Atualidades

“Nesta semana, o Rio se torna o coração da Igreja”, diz Papa Francisco em Copacabana

“Nessa semana, o Rio de Janeiro se tornou o centro da Igreja”. As palavras do Papa Francisco marcaram a cerimônia de acolhida do Santo Padre em Copacabana. Com o tradicional sorriso e carinho, o Papa saudou e acolheu a multidão de jovens que se reuniram para ouvir as suas palavras no primeiro Ato Central da Jornada Mundial da Juventude (JMJ Rio2013) presidido por ele.

O Papa convidou os jovens a colocarem Cristo em suas vidas. ‘Bote Cristo em seu coração: Ele lhe acolhe no Sacramento do perdão, para curar, com a sua misericórdia, as feridas do pecado”, destacou.

O Papa lembrou os eventos de peregrinação da Cruz da Jornada e do Ícone de Nossa Senhora chamados de Bote Fé. “Bote Fé. Falta o sal, então bota sal. Falta azeite, bota azeite. Bota significa colocar, derramar. Se queremos que a nossa vida tenha plenitude, digo a cada um de vocês bote fé e a vida terá um sabor novo. Bote esperança e todos os seus dias serão iluminados. Bote amor e a sua existência será como uma casa construída na rocha. Bote fé, bote esperança e bote amor!”, explicou.

No início da cerimônia, o Santo Padre pediu que todos fizessem um minuto de silêncio para uma breve oração pelos jovens da Guiana Francesa que sofreram um acidente enquanto se preparavam para participar desta Jornada.

Ele lembrou também que o Papa Emérito Bento XVI está acompanhando a JMJ Rio2013 em oração e pelos meios de comunicação. A notícia foi recebida pelos jovens com o grito “Benedictus”, que foi acompanhado pelo Papa Francisco. “Agora ele nos está vendo”, disse aos jovens.

Os cinco continentes presenteiam o Papa

Cerca de 250 jovens fizeram uma apresentação artística para o Papa. Houve ainda a Cerimônia das bandeiras apresentam os 175 países que participam da JMJ Rio2013.

Em seguida, representados por jovens, os cinco continentes da Ásia, Europa, África, Oceania e América, presentearam o Papa, nesta noite de quinta-feira, 25, durante a cerimônia de acolhida, na Praia de Copacabana. Cada um saudou o Santo Padre com o idioma próprio e em seguida deram os presentes que simbolizaram seus continentes de origem.

O último continente a se apresentar foi o americano, representado por uma brasileira, que falou da fé do povo do Norte ao Sul do País. O presente ofertado ao Papa foi uma muda de Pau Brasil, típico do País.

Logo em seguida, as apresentações musicais de Fafá de Belém, Deivison Silva e Eugênio Jorge, Grande Coro Infantil, Adriana Arydes, Ziza Fernandes, Olívia Ferreira, Eliana Ribeiro, Suely Façanha e Celina Borges, chamaram a atenção do Papa que atentamente acompanhava as manifestações de carinho. No repertório, canções da música popular brasileira repletas de religiosidade em suas letras encantaram o Sumo Pontífice.

Jovens fazem apresentação ao Papa com as músicas características do Brasil

Para representar o Brasil com sua mistura e diversidade, jovens caracterizados de diversos estilos realizaram uma apresentação ao Papa Francisco, no palco onde o Pontífice foi acolhido. Na música, a Bossa Nova, o MPB e o Samba, compuseram a dramatização artística. Entre os jovens, garis, sambistas, porta-bandeira de Escola de Samba dançaram para a enorme plateia espalhada pelas areias de Copacabana.

Entusiasmado, o Papa, acompanhou ora sentado, ora em pé toda a apresentação com um o singular sorriso no rosto. Logo após, representantes com bandeiras de diversos países também representaram para o Santo Padre.

Fonte: JMJ/Rio 2013

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Liturgia Diária: Evangelho – Lc 8,16-18

Liturgia Diária: Evangelho – Mt 20,1-16a

Liturgia Diária: Evangelho – Lc 8,4-15

Visita Pastoral na Paróquia de Nossa Senhora da Penha, Maranguape

II Romaria Bíblica e encontro sobre contabilidade na Região São Pedro e São Paulo


QR Code Business Card