realiza 16º Feirão de Socioeconomia Solidária

Presidente da CNBB recebe organizadores de ato contra a reforma da Previdência

Criaturas novas de Deus

Nossa Senhora de Guadalupe

Editorial – dezembro 2017: “Campanha para a Evangelização”


QR Code Business Card