Atualidades

[Mundo/Sínodo] Na audiência geral, papa Francisco pede orações pelos trabalhos do Sínodo

Para Francisco, “a família que percorre o caminho do Senhor é um testemunho fundamental do amor de Deus”

sínodo_1

 

Milhares de peregrinos participaram da audiência geral, nesta quarta-feira, 7, no Vaticano. Durante a catequese, Francisco convidou os fiéis a seguirem o exemplo de São João Apóstolo. “Como ele, acolham Maria em suas casas e deem-lhe espaço em suas vidas cotidianas para que sua materna assistência seja fonte de serenidade e de força”, disse.

Ao recordar o tema do Sínodo dos Bispos, “A vocação e a missão da família na Igreja e no mundo contemporâneo”, Francisco disse que “a família que percorre o caminho do Senhor é um testemunho fundamental do amor de Deus e, consequentemente, merece toda a dedicação da Igreja”.

Segundo o papa, homens e mulheres de hoje necessitam de uma “injeção de espírito” de família. “O estilo dos relacionamentos atuais – civis, econômicos, jurídicos, profissionais e de cidadania – é racional, formal, organizado. Em poucas palavras ‘desidratado’, árido, anônimo. Às vezes, estas relações tornam-se insuportáveis porque relegam à solidão e ao ‘descarte’ um número sempre maior de pessoas”, lembrou.

Respeito e amor

Ao falar os filhos, Francisco disse que eles aprendem que as relações humanas devem edificar-se sobre a aliança livre do amor e que assimilam a necessidade de tecer laços de fidelidade, sinceridade, confiança e cooperação e respeito, sobretudo pelos mais necessitados.

“Ensina-se a honrar a palavra, a respeitar cada pessoa e compreender seus limites. A família favorece uma atenção insubstituível aos membros mais vulneráveis, feridos e devastados em suas vidas”, disse o papa.

Antes de encerrar a catequese, dirigiu mensagem especial aos jovens, noivos e doentes. “Queridos jovens, que a esperança que habita no coração de Maria lhes dê coragem para as grandes escolhas da vida; queridos doentes, que a força da Mãe nos pés da cruz os ampare nos momentos mais difíceis; queridos casais, que a ternura materna Daquela que acolheu em seu ventre Jesus acompanhe a nova vida familiar que acabam de iniciar”.

Ao concluir a reflexão pediu para que rezem “pelos padres sinodais, para que, iluminados pelo Espírito Santo, possam dar à Igreja, como família de Deus, novo impulso para lançar as suas redes que libertam os homens da indiferença e do abandono, promovendo o espírito familiar no mundo”.

CNBB com informações do News.va.

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Na celebração do I Dia Mundial dos Pobres Arquidiocese lança a 9ª Festa da Vida

Lutero e sua marca na História

Inauguração da Centro de Evangelização do Shalom Bela Vista

Papa Francisco pede fim de armas nucleares

Presidente da CNBB foi nomeado pelo Papa Francisco como Relator Geral do Sínodo 2018


QR Code Business Card