Atualidades

Infância Missionária celebra 168 Anos de Fundação

Esta Obra surgiu para auxiliar os educadores a despertar, gradualmente, a consciência missionária nas crianças, animá-las a fim de compartilharem sua fé e os seus bens materiais com as próprias crianças das regiões e Igrejas mais necessitadas e promover as vocações missionárias a partir da idade mais tenra.

A intuição de D. Carlos de Forbin-Janson de pedir à Igreja um gesto permanente de sua maternidade e a ousadia de comprometer as crianças cristãs com gestos concretos de fraternidade sem fronteiras, alcançou, nos mais de 160 anos de existência, uma força incontida.

Nunca se saberá – na contabilidade humana – o quanto as crianças da Infância Missionária recolheram e recolhem em favor de seus irmãos nas missões.

No ano de 1946 surge das Nações Unidas a UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância), com o objetivo de contribuir para a infância no mundo subdesenvolvido. Mas um século antes, no seio da Igreja, surgiu a primeira organização mundial em favor da infância desamparada, com um programa mais amplo do que da UNICEF: ajudar não só nas necessidades físicas, mas também espirituais e para o conhecimento do verdadeiro Deus.

Apoiada por todos os Papas desde a sua fundação, Pio XI elevou-a à categoria de Obra Pontifícia, em 1922, porque se desenvolveu com o apoio da Santa Sé que, ao fazê-la própria, lhe concedeu um caráter universal. Por ser Pontifícia está diretamente ligada ao Vaticano – ao Papa – particularmente à Congregação para Evangelização dos Povos (antigamente Propaganda Fide), coordenada por meio de um Presidente e o Secretário Internacional da Obra e observa as finalidades de animação, formação e cooperação missionária.

Leia mais sobre a Infância Missionária

Veja também o Site Garotada Missionária

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Pastoral Carcerária lança relatório sobre restrição ao atendimento religioso nas prisões

Dia de jejum e oração pela paz na paróquia de Nossa Senhora Aparecida, Praia do Futuro

Aniversário de 62 Anos da legião de Maria no Ceará

Nota de esclarecimento sobre a utilização de recursos do Fundo Nacional de Solidariedade (FNS)

Irmã Gabriela Pinna. “Não se resolve a violência com a prisão”


QR Code Business Card