Atualidades

[NOTÍCIAS/CNBB] Cardeal Damasceno agradece religiosos pelo “trabalho incansável”

Congresso Vid Consagrada 270x179Inspirados pelo tema do Ano da Vida Consagrada proposto pelo papa Francisco, “Vida Consagrada na Igreja hoje: Evangelho, Profecia e Esperança”, mais de 2 mil religiosas e religiosos de todas as regiões do Brasil participam do Congresso Nacional da Vida Consagrada, que teve início nesta terça-feira, 7, no Centro de Eventos Padre Vitor Coelho, em Aparecida (SP). O evento trata do tema “Assumir o núcleo identitário da Vida Consagrada: Atitude Profética, Processo Mistagógico”, seguido do lema “Não ardia o nosso coração quando Ele nos falava pelo caminho?” (Lc 24,32).

O arcebispo de Aparecida (SP) e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) cardeal Raymundo Damasceno, agradeceu aos que vivem sua vocação nas diversas realidades, com testemunho existencial e missionário, assim como pelos inúmeros serviços apostólicos. “A Igreja deve um tributo de gratidão pelo trabalho incansável no campo da pastoral, educação, saúde; na atenção aos pobres e marginalizados; na promoção e defesa da vida; na promoção da paz e do bem comum de todo o povo brasileiro”, declarou o arcebispo anfitrião.

Dom Damasceno também lembrou os santos do país, que testemunharam sua fé como consagrados, representando com isso o tesouro da Vida Consagrada, e convidou os presentes a renovar o compromisso de fidelidade missionária e do carisma fundacional.

Já o arcebispo de Porto Alegre (RS) e bispo referencial para a Vida Consagrada no Brasil, dom Jaime Splenger, afirmou que a história da Igreja do Brasil devia ser escrita a partir da Vida Religiosa Consagrada, a quem ela deve muito. O arcebispo disse, ainda, que a ardência do coração é própria de quem fez a experiência de Jesus Cristo, a partir do pobre. “Precisamos ser na Igreja uma vida consagrada que aqueça corações e testemunhe; que não tenhamos medo de ser quem somos e amar o que fazemos”, concluiu.

A presidente nacional da Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB), irmã Maria Inês Vieira Ribeiro, saudou os participantes lembrando que o Congresso é o maior evento dos 61 anos de história da CRB. “Fomos encontrados, alcançados e transformados por Cristo. Esse tempo, vai marcar a história pessoal de cada um de nós. Aqui estamos para reafirmar o nosso compromisso com ele, que nos lança onde a vida é mais ameaçada. É lá, o lugar da Vida Consagrada”, falou.

Ao concluir, irmã Maria Inês convidou a assembleia a viver com paixão a experiência do Congresso. “Construamos juntos esse Congresso, vivendo os apelos do papa Francisco, de sermos peritos de comunhão, pois a mão do Ressuscitado prepara o nosso futuro. Feliz Páscoa! Feliz Congresso!”, finalizou a religiosa.

Atividades

Os trabalhos da tarde continuaram sob a assessoria do padre João Geraldo Kolling, que fez um resgate da caminhada da CRB nos últimos 10 anos. O assessor teológico do Conselho Indigenista Missionário (Cimi), padre Paulo Suess, fez um aprofundamento das cartas da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica, do Vaticano,  “Alegrai-vos” e “Prescrutai”.

A Celebração Eucarística presidida por dom damasceno encerrou as atividades do dia.

Fonte CNBB, com informações da Pontifícias Obras Missionárias.

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Programa Igreja no Brasil nº 255

A gramática do povo de Deus

Liturgia Diária: Evangelho – Lc 8,16-18

Liturgia Diária: Evangelho – Mt 20,1-16a

Liturgia Diária: Evangelho – Lc 8,4-15


QR Code Business Card