Atualidades

[Mundo] Francisco inicia pelo Equador sua segunda viagem à América-latina

Após quase dois anos, o papa volta à América Latina, em sua nona viagem internacional. Francisco chegou ao Equador neste domingo, 5, e passará ainda por Bolívia e Paraguai. Ao desembarcar em Quito, foi recebido pelo presidente do país, Rafael Correa.

O Equador enfrenta atualmente uma série de protestos contra o presidente, em decorrência do aumento de impostos e da suposta autocracia do governo. Francisco pediu que o país enfrente os desafios fomentando o diálogo e a participação sem exclusões, “para que as realizações alcançadas no progresso e desenvolvimento possam garantir um futuro melhor para todos, prestando especial atenção aos mais frágeis e às minorias mais vulneráveis que é a dívida que toda a América Latina tem”. Ele ainda garantiu ao presidente que poderá contar com o compromisso e a colaboração da Igreja para seguir avançando nessas questões.

Em seu primeiro discurso, o papa também lembrou que visitou o Equador em diferentes ocasiões por motivos pastorais, mas que agora está como “testemunha da misericórdia de Deus e da fé em Jesus Cristo”.

Em sua primeira viagem ao Equador, o pontífice cumprirá compromissos até quarta-feira, 8. Francisco deve visitar, entre outros lugares, o Santuário da Divina Misericórdia e celebrar a missa no Parque de Los Samanes. Na capital, Quito, além de encontros agendados, ele irá celebrar a eucaristia no Parque Bicentenário, dedicada à evangelização dos povos, e realizar uma visita privada à “Iglesia de la Compañia’, onde se recolherá em oração diante da imagem de Nossa Senhora das Dores, e ainda se encontrará com religiosos no Santuário Mariano Nacional Mariano ‘El Quinche’.

Agenda na América Latina

Sobre a viagem mais extensa do pontificado de Francisco, o porta-voz da Santa Sé, padre Frederico Lombardi, afirmou que esta é a primeira vez que a visita será feita a três países. “Não os maiores e os primeiros na geopolítica, seguindo a lógica das periferias querida pelo papa. A história desses três países, feitas de conflitos e ditaduras, será um elemento importante para entender as mensagens que o papa irá proferir”, explicou.

O segundo destino do papa é a Bolívia, onde ficará de quarta, 8, até a sexta-feira, 10. No país, o lema para a visita de Francisco é “Com Francisco anunciamos a alegria do Evangelho”. Ele visitará as cidades El Alto e La Paz, e passará no local onde o padre jesuíta Luis Espinal foi assassinado em 1980, época da ditadura. Em Santa Cruz de la Sierra, além de celebrar missa na Praça Cristo Redentor, Francisco irá fazer a abertura do V Congresso Eucarístico Nacional e do II Encontro Mundial dos Movimentos Populares.

Na sexta-feira, 10, será a vez do Paraguai receber o pontífice. No país, está prevista uma visita ao hospital pediátrico da capital; a celebração da missa no Santuário Mariano de Caacupé e outra no parque da base Nu Guazu, onde há um altar inspirado na cultura indígena.  Francisco se encontrará  com os bispos paraguaios no sábado, 11, no Centro da Nunciatura Apostólica, e com os jovens na Avenida Costanera de Assunção.

No dia 13, Francisco retornará a Roma. Os três países latino-americanos visitados por ele também foram conhecidos por São João Paulo II, que viajou em 1985 ao Equador, e em 1988 para Bolívia e Paraguai.

fonte:  CNBB

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Planilha de contribuição das paróquias e das áreas pastorais: outubro de 2017

Festa da Paróquia Nossa Senhora das Graças – Santa Maria

“I Aviva Povo de Deus”

Paróquia Nossa Senhora das Graças e São Pedro na Praia da Tabuba, em Caucaia – CE.

Material que foi veiculado no Jornal JCTV na Rede Vida de Televisão


QR Code Business Card